Pioneira Futebol Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pioneira
Pioneira Futebol Clube (DF).png
Nome Pioneira Futebol Clube
Fundação 18 de fevereiro de 1974 (45 anos)
Localização Taguatinga, DF, Brasil
Competição Extinto
editar

O Pioneira Futebol Clube foi um clube de futebol brasileiro, sediado em Taguatinga, no Distrito Federal. Fundado em 18 de fevereiro de 1974 e pouco meses depois foi campeão do segundo turno do Campeonato Brasiliense e ganhou os dois jogos finais, tornando-se campeão de 1974, período considerado amador.[1]

No ano seguinte, originou o Taguatinga Esporte Clube, time atualmente licenciado.

O Pioneira Futebol Clube foi fundado em 18 de fevereiro de 1974, por servidores da Viação Pioneira e Viação Planeta Ltda., em sua sede social situada a QI 24, Lotes 1 a 27, Setor Norte de Taguatinga. A diretoria executiva para o biênio 1974/1975 ficou assim constituída: Presidente: Yukyio Matsunaga, 1º Vice-Presidente: Saburo Matsunaga, 2º Vice-Presidente: Joaques Makoto Inoi, 1º Secretário: Evandro Alves da Silva, 2º Secretário: José Weliton Cortes Melo, 1º Tesoureiro: José Braga da Silva, 2º Tesoureiro: Jeová Dias Monteiro, Diretor Geral dos Esportes: José Macedo Figueiredo, Diretor Social e Relações Públicas: Francisco Martins Leite Cavalcante, Diretor de Promoções: Ailton Pereira de Almeida, Diretor Administrativo: Aquiochi Kawano, Diretor de Patrimônio: Shigueo Matsunaga, Departamento Médico: Masso Kuriki e Consultor Jurídico: Antônio Lopes Batista. Nota: os irmãos Matsunaga, de origem japonesa, radicaram-se em Brasília no ano de 1957, antes mesmo dela ser inaugurada, para dedicar-se a agropecuária. Mais tarde, constituíram a Viação Pioneira (pertencente a empresa Irmãos Matsunaga Ltda.), responsável pelo transporte coletivo urbano. Foram assim definidas as cores oficiais do Pioneira: amarela, verde e vermelho. O uniforme nº 1 do Pioneira era: camisa amarela, calção azul e meias verdes. Já o nº 2 tinha: camisa vermelha com faixa horizontal verde, calção branco e meias vermelhas. No dia 10 de junho de 1974 aconteceu a Assembleia Geral Extraordinária da Federação Desportiva de Brasília que concedeu filiação ao Pioneira Futebol Clube. Pouco mais de um mês depois, em 14 de julho de 1974, fez sua estreia em competições oficiais, ao participar do Torneio Início, realizado no Estádio Edson Arantes do Nascimento, o Pelezão. No primeiro jogo, venceu o Luziânia por 1 x 0 e, no penúltimo jogo, foi derrotado pelo Ceub, também por 1 x 0, não chegando à decisão. Uma semana depois estreou no Campeonato Oficial de Brasília, ainda amador. Em 21 de julho de 1974, com gols de Peixoto e Borges, ganhou do Relações Exteriores, por 2 x 0. Terminou o primeiro turno desse campeonato na terceira colocação, atrás de Jaguar e Humaitá, com 3 vitórias, 2 empates e 1 derrota. Veio o segundo turno e a recuperação, ficando com a primeira colocação e habilitando-se para decidir o campeonato com o Jaguar, vencedor do primeiro. Na decisão, não deu chances ao Jaguar, vencendo as duas partidas, no Pelezão. A primeira, em 1º de dezembro, 3 x 0, gols de Nemias, China e Vital. No segundo, no dia 8 de dezembro, nova vitória, por 2 x 0, com dois gols de Boy. Jogou a última partida com essa formação: Adriano, Aldair, Dão (Diogo), Ruy e Vaninho; Maurício e Nemias; Delfino, Vital (Déo), Boy e Piau. A campanha do campeão foi a seguinte: 12 jogos, 9 vitórias, 2 empates e 1 derrota; 18 gols a favor e 5 contra. Além do título de campeão, teve os artilheiros do campeonato, Nemias e Boy, ambos com 6 gols. O técnico foi Eurípedes Bueno de Morais. Para manter o elenco em forma, nos meses de janeiro e fevereiro de 1975, realizou quatro amistosos, sendo três interestaduais: no dia 19 de janeiro, no Pelezão, venceu o G. E. Trindade (GO), por 2 x 0 (gols de Piau e Delfino); uma semana depois, 26 de janeiro, perdeu para o Ceub por 3 x 0; em 23 de fevereiro, no Pelezão, empatou de 0 x 0 com o Anápolis (GO) e, três dias depois, novamente no Pelezão, foi derrotado pelo Rio Branco, de Vitória, por 3 x 1. Estes foram os quatro derradeiros jogos do Pioneira. Já no mês de março de 1975 começaram a aparecer os primeiros boatos (logo confirmados) de que Brasília se preparava para receber outro clube profissional. O comércio de Taguatinga resolveu armar uma equipe para brigar com o Ceub. Assim, em 1º de julho de 1975, na sede da Associação Comercial e Industrial de Taguatinga – ACIT, diretores da ACIT, a Administração Regional de Taguatinga e representantes da Viação Pioneira promoveram Assembleia Geral Extraordinária para a transformação do Pioneira Futebol Clube em clube profissional de futebol, a mudança do nome para Taguatinga Esporte Clube e a troca das cores do uniforme para azul e branca. Yukyio Matsunaga foi eleito Presidente de Honra do Taguatinga E. C. No dia 12 de julho de 1975 aconteceu o primeiro amistoso do novo clube, vencendo a URT, de Patos de Minas (MG), por 2 x 0, no Pelezão. O Taguatinga viria a ser campeão do DF nos anos de 1981, 1989, 1991 a 1993. Disputou seu último campeonato brasiliense em 1999. Hoje se encontra desativado.

Títulos[editar | editar código-fonte]

DISTRITAIS
Competição Títulos Temporadas
Distrito Federal (Brasil) Campeonato Brasiliense 1 1974

Referências

  1. «Esporte Candango». Esportecandango.com.br [ligação inativa]
Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.