Antônio Silva (lutador)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Antônio Silva
Estatísticas
Apelido Pezão
Altura 1,93 m
Peso 120 kg
Nacionalidade Brasil Brasileiro
Data de nascimento 14 de setembro de 1979 (35 anos)
Cidade natal Brasília, Bandeira do Distrito Federal (Brasil).svg Distrito Federal
Modalidade Jiu-jitsu brasileiro
Caratê Shotokan
Judô
Equipe/associação American Top Team
Faixa      Faixa Preta em BJJ
     Faixa Preta em Judô
     Faixa Preta em karatê
Cartel no MMA
Total 25
Vitórias 18
    Por nocaute 13
    Por finalização 3
    Por decisão 2
Derrotas 6
    Por nocaute 5
    Por decisão 1
Empate 1
Antônio Silva (lutador) no Sherdog

Antônio "Bigfoot" Silva (Brasília,[1] 14 de setembro de 1979) é um lutador brasileiro de artes marciais mistas (MMA). Ele luta no Ultimate Fighting Championship na categoria de peso-pesado. Silva sofre de uma doença chamada acromegalia, que causa o alargamento das características faciais e do corpo por causa de um tumor em sua glândula pituitária.[2]

Carreira no MMA[editar | editar código-fonte]

Começou a carreira em 2005, sua primeira luta foi contra Tengiz Tedoradze, na qual conseguiu nocautear o adversário no 1º assalto.

EliteXC[editar | editar código-fonte]

Na sua estreia, nocauteou Wesley Correira logo no primeiro assalto. Em seguida, Antônio enfrentou Jonathan Wiezorek, finalizando o oponente também no primeiro assalto. A terceira vitória veio contra o ex-campeão peso-pesado do UFC Ricco Rodriguez, por decisão dividida dos juízes.

No dia 26 de julho de 2008, Antônio Silva venceu por nocaute técnico no segundo assalto Justin Eilers, e ganhou o título de campeão peso-pesado do EliteXC. Contudo, o brasileiro foi pego no exame antidoping ao ser constatado a presença do esteróide anabolizante boldenona no seu organismo, e foi suspenso por um ano e multado em 2500 dólares pela Comissão Atlética do Estado da Califórnia[3] . Segundo o empresário de Antônio Silva, o resultado do teste positivo para boldenona foi causado por seu uso de Novadex, a testosterona da dose de reforço que Silva usa para combater os baixos níveis de testosterona causada por sua acromegalia. "Ele tem que tratá-la", disse Alex Davis. "Ele gasta entre U$ 6.000 e U$ 8.000 por mês só em remédio para ela. Ele precisa ser capaz de continuar a lutar para ganhar a vida. Se é entre a saúde de Antônio e agradando a comissão Atlética, temos de escolher a sua saúde."[4]

Strikeforce[editar | editar código-fonte]

No dia 7 de novembro de 2009, Antônio Silva estreou com derrota no Strikerforce contra o também brasileiro Fabrício Werdum, por decisão unânime dos juízes.

Em seguida, Silva obteve sua primeira vitória no evento ao ganhar por decisão unânime do ex-campeão peso-pesado do UFC, Andrei Arlovski. No Strikeforce: Henderson vs. Babalu II, Antônio enfrentou Mike Kyle, conseguindo a vitória no segundo assalto por nocaute técnico.

No dia 12 de fevereiro de 2011, o brasileiro derrotou o campeão peso-pesado do extinto PRIDE, o russo Fedor Emelianenko, pelas quartas-de-final do torneio dos pesados do Strikeforce[5] . Com a vitória, Silva enfrentaria na semifinal Alistair Overeem, que venceu o confronto contra Fabrício Werdum, porém o atleta holandês não podia lutar nessa data, sendo substituído por Daniel Cormier, que nocauteou o brasileiro.

UFC[editar | editar código-fonte]

Ainda durante a realização do GP dos Pesados do Strikeforce, o UFC anuncionou a aquisição deste evento, fato que culminou na integração do quadro de lutadores ao quadro do UFC e após negociações, Pezão fechou contrato com o UFC e sua estréia seria logo com o ex-campeão da categoria e "top contender" Cain Velasquez.

A luta contra o ex-campeão terminou com derrota de Pezão, que foi castigado no "ground-and-pound" efetivo de Velasquez que abriu um corte profundo no supercílio de Pezão, abrindo de vez caminho para a recuperação de Velasquez que buscava revanche contra Junior Cigano que havia lhe tomado o cinturão em sua luta anterior.

Em sua próxima luta, Pezão enfrentou Travis Browne, um "prospect" da categoria, invicto, até então. Pezão não demorou a encerrar o combate por nocaute técnico após conectar um poderoso direto de direita que derrubou e praticamente nocauteou Browne, após a queda Pezão avançou para golpeá-lo ainda mais, forçando a interrupção da luta por parte do árbitro central.

No dia 2 de fevereiro de 2013, Pezão subiu ao octógono para enfrentar outro "top contender" da categoria, Alistair Overeem que, em caso de vitória, ganharia o "title shot" diante de Cain Velasquez. Em um combate equilibrado que até certa altura dava vantagem a Overeem na pontuação, Pezão, logo no início do terceiro e último round partiu para o ataque e conectou boa sequência de socos e um chute ("head kick") que deixaram Overeem atordoado e percebendo isso, Pezão partiu para definir o combate e acertando inúmeros golpes, variando entre ganchos, diretos e cruzados que, precisos, nocautearam Overeem.

Após a surpreendente vitória sobre um forte candidato à disputa do cinturão, a imprensa especializada e fãs passaram a veicular, principalmente em foruns e redes sociais rumores de uma eventual revanche entre Pezão e Velasquez, que consequentemente, lhe daria a chance de disputar o cinturão da categoria, fato bastante comentado pelo próprio lutador após a vitória sobre Overeem.

Após surpreender no UFC 156, Pezão enfrentou Cain Velasquez pelo Cinturão Peso Pesado do UFC, em 02013-05-25 25 de maio de 2013 no UFC 160 e perdeu por nocaute técnico no primeiro round da luta. Após receber um direto no rosto e uma chuva de socos do campeão

Pezão enfrentou Mark Hunt em 02013-12-06 6 de dezembro de 2013 no evento principal do UFC Fight Night: Hunt vs. Pezão. Em uma bela luta, onde Pezão e Hunt estiveram perto de finalizar a luta, os dois ficaram com um empate após cinco rounds. Ao soar do fim da luta, os dois se abraçaram e foram aplaudidos de pé por toda a arena, inclusive por Bruce Buffer. Empolgado, Dana White classificou por twitter como a luta mais "louca" da história dos pesos pesados, e completou: "Nunca estive tão feliz com um empate na minha vida. Os vencedores são os fãs! Ambos vão levar o bonus da noite, e talvez eu compre uma ilha privada para os dois lutadores!" [6] Hunt e Pezão levaram o prêmio de luta da noite.Luta foi modificada para no contest(sem resultado),pois pezao foi pego no anti dopping[7]

Pezão enfrentou o veterano Andrei Arlovski em 13 de Setembro de 2014 no UFC Fight Night: Pezão vs. Arlovski II, a luta foi uma revanche do Strikeforce: Heavy Artillery, onde Pezão venceu por decisão unânime. Na segunda luta, o resultado foi completamente diferente, Pezão foi derrotado por nocaute ainda no primeiro round.

Pezão agora enfrentará Frank Mir em 28 de Fevereiro de 2015 no UFC 184.

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Estados Unidos Frank Mir UFC 184: Weidman vs. Belfort 28/02/2015 Estados Unidos Los Angeles, California
Derrota 18-6-1 Bielorrússia Andrei Arlovski KO (socos) UFC Fight Night: Pezão vs. Arlovski II 13/09/2014 1 2:59 Brasil Brasília
Empate 18-5-1 Nova Zelândia Mark Hunt Empate (majoritário) UFC Fight Night: Hunt vs. Pezão 07/12/2013 5 5:00 Austrália Brisbane, Queensland
Derrota 18-5 Estados Unidos Cain Velasquez TKO (socos) UFC 160: Velasquez vs. Silva II 25/05/2013 1 1:21 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Pelo Cinturão Peso Pesado do UFC
Vitória 18-4 Países Baixos Alistair Overeem KO (socos) UFC 156: Aldo vs. Edgar 02/02/2013 3 0:25 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Nocaute da Noite.
Vitória 17-4 Estados Unidos Travis Browne KO (socos) UFC on FX: Browne vs. Pezão 05/10/2012 1 3:27 Estados Unidos Minneapolis, Minnesota
Derrota 16-4 Estados Unidos Cain Velasquez TKO (socos) UFC 146: Dos Santos vs. Mir 26/05/2012 1 3:36 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Derrota 16-3 Estados Unidos Daniel Cormier KO (socos) Strikeforce: Barnett vs. Kharitonov 10/09/2011 1 3:56 Estados Unidos Cincinnati, Ohio Semifinal do Torneio de Pesados do Strikeforce
Vitória 16-2 Rússia Fedor Emelianenko TKO (interrupção do médico) Strikeforce: Fedor vs. Silva 12/02/2011 2 5:00 Estados Unidos East Rutherford, New Jersey Quartas de Final do Torneio de Pesados do Strikeforce
Vitória 15-2 Estados Unidos Mike Kyle TKO (socos) Strikeforce: Henderson vs. Babalu II 04/12/2010 2 2:49 Estados Unidos St. Louis, Missouri
Vitória 14-2 Bielorrússia Andrei Arlovski Decisão (unânime) Strikeforce: Heavy Artillery 15/05/2010 3 5:00 Estados Unidos St. Louis, Missouri
Derrota 13-2 Brasil Fabrício Werdum Decisão (unânime) Strikeforce: Fedor vs. Rogers 07/11/2009 3 5:00 Estados Unidos Hoffman Estates, Illinois
Vitória 13-1 Nova Zelândia Jim York Finalização (triângulo de braço) Sengoku 10 23/09/2009 1 3:51 Japão Saitama
Vitória 12-1 Japão Yoshihiro Nakao Nocaute Técnico (lesão) Sengoku no Ran 2009 04/01/2009 1 1:42 Japão Saitama
Vitória 11-1 Estados Unidos Justin Eilers Nocaute Técnico (joelhadas e socos) EliteXC: Unfinished Business 26/07/2008 2 0:19 Estados Unidos Stockton, California Tornou-se o Campeão Inaugural Peso Pesado do EliteXC; Teste positivo para boldenona
Vitória 10-1 Estados Unidos Ricco Rodriguez Decisão (dividida) EliteXC: Street Certified 16/02/2008 3 5:00 Estados Unidos Miami, Florida
Vitória 9-1 Estados Unidos Jonathan Wiezorek Finalização (mata leão) EliteXC: Renegade 10/11/2007 1 3:12 Estados Unidos Corpus Christi, Texas
Vitória 8-1 Estados Unidos Wesley Correira Nocaute Técnico (socos) EliteXC Destiny 10/02/2007 1 3:49 Estados Unidos Southaven, Mississippi
Derrota 7-1 Estados Unidos Eric Pele Nocaute Técnico (socos) BodogFight – USA vs. Russia 02/12/2006 1 2:40 Canadá Vancouver, British Columbia
Vitória 7-0 Rússia Georgy Kaysinov Nocaute (soco) K-1 – Hero's 7 09/10/2006 1 1:08 Japão Yokohama
Vitória 6-0 Estados Unidos Tom Erikson Nocaute Técnico (socos) K-1 – Hero's 5 03/05/2006 1 2:49 Japão Tóquio
Vitória 5-0 Lituânia Tadas Rinkevicius Nocaute Técnico (socos) CWFC – Strike Force 5 25/03/2006 1 3:22 Inglaterra Coventry
Vitória 4-0 Estados Unidos Ruben Villareal Nocaute Técnico (socos) CWFC – Strike Force 4 26/11/2005 1 3:07 Inglaterra Coventry Ganhou o Cinturão Super Pesado do Cage Warriors.
Vitória 3-0 Brasil Rafael Carino Nocaute Técnico (interrupção do córner) Cage Rage 12 – The Real Deal 02/07/2005 1 2:55 Inglaterra Londres Ganhou o Cinturão Peso Pesado do Cage Rage.
Vitória 2-0 França Marcus Tchinda Finalização (socos) CWFC – Strike Force 02/05/2005 1 3:03 Inglaterra Coventry
Vitória 1-0 Geórgia Tengiz Tedoradze Nocaute Técnico (socos) UKMMAC 10 – Slugfest 06/03/2005 1 0:48 Inglaterra Essex

Referências