90482 Orco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
90482 Orcus
Transnetuniano (plutino)[1]
Orcus nasa.jpg
Características orbitais[2]
Semieixo maior 39,231 UA
Perélio 30,727 UA
Afélio 48,084 UA
Excentricidade 0,22024
Período orbital 247,37 a (90353,56 d)
Inclinação 20,544 °
Argumento do periastro 73,689°
Longitude do nó ascendente 268,427°
Número de Satélites 1 (Vanth)
Características físicas
Dimensões 917 ± 25 km[3]
Massa (6,32 ± 0,05)×1020 kg (sistema)[4] kg
Densidade média 1,53 +0,15−0,13[3] g/cm³
Gravidade equatorial ~0,03 g
Dia sideral 13,188 horas[5]
Velocidade de escape ~0,45 km/s
Albedo 0,231 +0,018−0,011[3]
Temperatura média: 44 K[5] / -229 ºC
Magnitude absoluta 2,2[2] (2,27 ± 0,05)[4]
Vanth: 4,88 ± 0,05[4]

90482 Orcus é um objeto transnetuniano no cinturão de Kuiper. Foi descoberto em 17 de fevereiro de 2004 por Michael Brown, Chad Trujillo e David Rabinowitz. Imagens precovery de até 8 de novembro de 1951 foram mais tarde identificadas.[2] Michael Brown diz que Orcus é "quase certamente" um planeta anão,[6] embora a UAI não tenha o designado formalmente como tal.

Orcus é um plutino, ou seja, está uma ressonância orbital 2:3 com Netuno, completando duas voltas ao redor do Sol a cada três de Netuno. Plutão possui uma órbita parecida à de Orcus, porém os dois corpos sempre estão em fases opostas da órbita: enquanto Orcus está no afélio Plutão está no perélio e vice-versa. Por causa disso, além do fato de sua lua Vanth lembrar a grande lua de Plutão Caronte, Orcus tem sido visto como anti-Plutão. Isso influenciou muito a escolha de seu nome, como o deus Orcus era o equivalente etrusco de Plutão, e virou um nome alternativo para Plutão.[7]

Órbita e rotação[editar | editar código-fonte]

As órbitas de Orcus (em azul), Plutão (em vermelho) e Netuno (em cinza). Orcus e Plutão aparecem nas posições de abril de 2006. A data de seus periélios (q) e afélios (Q) também está marcada.

Orcus é um grande plutino (um objeto em ressonância orbital 2:3 com Netuno).[1] Com um período orbital de 247 anos, sua órbita é parecida com a de Plutão, porém é orientada diferentemente (enquanto um corpo está no afélio o outro está no perélio e vice-versa). Embora sua órbita fique próxima da de Netuno em um ponto, a ressonância orbital significa que Orcus sempre está a uma grande distância do planeta (a separação angular entre eles é de mais de 60°). Em um período de 14 000 anos Orcus fica a mais de 18 UA de Netuno.[8] Como Orcus e Plutão possuem ressonâncias 2:3 com Netuno e possuem órbitas parecidas porém opostas, Orcus é às vezes descrito como "anti-Plutão".[7]

Orcus orbita o Sol a uma distância média de 39,2 UA, com um perélio (menor distância ao Sol) de 30,4 UA e um afélio (maior distância ao Sol) de 48,1 UA. Está atualmente a 48,0 UA do Sol[9] e vai alcançar o afélio em 2019.[10] Simulações pela Deep Ecliptic Survey (DES) mostram que nos próximos 10 milhões de anos Orcus poderá adquirir um perélio de 27,8 UA.[11]

O período de rotação de Orcus é desconhecido. Diferentes pesquisas fotométricas apresentam diferentes resultados. Algumas mostram pequenas variações de amplitude com períodos entre 7 e 21 horas, enquanto outras não mostram variação.[12] O valor obtido por Ortiz et al., cerca de 10 horas, é frequentemente citado na literatura.[5] Os polos de rotação de Orcus provavelmente coincidem com os polos orbitais de sua lua, Vanth, o que significa que o polo de Orcus está virado para a Terra, explicando as dificuldades em medir seu período de rotação.[12] É possível que o verdadeiro período de rotação coincida com o período orbital de 9,5 dias da lua.[4]

Nome[editar | editar código-fonte]

Por ser parecido com Plutão, Orcus deveria receber o nome de uma divindade do submundo, de acordo com as convenções de nomenclatura da União Astronómica Internacional. Os descobridores sugeriram o nome de Orcus, que foi aprovado e publicado em 22 de novembro de 2004. Orcus é um outro nome para o deus grego Hades e um deus separado da morte na Mitologia romana.

Características físicas[editar | editar código-fonte]

Tamanho e magnitude[editar | editar código-fonte]

A magnitude absoluta de Orcus é de cerca de 2,2[2] , comparável à de 2,6 do cubewano 50000 Quaoar. Observações pelo Telescópio Espacial Spitzer no infravermelho longe[13] e pelo Observatório Espacial Herschel no submilímetro estima um diâmetro de 850 ± 90 km.[14] O diâmetro determinado a partir de medições do Spitzer apenas é de 940 ± 70 km.[4] Orcus tem um albedo de cerca de 22% a 34%,[14] o que pode ser típico de objetos transnetuniano aproximando a faixa de 1000 km de diâmetro.[15]

O tamanho mencionado acima foi estimado assumindo que Orcus não possui satélites. A presença de Vanth, um satélite relativamente grande, pode mudar os valores consideravelmente. A magnitude absoluta de Vanth é estimada em 4,88, o que significa que ele é 11 vezes menos brilhante que Orcus. Se os albedos dois corpos forem iguais o diâmetro de Orcus é de cerca de 900 km (assumindo um diâmetro de 940 km se não tivesse satélites), enquanto o tamanho de Vanth é de cerca de 280 km. No entanto, se o albedo de Vanth for duas vezes menor que o de Orcus, o o diâmetro dos corpos é de 860 e 380 km, respectivamente.[4]

Em 2013 foi publicada uma nova análise de dados do Observatório Espacial Herschel, que determinou um diâmetro de 917 ± 25 km para Orcus e 276 ± 17 km para Vanth, assumindo que os dois corpos tenham o mesmo albedo.[3]

Massa[editar | editar código-fonte]

Como Orcus faz parte de um sistema binário, a massa do sistema é estimada em 6,32 ± 0,05×1020 kg, cerca de 3,8% da massa de Éris, o planeta anão mais massivo conhecido.[4] Como essa massa está divida entre Orcus e Vanth depende no tamanho relativo deles. Se o tamanho do satélite for de um terço do primário, sua massa equivale a 3% da massa total. por outro lado, se o tamanho de Vanth for de 380 km (veja acima), sua massa pode ser de até 1/13 da massa total do sistema ou cerca de 8% da massa de Orcus.[4]

Satélite[editar | editar código-fonte]

A partir de observações feitas pelo Telescópio Espacial Hubble em novembro de 2005, Mike Brown e T.A. Suer detectaram um satélite orbitando Orcus.[16] Essa descoberta foi anunciada na IAUC 8812 em 22 de fevereiro de 2007.[17] O satélite recebeu a designação provisória S/2005 (90482) 1 até receber o nome de Vanth. Ele orbita Orcus em uma órbita quase circular com uma excentricidade de menos de 0,0036, e um período orbital de 9,53 dias.[4] Vanth está a apenas 8980 ± 20 km de Orcus e está muito perto dele para análises espectroscópicas terrestres a composição de sua superfície.[4] Mike Brown suspeita que assim como o sistema Plutão-Caronte, Orcus e Vanth estão em acoplamento de maré.[7] Vanth não se parece ter surgido por colisão porque seu espectro é bastante diferente do de Orcus, e pode ser um objeto capturado.[7]

Referências

  1. a b MPEC 2009-E53 :Distant Minor Planets (2009 MAR. 30.0 TT). Minor Planet Center (11 de março de 2009). Página visitada em 16 de dezembro de 2013.
  2. a b c d JPL Small-Body Database Browser. Jet Propulsion Laboratory. Página visitada em 16 de dezembro de 2013.
  3. a b c d Fornasier et al. (julho de 2013). "TNOs are Cool: A survey of the trans-Neptunian region. VIII. Combined Herschel PACS and SPIRE observations of nine bright targets at 70-500 μm". Astronomy & Astrophysics 555: A15, 22 pp. DOI:10.1051/0004-6361/201321329. Bibcode2013A&A...555A..15F.
  4. a b c d e f g h i j Brown, M.E.; Ragozzine, D.; Stansberry, J.; Fraser, W.C.. (2010). "The size, density, and formation of the Orcus-Vanth system in the Kuiper belt". The Astronomical Journal 139 (6): 2700–2705. DOI:10.1088/0004-6256/139/6/2700. Bibcode2010AJ....139.2700B.
  5. a b c Barucci, M. A.; Merlin; Guilbert; Bergh; Doressoundiram; et al.. (2008). "Surface composition and temperature of the TNO Orcus". Astronomy and Astrophysics 479 (1): L13–L16. DOI:10.1051/0004-6361:20079079. Bibcode2008A&A...479L..13B.
  6. Michael E. Brown (23/09/2011). How many dwarf planets are there in the outer solar system? (updates daily). California Institute of Technology. Página visitada em 23/09/2011.
  7. a b c d Michael E. Brown (23/03/2009). S/2005 (90482) 1 needs your help. Mike Brown's Planets (blog). Página visitada em 25/03/2009.
  8. MPEC 2004-D15 : 2004 DW. Minor Planet Center (20/02/2004). Página visitada em 05/07/2011.
  9. AstDys (90482) Orcus Ephemerides. Departamento de Matemática, Universidade de Pisa, Itália. Página visitada em 16 de dezembro de 2013.
  10. HORIZONS Web-Interface. JPL Solar System Dynamics. Página visitada em 02/07/2008.
  11. Buie, Marc W. (22/12/2007). Orbit Fit and Astrometric record for 90482. SwRI (Space Science Department). Página visitada em 2008-09-19.
  12. a b A. Delsanti, F. Merlin, A. Guilbert–Lepoutre at al.. (2010). "Methane, ammonia, and their irradiation products at the surface of an intermediate-size KBO? A portrait of Plutino (90482) Orcus". Astronomy and Astrophysics 627 (2): 1057. DOI:10.1051/0004-6361/201014296. Bibcode2010A&A...520A..40D.
  13. Stansberry, J.; Grundy, W., Brown, M., Cruikshank, D., Spencer, J.,Trilling, D., Margot, J.-L. (2008). "Physical Properties of Kuiper Belt and Centaur Objects: Constraints from the Spitzer Space Telescope". M. A. Barucci, H. Boehnhardt, D. P. Cruikshank, and A. Morbidelli (eds.) The Solar System Beyond Neptune: 161–179, Tucson: University of Arizona Press. 
  14. a b T.L. Lim, J. Stansberry, T.G. Müller. (2010). ""TNOs are Cool": A survey of the trans-Neptunian region III. Thermophysical properties of 90482 Orcus and 136472 Makemake". Astronomy and Astrophysics 518. DOI:10.1051/0004-6361/201014701. Bibcode2010A&A...518L.148L.
  15. Wm. Robert Johnston (17/09/2008). TNO/Centaur diameters and albedos. Johnston's Archive. Página visitada em 27/10/2008.
  16. Daniel W. E. Green (22/02/2007). IAUC 8812: Sats OF 2003 AZ_84, (50000), (55637), (90482). International Astronomical Union Circular. Página visitada em 05/07/2011.
  17. Wm. Robert Johnston (04/03/2007). (90482) Orcus. Johnston's Archive. Página visitada em 26/03/2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre 90482 Orco
(90480) 2004 CG109 | 90481 Wollstonecraft | 90482 Orcus | (90483) 2004 DM4 | (90484) 2004 DU6