Demografia da República Popular da China

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde Fevereiro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Evolução demográfica da República Popular da China.

A demografia da República Popular da China caracteriza-se por uma grande população com uma relativamente reduzida faixa etária jovem, resultado, em parte, da "política do filho único" adotada pelo país. As políticas demográficas implementadas na China desde 1979 ajudaram a evitar 400 milhões de nascimentos extras, os quais levariam a população atual a cerca de 1,7 bilhões de habitantes. Alguns estudiosos pensam que esses dados são exagerados e que o impacto evitado foi de cerca de 50-60 milhões de nascimentos.[1]

A China é o país de maior população do mundo há muito tempo. Quando realizou seu primeiro censo, em 1953, a contagem revelou 582 milhões de habitantes; o quinto censo, de 2000, contou quase o dobro, com 1,2 bilhôes de habitantes.

A começar de meados dos anos 1950, o governo chinês adotou, com variados graus de sucesso, medidas e programas de planejamento familiar e de controle populacional. O rápido crescimento demográfico chinês levou o governo a implementar uma política estrita de uma única criança por família, anunciada em 1979, segundo a qual os casais somente poderiam ter uma criança cada. Com esta medida, a China logrou estabilizar e reduzir a taxa de fertilidade; em 1971, as mulheres tinham uma média de 5,4 crianças, contra uma estimativa de 1,7 crianças em 2004. A fiscalização do programa, porém, variava consideravelmente, dependendo do local.

Hoje, a população continua a crescer. Há também um sério desequilíbrio de gênero. Os dados do censo de 2000 revelam que 119 meninos nasceram para cada 100 meninas, o que em julho de 2004 levou o governo a proibir o aborto seletivo de fetos do sexo feminino. Estima-se que este desequilíbrio continuará a crescer até 2025-2030, até atingir 20%, e então passará a decrescer lentamente.

A população chinesa tem envelhecido consideravelmente; estima-se que em 2020 11,8% dos chineses terão 65 anos ou mais, resultado, principalmente do gigantesco crescimento economico que a China vem experimentando nos últimos anos, o que, consequentemente, eleva as condições de vida do país (mesmo que ainda de forma lenta), como no Brasil.

Grupos étnicos[editar | editar código-fonte]

Mapa etnolingüístico da China.

A República Popular da China reconhece oficialmente 56 grupos étnicos diferentes, dos quais o maior é o han, com cerca de 91,9% da população. As minorias mais expressivas são os juang (1,3%), manchus (0,86%), hui (0,79%), miao (0,72%), uigures (0,68%), yi (0,65%), tujia (0,62%), mongóis (0,47%), tibetanos (0,44%), buyi (0,26%), coreanos (0,15%) e Cazaques (0,10%).

As minorias étnicas tem crescido mais acentuadamente do que a maioria han, passando de 6,1% do total em 1953 para 8,04% em 1990, 8, 41% em 2000 e 9,44% em 2005. Pesquisas recentes indicam que a taxa de crescimento das minorias é cerca de sete vezes a da etnia han.

Línguas[editar | editar código-fonte]

A língua oficial padrão da República Popular da China é o putonghua, cuja pronúncia é baseada no dialeto pequinês do mandarim. Há outros dialetos do mandarim, como o wu (Xangai), o cantonês, o minbei, o taiwanês, o xiang, o gan e o hakka, bem como as línguas das minorias étnicas.

Religião[editar | editar código-fonte]

O governo comunista chinês adota para o país o ateísmo de Estado, desde 1949. Segundo algumas fontes, cerca de 59% da população é não-religiosa. Entretanto, a religião desempenha um papel importante na vida de vários chineses, em especial as crenças tradicionais do confucianismo e do taoísmo. Segundo o censo oficial do governo chinês, em 1997 mais de 8% da população da China continental se declarava budista. O budismo maaiana é o mais praticado, com 100 milhões de adeptos estimados. O budismo teravada e o budismo tibetano também são praticados por minorias étnicas. Os dados oficiais indicam a existência de 18 milhões de muçulmanos (em geral, sunitas), 4 milhões de católicos romanos e 10 milhões de protestantes, embora as estimativas não-oficiais sejam maiores.

População[editar | editar código-fonte]

Tamanho da População[editar | editar código-fonte]

Projeção demográfica
  • 2010: 1 347 000 000
  • 2020: 1 430 000 000
  • 2030: 1 461 000 000
  • 2040: 1 463 144 780
  • 2050: 1 465 224 000
  • Taxa de natalidade: 13,45 nascimentos/1 000 habitantes (2007)
  • Taxa de mortalidade: 7 mortes/1 000 habitantes (2007)
  • 415 000 crianças (abaixo de 16 anos) morreram na China em 2006 (4,3% do total mundial)[2]
  • Total: 22,12 mortes/1 000 nascimentos com vida (2007)
  • Homens: 20,01 mortes/1 000 nascimentos com vida (2007)
  • Mulheres: 24,47 mortes/1 000 nascimentos com vida (2007)
  • Expectativa de vida ao nascer
    • Total: 72,88 anos (2007)
    • Homens: 71,13 anos (2007)
    • Mulheres: 74,82 anos (2007)
  • Taxa de fertilidade: 1,75 (média de nascimento por mulher em idade fértil) (2007)

Densidade demográfica[editar | editar código-fonte]

  • Média nacional: 137 habitantes por km² (2007)
Razão entre população urbana e rural
  • Urbana: 42,3% (2007) - 562 000 000
  • Rural: 57,7% (2007) - 767 000 000
  • Taxa de crescimento demográfico: 0,606% (2007)
Principais cidades

Pirâmide etárias[editar | editar código-fonte]

  • 0-14 anos: 20,4% (homens 143 527 634/mulheres 126 607 344) (2007)
  • 15-64 anos: 71.7% (homens 487 079 770/mulheres 460 596 384) (2007)
  • 65 anos ou mais: 7,9% (homens 49 683 856/mulheres 54 356 900) (2007)
Idade média
  • Total: 33,2 anos (2007)
  • Homens: 32,7 anos (2007)
  • Mulheres: 33,7 anos (2007)

e imagens não tem

Distribuição por gênero[editar | editar código-fonte]

  • Distribuição por gênero: homens 51,53%; mulheres 48,47% (2007)
Razão entre gêneros
  • Ao nascer: 1,11 homem/mulher (2007)
  • Menos de 15 anos: 1,134 homem/mulher (2007)
  • 15-64 anos: 1,057 homem/mulher (2007)
  • 65 anos ou mais: 0.914 homem/mulher (2007)
  • Total: 1.06 homem/mulher (2007)

Referências

Ver Também[editar | editar código-fonte]