Rancho de Amor à Ilha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rancho de Amor à Ilha
Brasão de Florianópolis.

Hino municipal de Florianópolis
Letra Cláudio Alvim Barbosa (Zininho)
Composição Cláudio Alvim Barbosa (Zininho)
Adotado 1968
Texto original (Wikisource)
Wikisource-logo.svg Rancho de Amor à Ilha

O Rancho de Amor à Ilha é o hino oficial da cidade de Florianópolis, de autoria de Cláudio Alvim Barbosa (Zininho). Foi escolhido em 1965 através de um concurso promovido pela Prefeitura Municipal e oficializado pelo Projeto de Lei nº 877 de 27 de Agosto de 1968, de autoria do vereador Waldemar Joaquim da Silva Filho (Caruso).

Em uma homenagem ao poeta Zininho, a Banda Dazaranha regravou a música no ano de 2012. A versão da Banda florianopolitana, foi gravada numa levada Rock-reggae dando uma nova cara ao hino da cidade.[1]

Letra[editar | editar código-fonte]

Um pedacinho de terra,
perdido no mar!...
Num pedacinho de terra,
beleza sem par...

Jamais a natureza
reuniu tanta beleza
jamais algum poeta
teve tanto pra cantar

Num pedacinho de terra
belezas sem par!
Ilha da moça faceira,
da velha rendeira tradicional
Ilha da velha figueira
onde em tarde fagueira
vou ler meu jornal.

Tua lagoa formosa
ternura de rosa
poema ao luar,
cristal onde a lua vaidosa
sestrosa, dengosa
vem se espelhar...

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um hino é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.