Zilpa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Zilpa (זִלְפָּה "significado incerto") foi de acordo com o Livro de Gênesis, uma das servas de Labão, diretamente de sua filha Lea e uma das esposas secundárias de Jacó (ou Jacob), filho de Isaque (Isaac), filho de Abraão. Zilpa havia sido escrava de Labão, pai de Leia, até que Leia e Jacó se casaram, quando ela foi oferecida, por Labão, a Leia.[1]

Depois de Lia ter tido quatro filhos, pensou que não teria mais nenhum e deu Zilpa a Jacó como esposa secundária. Zilpa então deu à luz Gade e Aser, os quais, por sua vez, tiveram muitos filhos que fazem parte das tribos de Israel.[2]

Zilpa acompanhou a família de Jacó nas muitas viagens da mesma.[3]

Arvore genealógica[editar | editar código-fonte]

Terá
SaraAbraãoAgarHarã
Naor
IsmaelMilcaIscá
Ismaelitas7 filhosBetuel1ª filha2ª filha
IsaqueRebecaLabãoMoabitasAmonitas
EsaúJacóRaquel
Bila
EdomitasZilpa
Lia
1. Rúben
2. Simeão
3. Levi
4. Judá
9. Issacar
10. Zebulom
11. Diná
7. Gade
8. Aser
5.
6. Naftali
12. José
13. Benjamim

Ver também[editar | editar código-fonte]

Eva, Sara, Rebeca, Lia, Bila, Raquel, Miriã, Débora, Rute, Ana, Abisag, Judite, Ester, Abigail (Bíblia), Agar, Bate-Seba, Diná, Lea, Mical, Tamar, Zípora, Azenate, Zilpa, Joquebede, Helá, Naará, Ainoã, Maaca, Zeruia, Eglá, Quézia, Ada, Besemate.

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]