Antônio Silva (lutador)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Antônio Silva
Estatísticas
Apelido Pezão
Altura 1,95 m
Peso 119 kg
Nacionalidade Brasil Brasileiro
Data de nascimento 14 de setembro de 1979 (34 anos)
Cidade natal Brasília, Bandeira do Distrito Federal (Brasil).svg Distrito Federal
Modalidade Jiu-jitsu brasileiro
Caratê Shotokan
Judô
Equipe/associação American Top Team
Faixa      Faixa Preta em BJJ
     Faixa Preta em Judô
     Faixa Preta em karatê
Cartel no MMA
Total 24
Vitórias 18
    Por nocaute 13
    Por finalização 3
    Por decisão 2
Derrotas 5
    Por nocaute 4
    Por decisão 1
Empate 1
Antônio Silva (lutador) no Sherdog

Antônio "Bigfoot" Silva (Brasília,[1] 14 de setembro de 1979) é um lutador brasileiro de artes marciais mistas (MMA). Ele luta no Ultimate Fighting Championship na categoria de peso-pesado. Silva sofre de uma doença chamada acromegalia, que causa o alargamento das características faciais e do corpo por causa de um tumor em sua glândula pituitária.[2]

Carreira no MMA[editar | editar código-fonte]

Começou a carreira em 2005, sua primeira luta foi contra Tengiz Tedoradze, na qual conseguiu nocautear o adversário no 1º assalto.

EliteXC[editar | editar código-fonte]

Na sua estreia, nocauteou Wesley Correira logo no primeiro assalto. Em seguida, Antônio enfrentou Jonathan Wiezorek, finalizando o oponente também no primeiro assalto. A terceira vitória veio contra o ex-campeão peso-pesado do UFC Ricco Rodriguez, por decisão dividida dos juízes.

No dia 26 de julho de 2008, Antônio Silva venceu por nocaute técnico no segundo assalto Justin Eilers, e ganhou o título de campeão peso-pesado do EliteXC. Contudo, o brasileiro foi pego no exame antidoping ao ser constatado a presença do esteróide anabolizante boldenona no seu organismo, e foi suspenso por um ano e multado em 2500 dólares pela Comissão Atlética do Estado da Califórnia[3] . Segundo o empresário de Antônio Silva, o resultado do teste positivo para boldenona foi causado por seu uso de Novadex, a testosterona da dose de reforço que Silva usa para combater os baixos níveis de testosterona causada por sua acromegalia. "Ele tem que tratá-la", disse Alex Davis. "Ele gasta entre U$ 6.000 e U$ 8.000 por mês só em remédio para ela. Ele precisa ser capaz de continuar a lutar para ganhar a vida. Se é entre a saúde de Antônio e agradando a comissão Atlética, temos de escolher a sua saúde."[4]

Sengoku[editar | editar código-fonte]

Logo após seu teste positivo de esteróides na Califórnia, Silva assinou contrato para lutar no Sengoku 7. Ele foi aconselhado a não lutar no Japão pela Comissão Atlética do Estado da Califórnia, no entanto, ele ignorou o pedido e continuou a afirmar que ele não tinha usado esteróides. Apesar da pressão da Comissão Atlética, no dia 4 de janeiro de 2009, Silva entrou no ringue contra Yoshihiro "Kiss" Nakao, no Sengoku 7 no Japão. Silva ganhou um combate por nocaute técnico após seu adversário sofrer uma lesão no joelho no primeiro assalto. No Sengoku 10 lutou contra Jim York, onde ganhou por finalização no primeiro assalto.

Strikeforce[editar | editar código-fonte]

No dia 7 de novembro de 2009, Antônio Silva estreou com derrota no Strikerforce contra o também brasileiro Fabrício Werdum, por decisão unânime dos juízes.

Em seguida, Silva obteve sua primeira vitória no evento ao ganhar por decisão unânime do ex-campeão peso-pesado do UFC, Andrei Arlovski. No Strikeforce: Henderson vs. Babalu II, Antônio enfrentou Mike Kyle, conseguindo a vitória no segundo assalto por nocaute técnico.

No dia 12 de fevereiro de 2011, o brasileiro derrotou o campeão peso-pesado do extinto PRIDE, o russo Fedor Emelianenko, pelas quartas-de-final do torneio dos pesados do Strikeforce[5] . Com a vitória, Silva enfrentaria na semifinal Alistair Overeem, que venceu o confronto contra Fabrício Werdum, porém o atleta holandês não podia lutar nessa data, sendo substituído por Daniel Cormier, que nocauteou o brasileiro.

UFC[editar | editar código-fonte]

Ainda durante a realização do GP dos Pesados do Strikeforce, o UFC anuncionou a aquisição deste evento, fato que culminou na integração do quadro de lutadores ao quadro do UFC e após negociações, Pezão fechou contrato com o UFC e sua estréia seria logo com o ex-campeão da categoria e "top contender" Cain Velasquez.

A luta contra o ex-campeão terminou com derrota de Pezão, que foi castigado no "ground-and-pound" efetivo de Velasquez que abriu um corte profundo no supercílio de Pezão, abrindo de vez caminho para a recuperação de Velasquez que buscava revanche contra Junior Cigano que havia lhe tomado o cinturão em sua luta anterior.

Em sua próxima luta, Pezão enfrentou Travis Browne, um "prospect" da categoria, invicto, até então. Pezão não demorou a encerrar o combate por nocaute técnico após conectar um poderoso direto de direita que derrubou e praticamente nocauteou Browne, após a queda Pezão avançou para golpeá-lo ainda mais, forçando a interrupção da luta por parte do árbitro central.

No dia 2 de fevereiro de 2013, Pezão subiu ao octógono para enfrentar outro "top contender" da categoria, Alistair Overeem que, em caso de vitória, ganharia o "title shot" diante de Cain Velasquez. Em um combate equilibrado que até certa altura dava vantagem a Overeem na pontuação, Pezão, logo no início do terceiro e último round partiu para o ataque e conectou boa sequência de socos e um chute ("head kick") que deixaram Overeem atordoado e percebendo isso, Pezão partiu para definir o combate e acertando inúmeros golpes, variando entre ganchos, diretos e cruzados que, precisos, nocautearam Overeem.

Após a surpreendente vitória sobre um forte candidato à disputa do cinturão, a imprensa especializada e fãs passaram a veicular, principalmente em foruns e redes sociais rumores de uma eventual revanche entre Pezão e Velasquez, que consequentemente, lhe daria a chance de disputar o cinturão da categoria, fato bastante comentado pelo próprio lutador após a vitória sobre Overeem.

Após surpreender no UFC 156, Pezão enfrentou Cain Velasquez pelo Cinturão Peso Pesado do UFC, em 02013-05-25 25 de maio de 2013 no UFC 160 e perdeu por nocaute técnico no primeiro round da luta. Após receber um direto no rosto e uma chuva de socos do campeão

Pezão enfrentou Mark Hunt em 02013-12-06 6 de dezembro de 2013 no evento principal do UFC Fight Night: Hunt vs. Pezão. Em uma bela luta, onde Pezão e Hunt estiveram perto de finalizar a luta, os dois ficaram com um empate após cinco rounds. Ao soar do fim da luta, os dois se abraçaram e foram aplaudidos de pé por toda a arena, inclusive por Bruce Buffer. Empolgado, Dana White classificou por twitter como a luta mais "louca" da história dos pesos pesados, e completou: "Nunca estive tão feliz com um empate na minha vida. Os vencedores são os fãs! Ambos vão levar o bonus da noite, e talvez eu compre uma ilha privada para os dois lutadores!" [6] Hunt e Pezão levaram o prêmio de luta da noite.[7]

Pezão agora enfrentará o veterano Andrei Arlovski em 13 de Setembro de 2014 no UFC Fight Night: Pezão vs. Arlovski II, a luta é uma revanche do Strikeforce: Heavy Artillery, onde Pezão venceu por decisão unânime.

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Bielorrússia Andrei Arlovski UFC Fight Night: Pezão vs. Arlovski II 13/09/2014 Brasil Brasília
Empate 18-5-1 Nova Zelândia Mark Hunt Empate (majoritário) UFC Fight Night: Hunt vs. Pezão 07/12/2013 5 5:00 Austrália Brisbane, Queensland
Derrota 18-5 Estados Unidos Cain Velasquez Nocaute Técnico (socos) UFC 160: Velasquez vs. Silva II 25/05/2013 1 1:21 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Pelo Cinturão Peso Pesado do UFC
Vitória 18-4 Países Baixos Alistair Overeem Nocaute Técnico (socos) UFC 156: Aldo vs. Edgar 02/02/2013 3 0:25 Estados Unidos Las Vegas, Nevada Nocaute da Noite.
Vitória 17-4 Estados Unidos Travis Browne Nocaute Técnico (socos) UFC on FX: Browne vs. Pezão 05/10/2012 1 3:27 Estados Unidos Minneapolis, Minnesota
Derrota 16-4 Estados Unidos Cain Velasquez Nocaute Técnico (socos) UFC 146: Dos Santos vs. Mir 26/05/2012 1 3:36 Estados Unidos Las Vegas, Nevada
Derrota 16-3 Estados Unidos Daniel Cormier Nocaute Técnico (socos) Strikeforce: Barnett vs. Kharitonov 10/09/2011 1 3:56 Estados Unidos Cincinnati, Ohio Semifinal do Torneio de Pesados do Strikeforce
Vitória 16-2 Rússia Fedor Emelianenko Nocaute Técnico (interrupção do médico) Strikeforce: Fedor vs. Silva 12/02/2011 2 5:00 Estados Unidos East Rutherford, New Jersey Quartas de Final do Torneio de Pesados do Strikeforce
Vitória 15-2 Estados Unidos Mike Kyle Nocaute Técnico (socos) Strikeforce: Henderson vs. Babalu II 04/12/2010 2 2:49 Estados Unidos St. Louis, Missouri
Vitória 14-2 Bielorrússia Andrei Arlovski Decisão (unânime) Strikeforce: Heavy Artillery 15/05/2010 3 5:00 Estados Unidos St. Louis, Missouri
Derrota 13-2 Brasil Fabrício Werdum Decisão (unânime) Strikeforce: Fedor vs. Rogers 07/11/2009 3 5:00 Estados Unidos Hoffman Estates, Illinois
Vitória 13-1 Nova Zelândia Jim York Finalização (triângulo de braço) Sengoku 10 23/09/2009 1 3:51 Japão Saitama
Vitória 12-1 Japão Yoshihiro Nakao Nocaute Técnico (lesão) Sengoku no Ran 2009 04/01/2009 1 1:42 Japão Saitama
Vitória 11-1 Estados Unidos Justin Eilers Nocaute Técnico (joelhadas e socos) EliteXC: Unfinished Business 26/07/2008 2 0:19 Estados Unidos Stockton, California Tornou-se o Campeão Inaugural Peso Pesado do EliteXC; Teste positivo para boldenona
Vitória 10-1 Estados Unidos Ricco Rodriguez Decisão (dividida) EliteXC: Street Certified 16/02/2008 3 5:00 Estados Unidos Miami, Florida
Vitória 9-1 Estados Unidos Jonathan Wiezorek Finalização (mata leão) EliteXC: Renegade 10/11/2007 1 3:12 Estados Unidos Corpus Christi, Texas
Vitória 8-1 Estados Unidos Wesley Correira Nocaute Técnico (socos) EliteXC Destiny 10/02/2007 1 3:49 Estados Unidos Southaven, Mississippi
Derrota 7-1 Estados Unidos Eric Pele Nocaute Técnico (socos) BodogFight – USA vs. Russia 02/12/2006 1 2:40 Canadá Vancouver, British Columbia
Vitória 7-0 Rússia Georgy Kaysinov Nocaute (soco) K-1 – Hero's 7 09/10/2006 1 1:08 Japão Yokohama
Vitória 6-0 Estados Unidos Tom Erikson Nocaute Técnico (socos) K-1 – Hero's 5 03/05/2006 1 2:49 Japão Tóquio
Vitória 5-0 Lituânia Tadas Rinkevicius Nocaute Técnico (socos) CWFC – Strike Force 5 25/03/2006 1 3:22 Inglaterra Coventry
Vitória 4-0 Estados Unidos Ruben Villareal Nocaute Técnico (socos) CWFC – Strike Force 4 26/11/2005 1 3:07 Inglaterra Coventry Ganhou o Cinturão Super Pesado do Cage Warriors.
Vitória 3-0 Brasil Rafael Carino Nocaute Técnico (interrupção do córner) Cage Rage 12 – The Real Deal 02/07/2005 1 2:55 Inglaterra Londres Ganhou o Cinturão Peso Pesado do Cage Rage.
Vitória 2-0 França Marcus Tchinda Finalização (socos) CWFC – Strike Force 02/05/2005 1 3:03 Inglaterra Coventry
Vitória 1-0 Geórgia Tengiz Tedoradze Nocaute Técnico (socos) UKMMAC 10 – Slugfest 06/03/2005 1 0:48 Inglaterra Essex

Referências