Sururu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde outubro de 2016).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Portal A Wikipédia possui o portal:

O sururu (Mytella charruana) é um molusco bivalve (inserido entre duas conchas) da ordem Mytiloida, muito conhecido no Nordeste do Brasil.

É semelhante à ostra e o prato típico mais conhecido feito dessa espécie é o "caldo de sururu", à base de leite de coco e azeite de dendê. É referência nas cozinhas pernambucana, alagoana, baiana, sergipana e maranhense. No Espírito Santo é tradição fazer a "moqueca do Sururu", que pode ser feita com o sururu da pedra (os maiores, com coloração rosada, que ficam agarrados às pedras do mar) ou o dos manguezais, de menor tamanho e com molusco mais escuro. Tanto um como o outro tem o mesmo sabor característico.[1][2]

Referências

  1. «Sururu». Britannica Escola. Consultado em 3 de junho de 2017 
  2. «Iguaria pernambucana quente como o verão». Pernambuco.com. Consultado em 3 de junho de 2017 
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.