Eleição presidencial nos Estados Unidos em 1840

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eleição presidencial dos Estados Unidos em 1840
 

1836 ← Flag of the United States.svg → 1844


30 de outubro - 2 de dezembro de 1840
William Henry Harrison.jpg MartinVanBuren.png
Candidato William Henry Harrison Martin Van Buren
Partido Whig Democrata
Natural de Virgínia Illinois
Companheiro de chapa John Tyler Richard Mentor Johnson
Colégio eleitoral 234 60
Vencedor em 19 estados 7 estados
Votos 1.275.390 1.128.854
Porcentagem 52,88% 46,81%
ElectoralCollege1840-Large.png

Seal of the President of the United States.svg
Presidente dos Estados Unidos

A eleição presidencial dos Estados Unidos de 1840 foi a décima-quarta no país. Nesta consulta assistiu-se à luta de Martin Van Buren pela sua reeleição numa situação de depressão económica, e um partido Whig unificado pela primeira vez pelo herói de guerra William Henry Harrison. Sob o lema "Tippecanoe and Tyler, too", os whigs derrotaram facilmente Van Buren.

Estas eleições foram as únicas onde os eleitores votavam em quatro homens que exerceram antes ou depois o cargo de presidentes dos Estados Unidos: o presidente em exercício, Martin Van Buren; o presidente eleito, William Henry Harrison; o vice-presidente eleito, John Tyler, que sucederia a Harrison quando este faleceu; e James K. Polk, que recebeu um voto eleitoral na sua luta pela vice-presidência.

Processo eleitoral[editar | editar código-fonte]

A partir de 1832, os candidatos para presidente e vice começaram a ser escolhidos através das Convenções. Os delegados partidários, escolhidos por cada estado para representá-los, escolhem quem será lançado candidato pelo partido. Os eleitores gerais elegem outros "eleitores" que formam o Colégio Eleitoral. A quantidade de "eleitores" por estado varia de acordo com a quantidade populacional do estado. Em quase todos os estados, o vencedor do voto popular leva todos os votos do Colégio Eleitoral.[1]

Convenções[editar | editar código-fonte]

Convenção Nacional do Partido Anti-Maçônico de 1838[editar | editar código-fonte]

Durante o período de Van Buren na presidência, o Partido Anti-Maçônico continuou a desintegrar-se com seus líderes mudando-se um por um para o Partido Whig. Os líderes do Anti-Maçônico convocaram uma conferência em Washington DC, em 1837, onde eles concordaram em manter o partido.[2]

Quando a terceira convenção nacional foi realizada em 1838, os jornais defenderam uma candidatura de Harrison. Naquela época, os líderes do Whig eram em sua maioria dividida entre Henry Clay e Daniel Webster como o candidato Whig de 1840. Muitos Whigs apoiaram Harrison e viu-se na convenção Anti-Maçônica como uma forma de introduzir o seu nome de volta na disputa. [3] [2]

Na Convenção do Partido Whig escolhem William Henry Harrison como candidato. O Partido Anti-Maçônico não lança outro candidato e acaba desaparecendo.

Convenção Nacional do Partido Liberdade de 1840[editar | editar código-fonte]

Em 15 de novembro de 1839, o Partido Independência Anti-Escravidão nomeou James G. Birney para presidente e J. Francis LeMoyne para vice-presidente em Varsóvia (Nova Iorque). Os dois recusaram a candidatura, Birney estava disposto a correr, mas queria uma organização por trás dele. LeMoyne tinha medo de que uma corrida à vice-presidência poderia prejudicar os projetos anti-escravidão que ele estava envolvido.[4]

A primeira Convenção Nacional do Partido Liberdade foi realizada em Albany (Nova Iorque), nos dias 1 e 2 de abril de 1840. Havia 121 delegados presentes a partir de seis estados. A convenção nomeou o ex-proprietário de escravos James G. Birney para o presidente e o advogado Thomas Earle vice-presidente.[5]

Convenção Nacional do Partido Whig de 1839[editar | editar código-fonte]

Caricatura sobre as consequências do pânico de 1837.

Os Whigs realizaram a convenção em Harrisburg (Pensilvânia) entre 4 e 7 de dezembro de 1839, quase um ano antes da eleição. Os três principais candidatos foram William Henry Harrison, Winfield Scott e Henry Clay.[6]

Convenção Nacional do Partido Democrata de 1840[editar | editar código-fonte]

A terceira Convenção Nacional Democrata foi realizada em Baltimore (Maryland) entre 5 e 7 de maio de 1840. O presidente Martin Van Buren foi lançado para reeleição.[7]

Campanha[editar | editar código-fonte]

Tippecanoe and Tyler too, música da campanha de Harrison. Veja a letra no Wikisource.

Como consequência do pânico de 1837 (crise financeira), Van Buren era agora impopular, e Harrison, depois da estratégia de Andrew Jackson, agiu como herói de guerra e homem próximo do povo enquanto apresentava Van Buren como um snob rico que vivia rodeado de luxos a expensas dos cofres públicos. Harrison, assim, venceu as eleições. Embora a margem do voto popular tenha sido apenas de 6 pontos, a vitória eleitoral de Harrison foi contundente, tanto no norte, como no oeste e no sul.

Resultados[editar | editar código-fonte]

Candidato presidencial Partido Estado de origem Voto popular(a) Colégio Eleitoral Running mate
Votos  % Votos  % Candidato vice-presidencial Estado de origem Colégio Eleitoral
William Henry Harrison Partido Whig Virgínia 1,275,390 52,88% 234 79,6% John Tyler Virgínia 234
Martin Van Buren Partido Democrata Nova Iorque 1,128,854 46,81% 60 20,4% Richard Mentor Johnson Kentucky 48
Littleton Waller Tazewell Virgínia 11
James K. Polk Carolina do Norte 1
James G. Birney Partido Liberdade Kentucky 6,797 0,28% 0 0% Thomas Earle Massachusetts 0
Outros 767 0,03% 0 0% Outros 0
Total 2,411,808 100% 294 100% 294
Votos minímos do Colégio Eleitoral de que se precisa para vencer 148 148

Fonte [8] - Voto popular:[9] Colégio Eleitoral: [10]

(a) Os valores do voto popular excluem Carolina do Sul, onde os eleitores foram escolhidos pela Assembléia Legislativa e não pelo voto popular.

Seleção dos "eleitores" do Colégio Eleitoral[editar | editar código-fonte]

Método de escolha dos "eleitores" do Colégio Eleitoral Estado (s)
Cada "eleitor" é nomeado pelo legislativo estadual. Carolina do Sul.
Cada "eleitor" é escolhido pelos eleitores em todo o estado. Todos os outros Estados.

Referências

  1. Eliene Percília. Como é eleito o presidente nos Estados Unidos Brasil Escola. Visitado em 19/07/2011.
  2. a b c Our Campaigns - U. S. President - AM Convention Race - Nov 13, 1838. Acessado em 20/07/2011.
  3. Vermont Watchman, 1838/07/23
  4. Our Campaigns - U.S. President - Independent Anti-Slavery Convention Race - Nov 13, 1839. Acessado em 20/07/2011.
  5. Our Campaigns - U.S. President - Liberty Convention Race - Apr 01, 1839. Acessado em 20/07/2011.
  6. Our Campaigns - U.S. President - Liberty Convention Race - Dec 04, 1839. Acessado em 20/07/2011.
  7. Our Campaigns - U.S. President - D Convention Race - May 05, 1840. Acessado em 20/07/2011.
  8. Schlesinger, Arthur M., Jr. (ed.). History of American Presidential Elections: 1789–1968 (em inglês). 1. ed. [S.l.]: Chelsea House Publications, 1971. 4450 pp. 4 vols. ISBN 0791057135.
  9. Leip, David. 1840 Election Results. Acessado em 20/07/2011.
  10. U. S. Electoral College.(1789-1996) Acessado em 20/07/2011.
Ícone de esboço Este artigo sobre Eleições nos Estados Unidos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.