Doom 3

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Doom 3
Publicadora(s) Activision
Distribuidora Activision
Produtor id Software
Designer Tim Willits
Escritor(es) Matthew J. Costello
Motor id Tech 4
Plataforma(s) PC, Mac, Linux, Xbox
Série Doom
Data(s) de lançamento
Gênero(s) Tiro em primeira pessoa, Survival horror
Modos de jogo Um jogador, Multijogador
Número de jogadores 1 (PC)/2(Xbox) (modo normal)
Classificação Inadequado para menores de 18 anos i DEJUS (Brasil)
Inadequado para menores de 17 anos i ESRB (América do Norte)
R 18.svg i OFLCA (Austrália)
Inadequado para menores de 18 anos i PEGI (Europa)
Mídia PC: CD (3); Mac: DVD (1)
Controles Teclado, mouse
Idioma Inglês
Hardware
Sistema Microsoft Windows, Linux
Versão 1.3.1 (2 Fevereiro, 2007)
Último
Último
Doom II
Doom 3: Resurrection of Evil
Próximo
Próximo

Doom 3 é um jogo de computador do tipo tiro em primeira pessoa, mais tarde convertido para Xbox. Produzido pela id Software e distribuído pela Activision, é praticamente um remake de Doom.

Fora inicialmente lançado para Windows e Linux em 2004, recebendo versão para Mac OS e ao console da Microsoft em 2005. Uma expansão, Doom 3: Resurrection of Evil, também foi lançada.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Em 2000, John Carmack pôs um plano anunciando um remake de Doom com nova tecnologia. Isso mostrou uma controvérsia circulando na id.

Kevin Cloud e Adrian Carmack, dois dos donos da id Software, tinham forte oposição a um remake de Doom. Acharam que a id estaria voltando para velhas formas novamente. Mas a boa recepção de Return to Castle Wolfenstein e as tecnologias melhores fizeram a maioria dos empregados concordarem com o remake. E deram um ultimato à Kevin e Adrian: "Deixe-nos refazer Doom ou demita-nos" (incluindo John Carmack). Depois de confrontos amigáveis(embora o artista Paul Steed tenha sido demitido em retaliação) o acordo para Doom 3 foi feito.

O jogo demorou 4 anos para ser produzido. Em 2001 foi revelado na MacWorld em Tokyo e mais tarde demonstrado na E3 em 2002, quando um vídeo de 15 minutos fora mostrado. Ganhou 5 prêmios na E3 naquele ano. Logo depois, uma versão de desenvolvimento vazou da ATI Technologies e se espalhou na internet. O jogo também fora mostrado na E3 em 2003 e 2004, mas o site da id Software só começou a incluir Doom 3 em 2003. De acordo com John Carmack, o desenvolvimento demorou mais que o esperado. O jogo iria chegar junto com outros dois atiradores esperados, Halo 2 e Half-Life 2, no Natal de 2003. Mas nenhum dos 3 conseguiu ser lançado.

Doom 3 acabou sua produção em 14 de Julho de 2004. Em 3 de Agosto fora lançado nos EUA, e 10 dias depois no resto do mundo(exceto na Rússia e ex-URSS, onde a localização demorou demais e só foi lançado em Dezembro). Dois dias antes do lançamento oficial, piratas conseguiram uma cópia de Doom 3 que rapidamente se espalhou na Web (embora um serial fosse necessário para multiplayer).

História[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

A trama é similar à do Doom original, sobre um fuzileiro espacial mandado para uma missão de rotina em Marte. Mas ao contrário do original, em que a história era algo secundário, desta vez a id Software empregou um escritor de ficção científica, Matthew Castello, para escrever o script e ajudar com os storyboards. Os eventos e atmosfera tem como grande influência filmes como Madrugada dos Mortos de George Romero e Alien, de Ridley Scott.

Uma novidade nos jogos da id fora introduzida: cenas de animação que dão propósito e contexto às ações do jogador. E assemelhando-se a jogos como System Shock e Aliens versus Predator 2, várias mensagens de texto, voz e vídeo estão espalhados pela base em que se passa o jogo, para mostrar a história e preocupação da população sobre a base em Marte.

A história de Doom 3 começa com a descoberta de ruínas subterrâneas no solo marciano. Sinais mostram que, eras atrás, os marcianos desenvolveram uma tecnologia de teletransporte. No entanto, foi descoberto tarde demais que o teletransporte passava pelo Inferno. Invadida pelos demônios, os alienígenas criaram uma arma, o Soul Cube, abastecida pelas almas de quase todos os marcianos, e usada para derrotar e conter os demônios no Inferno.

E assim, os sobreviventes deixaram relatos para alertar a visitantes que não recriassem a tecnologia e abrissem o portal para o inferno, teleportando-se para local desconhecido em seguida.

A Union Aerospace Corporation (UAC), descobrindo o Soul Cube, resolve usá-lo para criar o mesmo teletransporte. Descobrindo que abriram um portal para o Inferno, cientistas liderados por Malcolm Betruger resolvem explorar mais a fundo. Por causa dos experimentos, fenômenos bizarros e acidentes de trabalho começam a ocorrer em Marte, levando fuzileiros a serem chamados.

Betruger leva o Soul Cube para o Inferno e, aparentemente tendo passado por uma lavagem cerebral, faz um acordo com as criaturas lá. Os demônios então atacam a colônia de Marte, matando ou zumbificando a maior parte da população. Os fuzileiros foram rapidamente exterminados pelos demônios e zumbis, com a exceção de um soldado - o controlado pelo jogador.

Durante o jogo, uma mensagem é enviada a terra em busca de reforços. O fuzileiro sobrevivente (você) descobre então que Betruger pretende trazer forças do inferno, usar as naves dos reforços terrestres para levar os demônios à Terra e conquistá-la.

O fuzileiro insiste na luta contra os demônios e Betruger manda-o para o Inferno no intuito de destruí-lo. Já no Inferno, o soldado enfrenta o Guardião - um enorme demônio sem olhos que precisa da ajuda de pequenas criaturas (Seekers) para ajudar perseguir o jogador. Derrotando o Guardião, o Soul Cube é libertado, e o jogador volta a base com ele sob sua posse.

As ações do jogador tem como objetivo parar a invasão. Betruger encontra outra maneira de viajar até o Inferno: ele abre um portão demoníaco nas ruínas, no subsolo das instalações marcianas. Esse é o caminho que o jogador deve seguir para deter os demônios. No final, o fuzileiro terá que usar o Soul Cube para derrotar o mais poderoso guerreiro demônio, o Cyberdemon, e fechar o portal usando os poderes do Cubo.

Chegam então os reforços. O fuzileiro é encontrado vivo, mas Betruger não é encontrado.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Assim como nos outros Doom, o jogo é baseado em passar pelos labirintos cheios de monstros, procurando a entrada para o próximo nível. Mas ao contrário dos anteriores, há também personagens amigos, e a inteligência artificial dos inimigos é mais sofisticada.

Há diversos itens, como armaduras, kits de primeiros socorros (para curar), Berserk (invencibilidade), invisibilidade (só no multiplayer), mochilas (carrega mais itens), chaves para portas trancadas e tanques de oxigênio para aguentar a atmosfera marciana (fora da colônia). O personagem carrega um PDA que recebe e-mails, lê discos de vídeo com informações e abre portas.

Há 12 armas em Doom 3: os próprios punhos, lanterna (que além de iluminar pode ser usada para bater), pistola básica, espingarda, 2 metralhadoras (uma delas é a clássica minigun), granada, rifle de plasma, lançador de foguetes, motoserra, Soul Cube (arma importante que se consegue no fim do jogo) e BFG 9000, uma arma fícticia e tradicional da série (BFG é um acrônimo de Big Fucking Gun, porém os jogadores brasileiros a chamam de Bola de Fogo Gigante, no filme aparece como Bio Force Gun version 3.14, mas o personagem Sarge a chama pelo nome original, em tom de brincadeira).

Inteligência Artificial[editar | editar código-fonte]

O jogo não mostra muita inovação nessa área, onde a maioria dos inimigos responde às suas ações de forma mecânica e previsível. Os soldados zumbis são os únicos que agem um pouco mais "inteligentemente", e tentam se esconder em cantos ou obstáculos no meio do caminho, enquanto abrem fogo contra você. Outros pulam de lado, tentando desviar. Mas se resume à isso, enquanto o restante apenas corre em sua direção, independentemente se estão ou não sendo feridos. O jogo inovou mais pela parte gráfica e em menor parte pela física, do que pela inteligência artificial.

Fases[editar | editar código-fonte]

  1. Mars City
  2. Mars City Underground: Union Aerospace Subsystems
  3. Mars City: Union Aerospace Corporate Division
  4. Administration: Union Aerospace Corporate Division
  5. Alpha Labs - Sector 1: Union Aerospace Science Division
  6. Alpha Labs - Sector 2: Union Aerospace Science Division
  7. Alpha Labs - Sector 3: Union Aerospace Science Division
  8. Alpha Labs - Sector 4: Union Aerospace Science Division
  9. Enpro Plant: Energy Processing and Storage
  10. Communications Transfer: Maintenance and Transfer Station
  11. Communications: Central Communications Tower
  12. Monorail Skybridge: Facility Transport
  13. Recycling - Sector 2: Waste Recycling Center
  14. Monorail: Facility Transport
  15. Delta Labs - Level 1: Union Aerospace Research Division
  16. Delta Labs - Level 2a: Union Aerospace Research Division
  17. Delta Labs - Level 2b: Union Aerospace Research Division
  18. Delta Labs - Level 3: Union Aerospace Research Division
  19. Delta Labs - Level 4: Union Aerospace Research Division
  20. Hell
  21. Delta Complex: Union Aerospace Research Division
  22. Central Processing: Processing Distribution Center
  23. Central Processing: Primary Server Bank
  24. Site 3: Analysis Facility
  25. Caverns - Area 1: Excavation Transfer
  26. Caverns - Area 2: Artifact Excavation
  27. Primary Excavation: Artifact Dig

Resurrection of Evil[editar | editar código-fonte]

No dia 3 de abril de 2005, a id Software liberou uma expansão do Doom 3 para o Windows, intitulada Resurrection of Evil. Foi desenvolvida pela Nerve Software, uma empresa que tem parceria com a id em vários outros projetos, incluindo Return to Castle Wolfenstein e a conversão de Doom para Xbox. Publicada mais uma vez pela Activision, uma versão para Linux foi lançada em 24 de Maio de 2005, e uma versão para Xbox em 5 de Outubro de 2005.

A expansão caracteriza-se por apresentar doze novas fases single player, que se passam um ano depois do enredo original. A jogabilidade multiplayer foi melhorada, oficialmente aumentando o limite de jogadores para oito e adicionando novos modos de jogo, tais como capture the flag.

Também foram adicionados novos inimigos (o mais notável foi o retorno das lost souls em forma de caveira do Doom clássico) e três novas armas: o Grabber, muito semelhante à Gravity Gun do Half-Life 2; uma espingarda de dois canos, semelhante à do Doom II; e, finalmente, um artefato chamado Hellstone,que se assemelha a um coração humano com algumas partes mecânicas, com poderes especiais.

A história é simples, após se passar um ano do massacre em marte a UAC resolve reconstruir o laboratório e descobre um poderoso amuleto nas escavações (o Hellstone), ao pegar o amuleto o portal é reaberto e todos são mortos, como sempre o fuzileiro controlado pelo jogador é o único sobrevivente. Agora sua missão é derrotar Maledict o chefe dos demônios e fechar de uma vez por todas os portais para o inferno.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]