Malawi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de República do Malawi)
Ir para: navegação, pesquisa
Dziko la Malaŵi
Republic of Malawi

República do Malawi
Bandeira do Malawi
Brasão de armas do Malawi
Bandeira Brasão de armas
Lema: "Unity and Freedom"
("Unidade e Liberdade")
Hino nacional: "Mlungu dalitsani Malawi" ("Deus proteja o Malawi")
Gentílico: Malawiano(a), malauiano(a), malaviano(a)

Localização  República do Maláui

Capital Lilongwe
13° 59' S 33° 47' E
Cidade mais populosa Lilongwe
Língua oficial Chichewa e inglês
Governo República presidencialista
 - Presidente Joyce Banda
 - Vice-presidente Khumbo Kachali
Independência do Reino Unido 
 - Data 6 de julho de 1964 
Área  
 - Total 118 484 km² (97.º)
 - Água (%) 20,6
 Fronteira Tanzânia (N e E), Moçambique (E, S e W), e Zâmbia (W)
População  
 - Estimativa de 2008 13 931 831 hab. (66.º)
 - Densidade 102 hab./km² (72.º)
PIB (base PPC) Estimativa de 2007
 - Total US$ : 10,470 bilhões (138.º)
 - Per capita US$ : 785 (168.º)
IDH (2010) 0,385 (153.º) – baixo[1]
Gini (2004) 39,0[2]
Moeda Kwacha malawiana (MWK)
Fuso horário (UTC+2)
 - Verão (DST) não observado (UTC+2)
Clima Tropical
Org. internacionais ONU, UA, SADC, Comunidade das Nações
Cód. ISO MWI
Cód. Internet .mw
Cód. telef. +265
Website governamental http://www.malawi.gov.mw/

Mapa  República do Maláui

O Malawi[3] , oficialmente República do Malawi (da língua cinyanja, à qual aquela palavra pertence: Malaŵi, que significa "o sol nascente"),[4] [5] Malavi,[5] Malávi,[4] [6] Malaui[4] [5] [7] ou Maláui[8] [4] [9] [10] [11] ou ainda Malauí,[carece de fontes?] é um país da África Oriental, limitado a norte e a leste pela Tanzânia, a leste, sul e oeste por Moçambique e a oeste pela Zâmbia. Capital: Lilongwe. Parte da região oriental do país é banhada pelo Lago Niassa, que na língua inglesa é conhecido como Lake Malawi.

Desde sua independência do Reino Unido em 1964, o Malawi é oficialmente uma república presidencial multipartidária e democracia representativa, em que o chefe de estado e de governo é ou pode ser, de acordo com a constituição, o presidente[12] .

O Malawi possui como maior cidade e também capital a cidade de Lilongwe, que abriga um aeroporto internacional e o museu de Kamuzu, um importante destino turístico do país. A capital Lilongwe é uma região de forte polo industrial nas áreas de agricultura e o turismo, e em menor escala a pecuária[13] .

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Desde o tempo colonial que este território é conhecido por nomes relacionados com o grande lago que o limita a oriente. Os ingleses chamaram-lhe Niassaland do nome por que era conhecido o lago naquele tempo: lago Niassa. Após a independência, o novo país adota o nome de Malaŵi e com este nome rebatiza o lago. Esta palavra significa, em língua cinyanja, o nascer do sol, tal como está representado na bandeira, uma vez que, para os malawianos, é sobre o lago que nasce o sol.

História[editar | editar código-fonte]

O primeiro contato significativo com o mundo europeu foi a chegada de David Livingstone à margem norte do lago Malawi (lago Niassa) em 1859 e o subsequente estabelecimento de missões da igreja presbiteriana escocesa. Em 1891, estabeleceu-se o Protetorado Britânico da África Central, transformado em 1907 no Protetorado de Niassalândia. Em 1953 o governo britânico criou a Federação da Rodésia e Niassalândia, ou Federação Centro-Africana, que compreendia os territórios hoje referentes ao Malawi, Zâmbia, então Rodésia do Norte, e Zimbábue, então Rodésia do Sul. Em novembro de 1962, o governo britânico concordou em conceder à Niassalândia autonomia a partir do ano seguinte, o que marcou o fim da Federação, em 31 de dezembro de 1963, o Malawi tornou-se um membro inteiramente independente da Commonwealth em 6 de julho de 1964.

Dois anos mais tarde, torna-se uma república, ao mesmo tempo que Hastings Kamuzu Banda é eleito presidente sob uma constituição que permitia a existência apenas de um partido (Partido do Congresso do Malawi - MCP), o que conduziu, em 1971, à reeleição de Banda como presidente vitalício.

Em 1993, Banda perdeu o título de presidente vitalício, o que abriu as portas à realização das primeiras eleições multipartidárias a 17 de Maio de 1994, cujos resultados deram uma vitória escassa ao principal partido da oposição, a Frente de União Democrática, liderado por Bakili Muluzi.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Paisagem típica de Malawi.

O Malawi é um país encravado do sudeste da África. Alongado e estreito, tem 837km de norte a sul e largura de 8 a 160km, com 118  484km2. Limita-se com a Tanzânia ao norte, Moçambique a sudeste, leste e sul, e com a Zâmbia a oeste. Situa-se entre as latitudes e 18° S, e as longitudes 32° e 36° E.

O traço mais marcante da sua geografia é o lago Malawi ou Niassa, terceiro mais extenso de África, que ocupa cerca de um quarto do país, com aproximadamente 31 000 km², dividindo-o com Moçambique e fazendo a fronteira com a Tanzânia.

O relevo varia entre as planícies do rio Shire, que origina-se no Lago Niassa e deságua no rio Zambezi, já em território moçambicano, e planaltos desde a fronteira ocidental com a Zâmbia às proximidades da margem ocidental do Lago Niassa. Uma cadeia montanhosa estende-se de norte ao centro-oeste do país, com elevações entre 1000 e 2000 metros, que correspondem as montanhas que seguem o Vale do Rift da África Oriental. Na porção sudeste do país, a leste do vale do rio Shire, ergue-se o maciço de Mulanje (também pertencente às cadeias marginais do Vale do Rift) com o pico Sapitwa que, com 3002 m. de altitude, é o ponto mais elevado do país.

O clima é tropical na região central até o norte, com uma temperatura média anual de 30 °C, e mais ameno (clima temperado) ao sul, sob influência das correntes de ar frio (no inverno) do sul do continente africano, com estações do ano mais bem definidas que o centro-norte do país.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Cidades mais populosas[editar | editar código-fonte]

Política[editar | editar código-fonte]

Desde 1975 a capital do Malawi é Lilongwe, que é também a maior cidade do país, desde sua independência do Reino Unido, em 6 de julho de 1964, o Malawi é uma república presidencialista democrática representativa, o Malawi possui um sistema multipartidário, desde 1994, o chefe de estado e de governo é o presidente da república[12] [14]

Subdivisões[editar | editar código-fonte]

Distritos de Malawi, com a capital, Lilongwe, marcada em vermelho. Em azul o Lago Niassa.

Região Central


Região Norte


Região Sul


Economia[editar | editar código-fonte]

De acordo com o relatório de 2005 do FMI, o Malawi era o país mais pobre do mundo. As principais atividades económicas são a agricultura e o turismo[13] , o principal centro econômico do país é a capital[13] .

Cultura[editar | editar código-fonte]

Tocador de xilofone malawiano
Feriados
Data Nome em português Nome local Observações

Referências

  1. Ranking do IDH 2010. PNUD. Página visitada em 4 de novembro de 2010.
  2. CIA World Factbook, Lista de Países por Coeficiente de Gini ((em inglês)).
  3. Página do www.ibge.gov.br
  4. a b c d Arim, Eva; Ciberdúvidas da Língua Portuguesa – Pronúncia de Malawi
  5. a b c Tavares Louro, A.; Sobre os adjetivos pátrios
  6. Peixoto da Fonseca, F. V.; Ciberdúvidas da Língua Portuguesa – Países e línguas várias
  7. Lusa, Agência de Notícias de Portugal. Prontuário Lusa. Página visitada em 10 de outubro de 2012.
  8. Serviço das Publicações da União Europeia. Anexo A5: Lista dos Estados, territórios e moedas. Código de Redacção Interinstitucional. Página visitada em 1 de maio de 2012.
  9. Ramilo, Maria Celeste; Ciberdúvidas da Língua Portuguesa – A tradução de nomes sem recurso a k, w e y
  10. Peixoto da Fonseca, F. V.; Ciberdúvidas da Língua Portuguesa – O zulo
  11. Macedo, Vítor. (Primavera de 2013). "Lista de capitais do Código de Redação Interinstitucional". A Folha — Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias (n.º 41): 11; 13; 15. Sítio web da Direcção-Geral da Tradução da Comissão Europeia no portal da União Europeia. ISSN 1830-7809. Página visitada em 23 de maio de 2013.
  12. a b 2008 Ibrahim Index of African Governance. Mo Ibrahim Foundation (2008-10-06). Página visitada em 2010-09-23.
  13. a b c The World Factbook
  14. Country Brief – Malawi. The World Bank (September 2008). Página visitada em 2009-01-03.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Flag-map of Malawi.svg Malawi
História • Política • Subdivisões • Geografia • Economia • Demografia • Cultura • Turismo • Portal • Imagens