Rinofima

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Velho com seu neto, de Domenico Ghirlandaio

Rinofima é o termo que descreve uma afecção do nariz que se caracteriza por um aspecto inchado, bulboso e grosseiro, causado por uma infiltração granulomatosa originada pela progressão da acne rosácea (doença) .[1]

Atribui-se equivocadamente ao alcoolismo a sua causa, embora não haja dúvida de que contribua com seu agravamento. Seu nome é calcado a partir dos termos gregos rhis ('nariz') e phyma ('crescimento'). O diagnóstico do rinofima dispensa exames laboratoriais, mas frequentemente recorre-se a biópsias.

O rinofima progride de forma lenta devido à hipertrofia das glândulas sebáceas da extremidade do nariz que costuma ocorrer nos casos de acne rosácea não-tratados; não é porém uma neoplasia. Apresenta-se como uma massa rosada lobulada sobre o nariz, com dilatação vascular superficial, e ocorre mais frequentemente em homens após a meia-idade. Os pacientes costumam procurar conselho médico devido à aparência repulsiva, ou à obstrução das vias respiratórias ou da visão. O tratamento consiste na excisão do tecido com bisturi ou com laser de dióxido de carbono para recuperação do epitélio. Em casos mais graves o tecido é completamente removido e a região é submetida a um implante de pele.[2]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Cohen AF, Tiemstra JD. (2002). "Diagnosis and treatment of rosacea". J Am Board Fam Pract 15 (3): 214–7. PMID 12038728.
  2. Dingra PL. Diseases of Ear, Nose and Throat. 4th. ed. [S.l.: s.n.].

Ligações externas[editar | editar código-fonte]