Dermografismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde novembro de 2012).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Ambox grammar.svg
Esta página ou secção precisa de correção ortográfico-gramatical.
Pode conter incorreções textuais, podendo ainda necessitar de melhoria em termos de vocabulário ou coesão, para atingir um nível de qualidade superior conforme o livro de estilo da Wikipédia. Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para ajudar.
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde novembro de 2012). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Dermografismo
Pele com Dermografismo
Classificação e recursos externos
CID-10 L50.3
CID-9 708.3
OMIM 125635
DiseasesDB 12736
Star of life caution.svg Aviso médico

Urticária dermográfica (também conhecida como dermografismo, dermatografismo ou "skin writing") é um distúrbio na pele verificado em 1,5 a 23,5 por cento da população[1] , no qual a pele torna-se inchada e inflamada quando picada ou arranhada por um objecto rombo[2] . O dermografismo é causado por células mastócito na superfície da pele, que liberam histaminas sem a presença de antígenos, devido à presença de uma fina membrana à volta das células mastócito. As histaminas libertadas causam o inchaço na pele nas áreas afectadas.

Esta fina membrana facilmente e rapidamente se rompe sob pressão física causando uma reacção alérgica, normalmente um edema vermelho que aparece na pele. É também comum ser confundido com uma reacção alérgica ao objecto causando comichão, quando de facto é o acto de coçar que causa o edema. Estes edemas são o início de um conjunto que se forma em minutos, acompanhados por uma sensação de calor, e/ou comichão. O primeiro aparecimento deste conjunto de edemas pode levar a outros em partes do corpo que não foram directamente estimuladas, coçadas ou raspadas. A coloração vermelha e o inchaço permanece por aproximadamente 10 minutos. Muitas vezes isto leva a dificuldades em adormecer, irritabilidade, e desconforto geral.

Pode ser tratado com anti-histamínicos ou cromoglicato, que previnem que a histamina provoque uma reacção. A causa primária do dermografismo é desconhecida, e pode durar muitos anos sem alívio. 95% dos casos crónicos nunca são resolvidos. Às vezes a condição desaparece, outras vezes fica para sempre. A doença não põe a vida da pessoa em risco.

Características[editar | editar código-fonte]

Dermografismo é uma doença da pele que afeta cerca de 5% da população e que se caracteriza pelo aparecimento de coceira intensa em locais de pressão. Após o ato de coçar surgem “lanhos” vermelhos nas pele. É uma forma de urticária, sendo também chamado de urticária factícia ou urticária falsa.A urticária clássica se caracteriza pelo surgimento de placas avermelhadas que se acompanham de coceira na pele, podendo ter causas variadas, como medicamentos, alimentos, certas doenças, entre outras causas . No caso do dermografismo, após pressão sobre um determinado local no corpo, a coceira surge em primeiro lugar e só depois de se coçar é que surgem as placas. Por isso, é comum que se inicie em locais onde a roupa aperta, elásticos, alça do soutien.

O dermografismo faz parte de um grupo de urticárias denominado de Urticárias Físicas, ou seja, desencadeadas por estímulos físicos, como por exemplo: calor, frio, pressão, colinérgica, etc. e constitui a manifestação mais comum deste grupo. É mais comum em mulheres e o fator emocional é uma das principais causas. Entretanto, recomenda-se que outros processos e doenças orgânicas devem ser investigadas, da mesma maneira que na urticária. A palavra dermografismo deriva do grego e significa “escrever na pele”, já que é possível com uma ponta romba que se vejam as letras escritas na pele em função da reação eritematopapulosa que se forma.

Em grande parte das vezes o dermografismo costuma ser brando, passando despercebido. Entretanto, em alguns casos pode assumir formas mais intensas e bastante incômodas.

Apresentação[editar | editar código-fonte]

A palavra "Wikipedia" escrito na pele com dermografismo.

O inchaço normalmente é formado nos 5 minutos seguintes a friccionar a pele e persiste por 15-30 minutos. Um curto período refratário após o desaparecimento do vergão já foi observado. Vergões gigantes podem se desenvolver se ocorrer uma extensão profunda do inchaço.

Também são descritas formas intermediárias e retardadas de dermografismo. Estas se desenvolvem mais lentamente e podem durar de várias horas a dias. Em pacientes com dermografismo sintomático, a erupção cutânea está associada a coceira, que muitas vezes é mais severa à noite. Os sintomas podem ser agravados pelo calor (banho quente), pressões menores (coçar, fricção de roupas ou esfregar com a toalha), exercício, stress, e emoções.

Formas[editar | editar código-fonte]

Coceira e inchaço podem afetar todas as superfícies do corpo, mas o couro cabeludo e a genitália normalmente não estão envolvidos. Todavia, dispareunia (dor durante o ato sexual) e vulvodínia têm sido relatados em pacientes com dermografismo sintomático. Formas mais raras de dermografismo incluem:

Dermografismo Vermelho[editar | editar código-fonte]

Esfregaço repetido induz pequenos inchaços em forma de pontos que são mais proeminentes no tronco do que nos membros. Esta forma é possivelmente associada a Dermatite Seborréica.

Dermografismo Folicular[editar | editar código-fonte]

Ocorrem pápulas urticárias passageiras, discretas, foliculares, em um fundo eritematoso brilhante.

Dermografismo Colinérgico[editar | editar código-fonte]

Uma grande linha eritematosa guarnecida com inchaços em forma de pontos similares à urticária colinérgica (vergões menores que a urticária clássica e rodeados de grandes áreas de eritema macular). Púrpura foi observada em casos severos. Pode estar associada à urticária colinérgica.

Dermografismo Retardado[editar | editar código-fonte]

Aproximadamente 3-8 horas após a resposta dermográfica imediata, um inchaço quente, profundo e macio retorna ao mesmo local e persiste por até 48 horas. Esta forma é resistente à terapia convencional e é fortemente relacionada à urticária por pressão.

Dermografismo Precipitado ao Frio[editar | editar código-fonte]

Somente um caso publicado.

Dermografismo induzido por exercício[editar | editar código-fonte]

Dermografismo familiar[editar | editar código-fonte]

Somente um caso publicado. Provavelmente herdado como um traço dominante autossômico.

Causas[editar | editar código-fonte]

O Dermografismo sintomático congênito foi descrito como o primeiro sinal de mastocitose sistêmica. Normalmente é idiopático. Pode ter uma base imunológica em alguns pacientes. Transferência passiva da resposta dermográfica com imunoglobina E - ou imunoglobina M - contendo soro foi observada mas não foi identificado nenhum alergênio.

Pode ser ativado por drogas (por exemplo, penicilina), uma mordida de inseto, infecção de Helicobacter pylori ou uma infestação (p.e. sarna, fascíola). Um estudo informou que fatores psíquicos e uma história de eventos de vida estressantes parecem fazer um papel de activação em 30% dos pacientes. Aproximadamente 75% dos pacientes de Síndrome hipereosinofílica, que tem envolvimento de vários sistemas e mortalidade alta, possuem dermografismo. [3]

Tratamento[editar | editar código-fonte]

Star of life caution.svg
Advertência: A Wikipédia não é consultório médico nem farmácia.
Se necessita de ajuda, consulte um profissional de saúde.
As informações aqui contidas não têm caráter de aconselhamento.

Para confirmar, basta fazer um pequeno teste: risque a pele utilizando um clips de papel. Nos casos positivos, um vergão surge em minutos no local. Procure um médico alergista para confirmar o diagnóstico e orientar seu tratamento.

O tratamento é feito com medicamentos anti-histamínicos (anti-alérgicos) para controle da coceira, impedindo o aparecimento dos vergões na pele.

Referências

  1. Jedele KB, Michels VV. "Familial dermographism." American Journal of Medical Genetics 1991;39:201–3.
  2. Kontoi-Fili K., Borici-Mazi R., Kapp A., et al. "Physical urticaria: classification and diagnostic guidelines." An EACCI position paper. Allergy 1997;52:504–13.
  3. Taskapan, 2006
Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]