Vera Cruz (São Paulo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outras cidades com este nome, veja Vera Cruz (desambiguação).
Município de Vera Cruz
"Cidade joia"
Bandeira de Vera Cruz
Brasão indisponível
Bandeira Brasão indisponível
Hino
Aniversário 25 de janeiro
Fundação 3 de outubro de 1928 (90 anos)
Gentílico vera-cruzense
Prefeito(a) Renata Zompero Dias Devito (PSDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Vera Cruz
Localização de Vera Cruz em São Paulo
Vera Cruz está localizado em: Brasil
Vera Cruz
Localização de Vera Cruz no Brasil
22° 13' 12" S 49° 49' 08" O22° 13' 12" S 49° 49' 08" O
Unidade federativa São Paulo
Mesorregião Marília IBGE/2008[1]
Microrregião Marília IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Norte: Álvaro de Carvalho;
Sul: Ocauçu;
Leste: Garça;
Oeste: Marília
Distância até a capital 430 km
Características geográficas
Área 247,854 km² [2]
População 10 769 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 43,45 hab./km²
Altitude 628 m
Clima tropical de altitude Aw
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,758 alto PNUD/2000[4]
PIB R$ 92 924,890 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 9 232,48 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeitura www.veracruz.sp.gov.br

Vera Cruz é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se a uma latitude 22º13'11" sul e a uma longitude 49º49'10" oeste, estando a uma altitude de 628 metros. Sua população estimada em 2004 era de 11.107 habitantes.

O renomado autor Benedito Ruy Barbosa cresceu na cidade, de onde tirou inspiração para muitas de suas novelas, que retratam a vida do caipira e dos imigrantes em meio aos cafezais. Algumas das novelas do autor são, Terra Nostra, Paraíso, Cabocla, Os imigrantes, Sinhá Moça, Esperança e O Rei do Gado, que conta a trajetória das famílias ítalo-brasileiras Mezenga e Berdinazzi, ambas erradicadas em Vera Cruz. [6][7]

História[editar | editar código-fonte]

Vera Cruz é um município do interior paulista.

A data de fundação de Vera Cruz é 3 de outubro de 1928 (pelo fundador Pompeu de Souza Queiroz) e a emancipação política-administrativa ocorreu em 25 de janeiro de 1934, por Decreto-Lei do então Governador do Estado de São Paulo, Armando Salles de Oliveira.

O slogan do município é "Cidade Joia", assim designada pelo médico Cândido Alvim em 1937, no lançamento da pedra fundamental do hospital de Vera Cruz.

A maioria de sua população é católica e a cidade tem como seu padroeiro o Sagrado Coração de Jesus. A igreja da cidade é considerada um santuário e atrai uma romaria anual durante o mês de setembro em devoção ao Sagrado Coração de Jesus.

A igreja central foi construída pelo Monsenhor Florentino Santamaria, que chegando da Espanha, não poupou esforços para que toda a população se envolvesse no projeto de construir o Santuário. Projetada por ele mesmo tendo o projeto de adornos sido feito pelo arquiteto Benedito Calixto de Jesus Neto, que além de outras igrejas pelo Brasil também projetou a nova Basílica de Nossa Senhora Aparecida.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Possui uma área de 247,854 km².

População total: 11.107

População de homens: não se tem com precisão.

População de mulheres: não se tem com precisão.

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Transporte[editar | editar código-fonte]

Aeroporto: VERA CRUZ / telefone contato 14 3492 1044

ônibus passageiro: expresso de prata e turismar.

Rodovias[editar | editar código-fonte]

  • SP-294- Comandante João Ribeiro de Barros

Comunicações[editar | editar código-fonte]

A cidade foi atendida pela Companhia Telefônica Brasileira (CTB) até 1973[8], quando passou a ser atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP), que construiu a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica[9], sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo[10] para suas operações de telefonia fixa.

Administração[editar | editar código-fonte]

Cultura - Corpus Christi[editar | editar código-fonte]

Tapetes de Corpus Christi em Vera Cruz SP - 2015

A cidade é conhecida pela tradição na montagem de tapetes de terra e serragem colorida, para o feriado de Corpus Christi. Desde 1937, a paróquia Sagrado Coração de Jesus[11] organiza a decoração que cobre as ruas do centro da cidade, sendo um dos maiores do gênero no país com mais de 800 metros de percurso e chegando a 12 metros de largura em alguns trechos.[12][13]

Tapetes de Corpus Christi em Vera Cruz SP - 2015
Tapetes de Corpus Christi em Vera Cruz SP - 2015



Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
  6. «Folha de S.Paulo - Verdadeiro desafeto dos Mezengas é uma família de japoneses - 14/02/97». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 18 de março de 2019 
  7. «As inspirações do autor Benedito Ruy Barbosa vieram de Vera Cruz». Gshow. Consultado em 18 de março de 2019 
  8. «Relação do patrimônio da CTB incorporado pela Telesp» (PDF). Diário Oficial do Estado de São Paulo 
  9. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  10. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 
  11. Santuário Sagrado Coração de Jesus - Vera Cruz - SP
  12. Região Centro-Oeste Paulista se prepara para o Corpus Christi
  13. Mais de mil voluntários enfeitam as ruas de Vera Cruz no Corpus Christi

Ligações externas[editar | editar código-fonte]