Dermaptera

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaDermaptera
Forficula auricularia

Forficula auricularia
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Insecta
Ordem: Dermaptera
Famílias
Ver texto
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Dermaptera

Os dermápteros (Dermaptera) são uma ordem de insetos pterigotos, com cerca de 1800 espécies descritas em todo o mundo. São conhecidos popularmente como tesourinhas ou forfículas. Apesar da distribuição cosmopolita, a maior diversidade da ordem é alcançada nas regiões tropicais e subtropicais. O nome Dermaptera vem do grego: dermapele, ptera - asas, e se refere às asas anteriores que são coriáceas (espessas) e protegem as asas posteriores, que são membranosas (delgadas).

Morfologia[editar | editar código-fonte]

Variam em tamanho de 4 a 80 mm, possuem corpo estreito, alongado, de cor uniforme preta ou marrom-escuro, em algumas espécies com detalhes amarelados ou marrom-claro. O corpo é dividido em três tagmas, como em todos os insetos, cabeça, tórax e abdome. A cabeça porta um par de olhos compostos, não possui ocelos, as antenas são filiformes, com cerca de 10 a 50 segmentos, aparelho bucal mastigador. Algumas espécies são ápteras (sem asas), porém, quando presentes, as asas anteriores são curtas e quitinosas (tégminas ou élitros), e por isso assemelham-se a besouros Staphylinidae; as asas posteriores são membranosas, grandes e de formato semi-circular, e dobram-se em leque e duas vezes transversalmente, como nos besouros, de maneira que ficam quase completamente protegidas pelas asas anteriores. As patas são ambulatoriais. O abdome é bastante flexível e possui, em sua extremidade, um par de cercos, não segmentados, bem desenvolvidos, em forma de pinça ou fórceps (motivo pelo qual são chamados de tesourinhas).

Biologia[editar | editar código-fonte]

Habitat e Microhabitat[editar | editar código-fonte]

Possuem distribuição cosmopolita, concentrando-se principalmente nas regiões tropicais. Com tigmotropismo positivo (procura contato com superfícies), abrigam-se em todo tipo de fendas úmidas: sob casca de árvores, sob ou entre pedras, troncos, ou na serrapilheira. São de hábitos noturnos e raramente possuem atividades diurnas.

Alimentação[editar | editar código-fonte]

Os dermápteros são onívoros e se alimentam de uma grande variedade de matéria de origem animal ou vegetal, porém a maioria da espécies conhecidas são fitófagas ou predadoras. Podem se alimentar de pólen, polpa de frutas em decomposição, também se alimentam de insetos mortos ou vivos, e usam os cercos para segurar o alimento. Podem ainda alimentar-se de fungos e células epiteliais mortas da pele de ratos e alguns grupos se alimentam de secreções na pele de morcegos.

Taxonomia[editar | editar código-fonte]

  • Subordem Archidermaptera (extinta)
    • Protodiplatyidae (extinta)
  • Subordem Forficulina
    • Pygidicranoidea
      • Pygidicranidae
      • Karschiellidae
      • Diplatyidae
    • Anisolabidoidea
      • Anisolabididae
      • Labiduridae
    • Apachyoidea
      • Apachyidae
    • Forficuloidea
  • Subordem Hemimerina
    • Hemimeridae
  • Subordem Arixeniina
    • Arixeniidae

Ligações externas[editar | editar código-fonte]