Antônio Olinto dos Santos Pires

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Antônio Olinto dos Santos Pires (Serro, 15 de dezembro de 1860Belo Horizonte, 25 de fevereiro de 1925) foi um político mineiro, primeiro presidente de Minas Gerais após a Proclamação da República no Brasil.

Olinto foi um dos fundadores do Partido Republicano Mineiro, juntamente com João Pinheiro, tendo dirigido também os jornais Estado de Minas e O Movimento, o qual ajudou a fundar. Formou-se em engenharia de minas, em Ouro Preto, onde destacou-se, ainda como estudante, nas lutas abolicionistas e republicanas que agitavam o país.

Representou também o povo mineiro como deputado federal (1890-1893 e 1894-1896). Assumiu inúmeros cargos públicos, como o Ministério da Viação (de 15 de novembro de 1894 a 20 de novembro de 1896), a Superintendência de Obras Contra a Seca, em 1907, e a Diretoria Geral dos Telégrafos, em 1909.

Professor e escritor, colaborou no Dicionário Histórico e Geográfico do Brasil e deixou trabalhos sobre a seca, a irrigação e as grutas brasileiras, escrevendo "Riquezas Minerais", no Livro do 4º Centenário do Brasil.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
João Batista dos Santos
Presidente de Minas Gerais
1889
Sucedido por
Cesário Alvim
Precedido por
Bibiano Sérgio Macedo Costallat
Ministro dos Transportes do Brasil
1894 — 1896
Sucedido por
Joaquim Duarte Murtinho


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.