Reservas cambiais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Reservas cambiais são os meios de pagamento de que dispõem as autoridades monetárias de um país ou o montante de moeda estrangeira de que dispõe o país. Originam-se de superávits nos balanços de pagamentos e destinam-se a cobrir eventuais déficits das contas internacionais.[1]

O resultado do balanço de pagamentos expressa o resultado monetário das transações de bens e serviços realizadas pelo país com o exterior (através do saldo em transações correntes) em determinado período. Analogamente, o fluxo de capitais entre o país e o exterior - empréstimos, títulos, investimento direto, etc. - expressa o ganho ou a perda de moeda estrangeira, ou seja, a variação das reservas cambiais. [2]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre economia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.