Eleição presidencial nos Estados Unidos em 2012

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eleição presidencial dos Estados Unidos em 2012
 

2008 ← Flag of the United States.svg → 2016


6 de novembro de 2012
Obama portrait crop.jpg Mitt Romney by Gage Skidmore 3.jpg
Candidato Barack Obama Mitt Romney
Partido Democrata Republicano
Natural de Illinois Massachusetts
Companheiro de chapa Joe Biden Paul Ryan
Colégio eleitoral 332[1] 206[1]
Vencedor em 26+DC[1] 24[1]
Votos 65.917.257[1] 60.932.235[1]
Porcentagem 51,01%[1] 47,16%[1]
ElectoralCollege2012.svg
Resultado da eleição presidencial por estado. Em azul são estados/distritos vencidos por Obama, e vermelho são os estado onde Romney venceu. Os números indicam os votos eleitorais dados aos vencedores de cada estado.

Seal of the President of the United States.svg
Presidente dos Estados Unidos


A eleição presidencial de 2012 nos Estados Unidos foi realizada em uma terça-feira, 6 de novembro de 2012. Foi a 57ª eleição presidencial do país, que oficialmente elege o presidente e o vice-presidente dos Estados Unidos em 17 de dezembro. O presidente Barack Obama concorreu para um segundo e último mandato.[2] Seu principal concorrente foi o ex-governador de Massachusetts, o republicano Mitt Romney.[3] Dois outros candidatos obtiveram votação suficiente para estar presente na cédula de votação: o ex-governador do Novo México Gary Johnson, candidato pelo Partido Libertário; [4] e Jill Stein, a candidata do Partido Verde.[5] Os candidatos Virgil Goode (Partido da Constituição) e Rocky Anderson (Partido da Justiça) estarão presentes na cédula de votação e também como candidatos write-in[nota 1] em estados que possuem o suficiente para alcançar os 270 votos do colégio eleitoral para vencer a eleição.[6]

Conforme especificado na Constituição, a eleição presidencial de 2012 coincidiu com as eleições para o Senado dos Estados Unidos, onde um terço dos senadores puderam ser candidatos à reeleição (33 assentos de um total de 100 senadores, pertencendo a Classe I), e as eleições para Câmara dos Representantes (o que ocorre a cada dois anos) e elegeu os membros para o 113º Congresso. Onze eleições para governadores e muitas outras eleições para os legislativos estaduais também foram realizados ao mesmo tempo.

Mudanças no colégio eleitoral[editar | editar código-fonte]

A população dos Estados Unidos está mudando continuamente, e alguns estados crescem mais rápidos que outros. Com o censo de 2010, uma nova formulação no número de congressistas em cada estado foi feita, movendo alguns distritos que crescem devagar para os que crescem rápido. Como resultado, a maior parte dos estados teve um número diferente de votos no colégio eleitoral em 2004 e em 2008.

O Censo de 2010 mudou o Colégio Eleitoral, repartindo novamente os votos para as eleições presidenciais de 2012, 2016 e 2020 nos seguintes estados:[7] [8]

Mudanças no número de votos em cada estado de acordo os censos de 2000 e 2010:estados em azul ganharam votos, devido à realocação baseada com o censo mais recente. Estados em marrom perderam votos.

Oito estados (Arizona, Flórida, Geórgia, Nevada, Carolina do Sul, Texas, Utah e Washington) ganharam votos, devido à redistribuição com base no Censo de 2010. Similarmente dez estados (Illinois, Iowa, Louisiana, Massachusetts, Michigan, Missouri, Nova Jersey, Nova Iorque, Ohio e Pensilvânia) perderam votos.

No clima político de 2011, a perde líquida do Partido Democrata no colégio eleitoral nos estados ganhos por Al Gore (2000), John Kerry (2004) e Barack Obama (2008) somava seis votos eleitorais, tornando o partido com um total nacional de 242 votos em estados seguros. Por outro lado, o Partido Republicano vai conseguir um ganho líquido de seis votos eleitorais em estados vencidos por George W. Bush e John McCain nas últimas três eleições presidenciais, tornando o Partido Republicano com total nacional de 180 votos. Os votos atribuídos aos demais estados (ou seja, aqueles em que a maioria votou em dois candidatos democratas e republicanos durante as últimas três eleições presidenciais) permanecem inalteradas em relação as outras eleições, somando um total nacional de 115 votos.

Em 2011, vários estados aprovaram leis novas que foram atacadas pelo Partido Democrata como tentativas de melhorar as perspectivas presidenciais do Partido Republicano. As medidas foram tomadas na Flórida, Geórgia, Ohio,[9] Tennessee e Virgínia Ocidental para reduzir o período da votação antecipada. Flórida e Iowa barraram o direito de votar de todos os criminosos. Kansas, Carolina do Sul,[10] Tennessee, Texas[11] e Wisconsin[12] passaram a exigir que os eleitores se identificam com identificações emitidas pelo governo antes que pudessem votar. Obama, a NAACP, e o Partido Democrata lutaram contra muitas das novas leis estaduais,[13] e o ex-presidente Bill Clinton denunciou as leis, dizendo: "Nunca houve na minha vida, desde que se removeu o imposto de votação e todos os impostos de Jim Crow na votação, um esforço para limitar a votação que vemos hoje".[14] Ele disse que os movimentos que efetivamente privavam bloqueios eleitorais fundamentais nas votações eleitorais eram de tendência liberal, estudantes universitários, negros e latinos.[15] [16] A revista Rolling Stone criticou o Conselho Legislativo American Exchange por fazer lobby nos estados para aprovar essas leis.[13] A campanha de Obama lutou contra a lei de Ohio, levando o assunto para um referendo estadual para revogá-la a tempo para a eleição de 2012.[17]

Um novo plano foi proposto na Pensilvânia, que iria mudar a sua representação no colégio eleitoral, passando da atual forma onde o ganhador leva todos os votos eleitorais do estado para o modelo de votação de distrito por distrito.[18] O governo e o congresso tem controlado as propostas dos republicanos, as propostas foram vistas por alguns como uma afronta aos esforços de Obama à reeleição.[19] [20] [21]

Nomeações[editar | editar código-fonte]

Partido Democrata[editar | editar código-fonte]

Primárias[editar | editar código-fonte]

Com um presidente que tenta a reeleição contra a oposição forte, a eleição para a nomeação democrata foi em grande parte sem intercorrências. O processo de indicação consistiu em primárias e caucuses, realizadas em 50 estados, bem como no Guam, Porto Rico, Washington, D.C., Ilhas Virgens Americanas, Samoa Americana e Ilhas Marianas do Norte. Além disso, os membros do alto escalão do partido conhecidos como superdelegados tiveram direito ao voto na convenção. Alguns dos principais adversários superaram o total de votos do presidente em alguns territórios, embora nenhum deles teve um impacto significativo na contagem de delegados. Concorrendo sem oposição em toda a parte, o presidente Obama consolidou seu status como o candidato democrata em 3 de abril de 2012 ao garantir o número mínimo de delegados comprometidos necessários para ganhar a nomeação do partido.[22] [23]

Candidatos[editar | editar código-fonte]

Partido Republicano[editar | editar código-fonte]

O processo de indicação consistiu em primárias e caucuses, realizadas em 50 estados, além do Guam, Porto Rico, Washington, D.C., Ilhas Virgens Americanas, Samoa Americana e Ilhas Marianas do Norte. O vencedor de cada uma dessas eleições primárias recebeu um número de delegados proporcional à percentagem de votos populares recebidos, o vencedor ganha todos os delegados ou em alguns estados os dois primeiros colocados ganham delegados. Além disso, os membros do RNC, conhecidos como superdelegados, possuem direito ao voto na convenção do partido.

Primárias[editar | editar código-fonte]

Os candidatos consideravelmente conhecidos que entraram na eleição para nomeação presidencial republicana nas estapas iniciais da campanha primária foram: o representante e ex-libertário Ron Paul; o ex-governador Tim Pawlenty, que co-presidiu a campanha de John McCain em 2008; o ex-governador Mitt Romney, que ficou na segunda colocação nas primárias de 2008; e o ex-presidente da Câmara Newt Gingrich.

Os principais candidatos nas primárias do Partido Republicano
Romney venceu as primárias com mais de 10 milhões de votos.
Romney venceu as primárias com mais de 10 milhões de votos.
Santorum teve mais de 3 milhões de votos. Teve 234 delegados.
Santorum teve mais de 3 milhões de votos. Teve 234 delegados.
Gingrich ficou em terceiro, com 2.7 milhões de votos.
Gingrich ficou em terceiro, com 2.7 milhões de votos.
O representante Ron Paul teve 10% dos votos.
O representante Ron Paul teve 10% dos votos.

O primeiro debate ocorreu em 5 de maio de 2011, em Greenville, na Carolina do Sul, contando com a participação do empresário Herman Cain, do ex-governador do Novo México Gary Johnson, Ron Paul, Timoty Pawlenty, e o ex-senador pela Pensilvânia Rick Santorum. Houve um outro debate um mês depois, com Gingrich, Romney, o ex-governador de Utah Jon Huntsman e representante Michele Bachmann. Um total de 13 debates foram realizados antes do caucus de Iowa.

O primeiro grande evento da campanha foi a Ames Straw Poll, que foi realizada em Iowa em 13 de agosto de 2011. Pawlenty retirou-se da eleição depois de ter um desempenho mal nessa pesquisa (obteve 13,6% das intenções de votos),[24] o representante Thaddeus McCotter fez o mesmo.[25] Bachmann won the straw poll, and this proved to be the acme of her campaign.[26]

Um segmento do eleitorado conservador acharam Romney demasiadamente liberal ou moderado, e um número de potenciais candidatos "anti-Romney" foram apresentados,[27] [28] entre eles Donald Trump,[29] Sarah Palin,[30] e o governador do Texas Rick Perry.[31] Rick Perry após análises, decidiu se candidatar. Ele se saiu mal em debates posteriores, e Caim e Gingrich ficaram a frente de Perry.[32] [33]

Devido a uma série de escândalos, Caim se retirou pouco antes do final do ano, depois de conseguir a presença cédula de votação em vários estados.[34] Johnson que tinha participado de apenas um debate, retirou-se a fim de buscar a indicação do Partido Republicano.[35]

Pela primeira vez na história moderna do GOP, três candidatos diferentes ganharam as três primeiras primárias.[36] Embora Romney foi considerado o vencedor de Iowa e New Hampshire, Santorum foi declarado o vencedor (por 34 votos) em Iowa algumas semanas após as convenções partidárias.[37] Gingrich ganhou na Carolina do Sul por uma margem surpreendentemente grande.[38]

Alguns candidatos desistiram depois dessas primárias. Bachmann, que que acabou na quinta colocação em Iowa, retirou-se após as convenções partidárias.[39] Huntsman desistiu da candidatura após ficar em terceiro em Nova Hampshire, e Perry desistiu quando as pesquisas mostraram o desempenho baixo na Carolina do Sul.[40]

Santorum, que havia feito uma forte campanha em Iowa, após a vitória no estado fez sua campanha nacional crescer e ganhou em mais três estados em 7 de fevereiro.[39] Romney venceu todas as primárias após a da Carolina do Sul, incluindo a Flórida, visto na época como uma grande vitória sobre Gingrich.[41] [42] [43]

Mitt Romney e Paul Ryan serão os candidatos do partido Republicano na eleição geral.

As primárias da Super Terça aconteceram em 6 de março. Com dez estados votantes e 391 delegados em jogo, chegando a metade dos 707 delegados que estavam em jogo na Super terça de 2008. Romney venceu em seis estados (Alasca, Idaho, Massachusetts, Ohio, Vermont e Virgínia) e Santorum em três estados (Dakota do Norte, Oklahoma e Tennessee), enquanto Gingrich venceu apenas em seu estado natal, a Gegórgia.[44] Durante todo o resto de março, 266 delegados foram distribuídos em 12 primárias, incluindo todas as primárias territoriais. Santorum ganhou no Kansas e três primárias do Sul,[45] [45] mas foi incapaz de fazer obter diferença de votos a nível nacional em relação à Romney, que permaneceu o favorito depois de garantir mais da metade dos delegados de março.

Em 10 de abril, Santorum suspendeu sua campanha,[46] [47] [48] deixando Mitt Romney como o favorito para a indicação presidencial. Gingrich começou a afirmar que ele era o último candidato conservador e ainda fez campanha ativamente para a nomeação.[49] Gingrich desistiu da candidatura em 1 de maio,[50] [51] [52] depois de anúncio feito em 25 de abril sobre a desistência de Gingrich.[53] No mesmo dia que o porta-voz de Gingrich anunciou sua desistência, o Comitê Nacional Republicano (RNC) declarou que Romney seria o provável candidato do partido.[54] Paul permaneceu oficialmente na eleição, mas parou de fazer campanha em 14 de maio. Em 29 de maio, Romney venceu as primárias republicanas no Texas, os 155 delegados do estados foram suficiente para ele conquistar a nomeação do partido.[3]

Romney escolheu o candidato à vice-presidência em 11 de agosto. Romney escolheu o representante do Wisconsin Paul Ryan.[55] [56] [57] Eu uma pesquisa realizada entre os dias 11 e 13 de agosto com 508 eleitores, foi perguntado em qual candidato à vice presidência acha mais preparado para assumir como presidente caso fosse necessário, 44% dos pesquisados acreditam que Biden é mais capaz, já 29% optaram por Ryan.[58]

Em 28 de agosto de 2012, os delegados da Convenção Nacional Republicana nomearam oficialmente Romney como candidato presidencial do partido.[59] Romney aceitou formalmente a nomeação do partido em 30 de agosto de 2012.[60] [61]

Candidatos[editar | editar código-fonte]

Outros partidos[editar | editar código-fonte]

Gary Johnson
Jill Stein
Virgil Goode
Rocky Anderson

Outros partidos também nomearam candidatos que possuem presença na cédula de votação de pelo menos 270 votos no colégio eleitoral, que é o número mínimo necessário para ser eleito presidente dos Estados Unidos. O Partido da Justiça não tem chances de eleger o candidato nomeado para a presidência, uma vez que pode ter no máximo 152 votos no colégio eleitoral.

Partido Libertário[editar | editar código-fonte]

  • Gary Johnson, ex-governador do Novo México;[4] candidato à vice-presidente: James P. Gray, juiz aposentado da Califórnia[89]
Presente na cédula de votação: Johnson está em todas as cédulas de votação do país, exceto no Michigan e Oklahoma, onde sua presença na cédula votação foi contestado (515 votos potenciais no colégio eleitoral).[90]

Partido Verde[editar | editar código-fonte]

  • Jill Stein, médica de Massachusetts;[5] [91] candidato à vice-presidente: Cheri Honkala, organizador social da Pensilvânia.[92]
Presente na cédula de votação: Alabama, Alaska, Arizona, Arkansas, Califórnia, Carolina do Sul, Colorado, Dakota do Norte, Delaware, Flórida, Havaí, Idaho, Illinois, Iowa, Kentucky, Louisiana, Maine, Maryland, Massachusetts, Michigan, Minnesota, Mississippi, Nebraska, Nova Hampshire, Nova Jersey, Novo México, Nova Iorque, Ohio, Oregon, Pensilvânia, Rhode Island, Tennessee, Texas, Utah, Virgínia, Virgínia Ocidental, Washington, Washington D.C., Wisconsin - (447 votos potenciais no colégio eleitoral)[93]

Partido da Constituição[editar | editar código-fonte]

  • Virgil Goode, ex-representante dos Estados Unidos pela Virgínia;[94] candidato à vice-presidente: Jim Clymer da Pensilvânia[95]
Presente na cédula de votação: Alabama, Carolina do Sul, Colorado, Dakota do Norte, Dakota do Sul, Flórida, Idaho, Iowa, Louisiana, Michigan, Minnesota, Missouri, Mississippi, Nova Hampshire, Nova Jersey, Novo México, Nova Iorque, Nevada, Ohio, Rhode Island, Tennessee, Utah, Virgínia, Washington, Wisconsin, Wyoming - (257 votos potenciais no colégio eleitoral)[96]

Partido da Justiça[editar | editar código-fonte]

  • Rocky Anderson, ex-prefeito Salt Lake City e membro fundador do Partido da Justiça do Utah; candidato à vice-presidente: Luis J. Rodriguez da Califórnia.[97] [98]
Presente na cédula de votação: Colorado, Connecticut, Flórida, Idaho, Louisiana, Michigan, Minnesota, Mississippi, Nova Jersey, Novo México, Oregon, Rhode Island, Tennessee, Utah, Vermont, Washington - (152 votos potenciais no colégio eleitoral)[99] [100] [101] [102]

O Partido da Justiça é um novo partido que foi fundado em 13 de dezembro de 2011.[103] Com um começo pequeno, apenas 30 pessoas no evento de lançamento com nenhuma equipe de TV cobrindo a fundação do partido, o partido conseguiu nomear Rocky Anderson para presidente, e vai aparecer na cédula de votação em 16 estados. Ele é agora o sexto maior partido em termos de acesso às cédulas de votações em eleições presidenciais.

Americans Elect[editar | editar código-fonte]

  • Nenhum candidato nomeado
Presente na cédula de votação: antes de terminar o processo de fundação, a organização teve acesso às urnas em 29 estados, com 286 votos eleitorais.[104]

Convenções partidárias[editar | editar código-fonte]

Eleição[editar | editar código-fonte]

Cronologia
  • 6 de Novembro de 2012 – dia da eleição
  • 17 de dezembro de 2012 – o colégio eleitoral deverá eleger formalmente o presidente e o vice-presidente.
  • 3 de janeiro de 2013 – o Novo Congresso deverá tomar posse.
  • 6 de janeiro de 2013 – os votos eleitorais deverão ser formalmente contados antes de uma sessão conjunta do Congresso.
  • 20 de janeiro de 2013 – deverá ser feito o juramento do presidente eleito. o Novo mandato presidencial começa.
  • 21 de janeiro de 2013 – dia da posse[110]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Candidato a
presidente
Candidato a
vice-presidente
Partido Votos  % votos Colégio
Eleitoral
Barack Obama Joe Biden Democrata 65,917,257 51,01% 332
Mitt Romney Paul Ryan Republicano 60,932,235 47,16% 206
Gary E. Johnson James Gary Partido Libertário 1,275,827 0,99% 0
Jill Stein Cheri Honkala Partido Verde 468,907 0,36% 0
Virgil Goode Jim Clymer Constituição 122,378 0.09% 0
Roseanne Barr Cindy Sheehan Paz & Liberdade 67,359 0.05% 0
Rocky Anderson Luis J. Rodriguez Justiça 42,995 0.03% 0
Total 100% 538
Necessário para vencer 270

Resultado por estados[editar | editar código-fonte]

Estados/distritos vencidos por Obama/Biden
Estados/distritos vencidos por Romney/Ryan
Estado Votos eleitorais Obama % Romney % Johnson % Stein % Outros % Margem % Total Resultados finais
Alabama[111] 9 795.696 38,36% 1.255.925 60,55% 12.328 0,59% 3.397 0,16% 6.992 0,34% −460.229 −22,19% 2.074.338 Sim
Alaska[112] 3 122.640 40,81% 164.676 54,80% 7.392 2,46% 2.917 0,97% 2.870 0,96% −42.036 −13,99% 300.495 Sim
Arizona[113] [114] 11 1.025.232 44,45% 1.233.654 53,48% 32.100 1,39% 7.816 0,34% 7.757 0,34% −208.422 −9.04% 2.306.559 Sim
Arkansas[115] 6 394.409 36,88% 647.744 60,57% 16.276 1,52% 9.305 0,87% 1.734 0,16% −253.335 −23,69% 1.069.468 Sim
Califórnia[116] 55 7.854.285 60,24% 4.839.958 37,12% 143.221 1,10% 85.638 0,66% 115.445 0,89% 3.014.327 23,12% 13.038.547 Sim
Carolina do Norte[117] 15 2.178.391 48,35% 2.270.395 50,39% 44.515 0,99% 0 0.00% 12.071 0,27% −92.004 −2.04% 4.505.372 Sim
Carolina do Sul[118] 9 865.941 44.09% 1.071.645 54,56% 16.321 0,83% 5.446 0,28% 4.765 0,24% −205.704 −10,47% 1.964.118 Sim
Colorado[119] 9 1.322.998 51,49% 1.185.050 46,12% 35.540 1,38% 7.508 0,29% 18.121 0,71% 137.948 5,37% 2.569.217 Sim
Connecticut[120] 7 905.083 58.06% 634.892 40,73% 12.580 0,81% 863 0.06% 5.542 0,36% 270.191 17,33% 1.558.960 Sim
Dakota do Norte[121] 3 124.966 38,70% 188.320 58,32% 5.238 1,62% 1.362 0,42% 3.046 0,94% −63.354 −19,62% 322.932 Sim
Dakota do Sul[122] 3 145.039 39,87% 210.610 57,89% 5.795 1,59% 0 0.00% 2.371 0,65% −65.571 −18.02% 363.815 Sim
Delaware[123] 3 242.584 58,61% 165.484 39,98% 3.882 0,94% 1.940 0,47% 0 0.00% 77.100 18,63% 413.890 Sim
Flórida[124] [125] 29 4.237.756 50,01% 4.163.447 49.04% 44.726 0,53% 8.947 0,11% 35.286 0,42% 74.309 0,88% 8.490.162 Sim
Geórgia[126] 16 1.773.827 45,48% 2.078.688 53,30% 45.324 1,16% 1.516 0.04% 695 0.02% −304.861 −7,82% 3.900.050 Sim
Havaí[127] 4 306.658 70,55% 121.015 27,84% 3.840 0,88% 3.184 0,73% 0 0.00% 185.643 42,71% 434.697 Sim
Idaho[128] [129] 4 212.787 32,40% 420.911 64.09% 9.453 1,44% 4.402 0,67% 9.189 1,40% -208.124 -31,69% 656.742 Sim
Illinois[130] 20 3.019.512 57,60% 2.135.216 40,73% 56.229 1.07% 30.222 0,58% 835 0.02% 884.296 16,87% 5.242.014 Sim
Indiana[131] 11 1.152.887 43,93% 1.420.543 54,13% 50.111 1,91% 625 0.02% 368 0.01% −267.656 −10,20% 2.624.534 Sim
Iowa[132] 6 822.544 51,99% 730.617 46,18% 12.926 0,82% 3.769 0,24% 12.324 0,78% 91.927 5,81% 1.582.180 Sim
Kansas[133] 6 440.726 37,99% 692.634 59,71% 20.456 1,76% 714 0.06% 5.441 0,47% −251.908 −21,72% 1,159,971 Sim
Kentucky[134] 8 679.370 37,80% 1.087.190 60,49% 17.063 0,95% 6.337 0,35% 7.252 0,40% −407.820 −22,69% 1,797,212 Sim
Louisiana[135] 8 809.141 40,58% 1.152.262 57,78% 18.157 0,91% 6.978 0,35% 7.527 0,38% −343.121 −17,21% 1.994.065 Sim
Maine[136] 4 401.306 56,27% 292.276 40,98% 9.352 1,31% 8.119 1,14% 2.127 0,30% 109.030 15,29% 713.180 Sim
Maryland[137] 10 1.677.844 61,97% 971.869 35,90% 30.195 1,12% 17.110 0,63% 10.309 0,38% 705.975 26.08% 2.707.327 Sim
Massachusetts[138] 11 1.921.290 60,65% 1.188.314 37,51% 30.920 0,98% 20.691 0,65% 6.552 0,21% 732.976 23,14% 3.167.767 Sim
Michigan[139] [140] 16 2.564.569 54,13% 2.115.256 44,64% 7.774 0,16% 21.897 0,46% 28.479 0,60% 449.313 9,48% 4.737.975 Sim
Minnesota[141] 10 1.546.167 52,65% 1.320.225 44,96% 35.098 1,20% 13.023 0,44% 22.048 0,75% 225.942 7,69% 2.936.561 Sim
Mississippi[142] 6 562.949 43,79% 710.746 55,29% 6.676 0,52% 1.588 0,12% 3.625 0,28% 147.797 −11,50% 1,285,584 Sim
Missouri[143] 10 1.223.796 44,38% 1.482.440 53,76% 43.151 1,56% 0 0.00% 7.936 0,29% −258.644 −9,38% 2.757.323 Sim
Montana[144] 3 201.839 41,70% 267.928 55,35% 14.165 2,93% 0 0.00% 116 0.02% −66.089 −13,65% 484.048 Sim
Nebraska[145] [146] [147] 5 302.081 38.03% 475.064 59,80% 11.109 1,40% 0 0.00% 6.125 0,77% -172.983 -21,78% 794.379 Sim
Nevada[148] 6 531.373 52,36% 463.567 45,68% 10.968 1.08% 0 0.00% 9.010 0,89% 67.806 6,68% 1.014.918 Sim
Nova Hampshire[149] 4 369.561 51,98% 329.918 46,40% 8.212 1,16% 324 0.05% 2,957 0,42% 39.643 5,58% 710.972 Sim
Nova Jersey[150] [151] 14 2.122.786 58,22% 1.478.088 40,54% 21.035 0,58% 9.886 0,27% 14.092 0,39% 644.698 17,68% 3.645.887 Sim
Novo México[152] 5 415.335 52,99% 335.788 42,84% 27.788 3,55% 2.691 0,34% 2,156 0,28% 79.547 10,15% 783.758 Sim
Nova Iorque[153] [154] 29 4.172.739 62,39% 2.415.156 36,11% 45.456 0,68% 37.960 0,57% 16.871 0,25% 1.757.583 26,28% 6.688.182 Não
Ohio[155] 18 2.827.621 50,67% 2.661.407 47,69% 49.493 0,89% 18.574 0,33% 23.727 0,43% 166.214 2,98% 5.580.822 Sim
Oklahoma[156] 7 443.547 33,23% 891.325 66,77% 0 0.00% 0 0.00% 0 0.00% −447.778 −33,54% 1.334.872 Sim
Oregon[157] 7 970.488 54,24% 754.175 42,15% 24.089 1,35% 19.427 1.09% 21.091 1,18% 216.313 12.09% 1,789,270 Sim
Pensilvânia[158] [159] 20 2.990.274 51,97% 2.680.434 46,59% 49.991 0,87% 21.341 0,37% 11.466 0,20% 309.840 5,39% 5.753.506 Sim
Rhode Island[160] 4 279.677 62,70% 157.204 35,24% 4.388 0,98% 2.421 0,54% 2.359 0,53% 122.473 27,46% 446.049 Sim
Tennessee[161] 11 960.709 39.08% 1.462.330 59,48% 18.623 0,76% 6.515 0,26% 10.400 0,42% -501.621 -20;40% 2.458.577 Sim
Texas[162] 38 3.308.124 41,38% 4.569.843 57,17% 88.580 1,11% 24.657 0,31% 2.647 0.03% −1.261.719 −15,78% 7.993.851 Sim
Utah[163] [164] 6 251.813 24,69% 740.600 72,62% 12.572 1,23% 3.817 0,37% 11.013 1.08% -488.787 -47,93% 1.019.815 Sim
Vermont[165] 3 199.239 66,57% 92.698 30,97% 3.487 1,17% 0 0.00% 3.866 1,29% 106.541 35,60% 299.290 Sim
Virgínia[166] 13 1.971.820 51,16% 1.822.522 47,28% 31.216 0,81% 8.627 0,22% 20.304 0,53% 149.298 3,87% 3.854.489 Sim
Virgínia Ocidental[167] 5 238.269 35,54% 417.655 62,30% 6.302 0,94% 4.406 0,66% 3.806 0,57% -179.386 -26,76% 670.438 Sim
Washington[168] 12 1.755.396 56,16% 1.290.670 41,29% 42.202 1,35% 20.928 0,67% 16.320 0,52% 464.726 14,87% 3.125.516 Sim
Washington, D.C.[169] 3 267.070 90,91% 21.381 7,28% 2.083 0,71% 2.458 0,84% 772 0,26% 245.689 83,63% 293.764 Sim
Wisconsin[170] 10 1.620.985 52,78% 1.410.966 45,94% 20.439 0,67% 7.665 0,25% 11.379 0,37% 210.019 6,84% 3.071.434 Sim
Wyoming[171] 3 69.286 27,82% 170.962 68,64% 5.326 2,14% 0 0.00% 3.487 1,40% −101.676 −40,82% 249.061 Sim
EUA Total 538 65.600.425 50,96% 60.861.683 47,28% 1.274.163 0,99% 467.011 0,36% 534.671 0,42% 4.738.742 3,68% 128.737.953

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Um candidato write-in, no sistema eleitoral americano, é aquele cujo nome não aparece na cédula de votação, mas os eleitores podem votar nele escrevendo o nome do candidato.

Referências

  1. a b c d e f g h 2012 Presidential General Election Results (em português) US election atlas. Visitado em 30 de abril de 2013.
  2. Siegel, Elyse. "Barack Obama 2012 Campaign Officially Launches", The Huffington Post, April 4, 2011. Página visitada em April 4, 2011.
  3. a b Holland, Steve (30 de maio de 2012) "Romney clinches Republican 2012 nomination in Texas", Reuters. Retrieved 30 de maio de 2012.
  4. a b "Libertarians nominate ex-Governor Gary Johnson for president", Reuters, 5 de maio de 2012. Página visitada em 6 de maio de 2012.
  5. a b c "Mass. doctor Jill Stein wins Green Party's presidential nod", USA Today, 14 de julho de 2012. Página visitada em 15 de julho de 2012.
  6. Dance, George. "Third-Party Presidential Debate October 23, 2012", Nolan Chart, 15 de outubro de 2012. Página visitada em 17 de outubro de 2012.
  7. Table 1. Apportionment Population and Number of Representatives, by State: 2010 Census U.S. Census Bureau (21 de dezembro de 2010). Visitado em 30 de dezembro de 2010.
  8. New population estimates show slight changes for 2010 Congressional apportionment, with a number of states sitting close to the edge (em inglês) Kimball W Brace. Visitado em 5 de novembro de 2010.
  9. "David Callahan: Ohio's Voter ID Law and the 2012 Election", The Huffington Post, 25 de março de 2011. Página visitada em 20 de outubro de 2011.
  10. New SC voter ID requirements clears Senate WCBD-TV 2. Visitado em 20 de outubro de 2011.
  11. Rick Perry's agenda may signal run for W.H. – Andy Barr Politico.Com. Visitado em 20 de outubro de 2011.
  12. The Next Election: The Surprising Reality by Andrew Hacker The New York Review of Books. Visitado em 20 de outubro de 2011.
  13. a b Ari Berman (30 de agosto de 2011). The GOP War on Voting Rolling Stone. Visitado em 20 de outubro de 2011.
  14. Bill Clinton likens GOP effort to Jim Crow laws – Darren Samuelsohn Politico.Com. Visitado em 20 de outubro de 2011.
  15. Sonmez, Felicia. "Republicans rewriting state election laws in ways that could hurt Democrat", The Washington Post, 23 de maio de 2011. Página visitada em 20 de outubro de 2011.
  16. "38-states-rigging-voting-rules-for-GOP", Chicago Sun-Times. Página visitada em 20 de outubro de 2011.
  17. Provanceblade, Jim. Politics Toledo Blade. Visitado em 20 de outubro de 2011.
  18. Pennsylvania's 'Democrat-screwing' 2012 'genius plan' The Week (15 de setembro de 2011). Visitado em 20 de outubro de 2011.
  19. Olson, Laura. "Change proposed for state's electoral vote process", Post-gazette.com, 13 de setembro de 2011. Página visitada em 20 de outubro de 2011.
  20. Rosenbaum, Ron (13 de setembro de 2011). Pennsylvania Ponders Bold Democrat-Screwing Electoral Plan Slate.com. Visitado em 20 de outubro de 2011.
  21. Pennsylvania GOP looks to split electoral votes The Washington Times (15 de setembro de 2011). Visitado em 20 de outubro de 2011.
  22. David Jackson (4 de abril de 2012). It's official: Obama clinches Democratic nomination (em pt) USA Today. Visitado em 20 de outubro de 2012.
  23. David Jackson (4 de abril de 2012). Obama Clinches Democratic Nomination (em pt) CNN. Visitado em 20 de outubro de 2012.
  24. Kiely, Kathy (13 de agosto de 2011). Iowa Straw Poll: Complete Results - Hotline On Call Hotlineoncall.nationaljournal.com. Visitado em 19 de setembro de 2011.
  25. Summers, Juana (11 de agosto de 2011). Barred hopefuls make debate plans Politico. Visitado em 5 de julho de 2012.
  26. Goldman, Russell. "Michele Bachmann Drops Out of Presidential Race", ABC News, 5 de julho de 2012.
  27. Reid, Tim (9 de janeiro de 2012). Romney's rivals running out of time to stop him Reuters. Visitado em 5 de julho de 2012.
  28. Brad Norington (1 de março de 2012). Romney has money but lacks conviction (em en) The Australian. Visitado em 20 de outubro de 2012.
  29. Alicia M. Cohn (11 de agosto de 2011). Trump says Romney lacks the 'courage' to participate in Newsmax debate (em en) The Hill. Visitado em 20 de outubro de 2012.
  30. Timothy Stanley (30 de março de 2012). If only Sarah Palin had run ... (em en) CNN. Visitado em 20 de outubro de 2012.
  31. Tom Cohen (1 de setembro de 2011). Seeking the 'anti-Romney' in the Republican presidential race (em en) CNN. Visitado em 20 de outubro de 2012.
  32. Rick Perry comete gafe durante debate republicano e se prejudica (em pt) O Globo (10 de novembro de 2011). Visitado em 20 de outubro de 2012.
  33. Luciana Coelho (11 de novembro de 2011). Republicano passa por vexame em debate (em pt) Uol. Visitado em 20 de outubro de 2012.
  34. Herman Cain suspends presidential campaign Newsday (3 de dezembro de 2011). Visitado em 5 de julho de 2012.
  35. Stewart, Rebecca (28 de dezembro de 2011). 'Liberated' Gary Johnson seeks Libertarian nomination CNN. Visitado em 28 de dezembro de 2011.
  36. Knickerbocker, Brad (21 de janeiro de 2012). Newt Gingrich wins South Carolina. Can he do the same in Florida? Christian Science Monitor. Visitado em 10 de julho de 2012.
  37. John McCormick (21 de janeiro de 2012). Rick Santorum Is Declared Winner of Iowa Caucuses by State Party Leaders (em pt) Bloomberg News. Visitado em 20 de outubro de 2012.
  38. Begala, Paul. "Newt Gingrich’s Surprise Win in South Carolina Panics Republicans", 21 de janeiro de 2012.
  39. a b Sarah Wheaton (4 de janeiro de 2012). Bachmann Says She Will Not Continue in the Race (em en) The New York Times. Visitado em 20 de outubro de 2012.
  40. "Perry to End Bid for Presidency", The Caucus, 19 de janeiro de 2012. Página visitada em 10 de julho de 2012.
  41. Romney vence primárias da Flórida com tranquilidade (em pt) Ig (31 de janeiro de 2012). Visitado em 20 de outubro de 2012.
  42. Romney vence primárias na Flórida e volta a ser favorito (em pt) Uol (1 de fevereiro de 2012). Visitado em 20 de outubro de 2012.
  43. Mitt Romney vence primária da Flórida e respira aliviado (em pt) Abril (31 de janeiro de 2012). Visitado em 20 de outubro de 2012.
  44. RESULTS: March 6, 2012 - SUPER TUESDAY (em en) CNN (30 de julho de 2012). Visitado em 20 de outubro de 2012.
  45. a b Jennifer Rubin (11 de março de 2012). Santorum wins Kansas, Romney everything else (em en) Washington Post. Visitado em 20 de outubro de 2012.
  46. Rick Santorum desiste da pré-candidatura republicana nos EUA (em pt) G1 (10 de abril de 2012). Visitado em 20 de outubro de 2012.
  47. Rick Santorum desiste de campanha por indicação republicana (em pt) BBC Brasil (10 de abril de 2012). Visitado em 20 de outubro de 2012.
  48. Rick Santorum desiste de disputa eleitoral nos EUA (em pt) Ig (10 de abril de 2012). Visitado em 20 de outubro de 2012.
  49. Trip Gabriel (10 de abril de 2012). Gingrich Says He’s in the Race to the End (em en) The New York Times. Visitado em 20 de outubro de 2012.
  50. Deborah Charles (2 de maio de 2012). Republicano Gingrich desiste oficialmente da candidatura nos EUA (em pt) Reuters Brasil. Visitado em 20 de outubro de 2012.
  51. Gingrich desiste de candidatura à presidência dos EUA (em pt) Uol (3 de maio de 2012). Visitado em 20 de outubro de 2012.
  52. EUA: Gingrich desiste de candidatura presidencial republicana (em pt) Uol (2 de maio de 2012). Visitado em 20 de outubro de 2012.
  53. Overheard on CNN.com: What brought down Gingrich's campaign? What's next? (em en) CNN (25 de abril de 2012). Visitado em 20 de outubro de 2012.
  54. Shear, Michael D.. "Republican National Committee Backs Romney", 25 de abril de 2012. Página visitada em 2 de maio de 2012.
  55. Romney escolhe Paul Ryan como seu candidato a vice (em pt) Veja (11 de agosto de 2012). Visitado em 20 de outubro de 2012.
  56. Republicano Mitt Romney escolhe Paul Ryan como vice em sua chapa (em pt) Uol (11 de agosto de 2012). Visitado em 20 de outubro de 2012.
  57. Paul Ryan é indicado como vice na chapa de Mitt Romney (em pt) Terra Networks (11 de agosto de 2012). Visitado em 20 de outubro de 2012.
  58. Escolha de Ryan como vice teve pouco impacto para Romney (em pt) G1 (13 de agosto de 2012). Visitado em 20 de outubro de 2012.
  59. Caldwell, Leigh Ann (28 de agosto de 2012). Republican delegates nominate Mitt Romney CBS News. Visitado em 28 de agosto de 2012.
  60. Michael O'Brien (30 de agosto de 2012). Romney accepts nomination, says 'The time has come to turn the page' (em en) NBC News. Visitado em 20 de outubro de 2012.
  61. Mitt Romney aceita indicação e promete criar empregos (em en) Veja (30 de agosto de 2012). Visitado em 20 de outubro de 2012.
  62. "Mitt Romney announces bid to be US president in 2012", BBC. 2 de junho de 2011
  63. Elliott, Philip. "Romney opens presidential bid — he's got company", 2 de junho de 2011. Página visitada em 5 de outubro de 2012.
  64. Good, Chris. "Ron Paul to Stop Campaigning in New States", ABC News, 14 May 2012. Página visitada em 8 October 2012.
  65. Marr, Kendra. "Newt Gingrich running for president", Politico, 11 de maio de 2011. Página visitada em 11 de maio de 2011.
  66. Shear, Michael (11 de maio de 2011) "Video: Gingrich Announces for President", The New York Times. Retrieved 11 de maio de 2011.
  67. Montopoli, Brian (2 de maio de 2012) "Newt Gingrich suspends presidential campaign", CBS News. Retrieved 2 de maio de 2012.
  68. George, Stephanopoulos. "Rick Santorum Will Run for President: 'We're In It to Win'", ABC News, 6 de junho de 2011. Página visitada em 6 de junho de 2011.
  69. Salant, Jonathan D.. "Ex-Pennsylvania Senator Santorum Announces ’12 Republican Presidential Bid", Bloomberg News, 6 de junho de 2011. Página visitada em 6 de junho de 2011.
  70. "Republican Rick Santorum announces presidential run", The Patriot News, 6 de junho de 2011. Página visitada em 6 de junho de 2011.
  71. "Roemer kicks off 2012 presidential bid", 21 de julho de 2011. Página visitada em 5 de outubro de 2012.
  72. McKinnon, Mark. "Listen to Candidate Roemer", The Daily Beast, 21 de julho de 2011. Página visitada em 21 de julho de 2011.
  73. Texas Gov. Rick Perry Jumps In Presidential Race ABC News (11 de agosto de 2011). Visitado em 3 de dezembro de 2011.
  74. Hamby, Peter. "BREAKING: Perry drops out, endorses Gingrich", CNN, 19 de janeiro de 2012. Página visitada em January 25, 2012.
  75. Reston, Maeve. "Texas Gov. Rick Perry declares GOP presidential bid", Los Angeles Times, 13 de agosto de 2011. Página visitada em 18 de agosto de 2011.
  76. "Huntsman's sly web strategy", The Hill. 11 de maio de 2011.
  77. "Jon Huntsman: My Mormonism is 'tough to define'", Politico. 12 de maio de 2011.
  78. Rucker, Philip. "Michele Bachmann drops out of GOP race after Iowa caucuses", The Washington Post, 4 de janeiro de 2012. Página visitada em 5 de janeiro de 2012.
  79. Rosenwald, Michael S.. "Michele Bachmann files paperwork to run for president", The Washington Post, 14 de junho de 2011.
  80. Burns, Alexander. "Michele Bachmann is in", Politico, 13 de junho de 2011. Página visitada em 3 de dezembro de 2011.
  81. Camia, Catalina. "Ex-N.M. governor Gary Johnson announces for president", USA Today, 21 de abril de 2011.
  82. "Gary Johnson throws his hat into the GOP presidential ring, will he be the 2012 Ron Paul?", Los Angeles Times.
  83. Green, Joshua (21 de maio de 2011) "Herman Cain Makes It Official", The Atlantic. Retrieved 21 de maio de 2011.
  84. Creed, Ryan (21 de maio de 2011) "Herman Cain, Former CEO of Godfather's Pizza, Announces His Candidacy", ABC News. Retrieved 22 de maio de 2011.
  85. Madison, Lucy (1 de julho de 2011). Michigan Rep. Thaddeus McCotter to jump into Republican presidential race CBS News. Visitado em 27 de junho de 2012.
  86. Summers, Juana (20 de julho de 2011). Candidates face off on Twitter Politico. Visitado em 27 de junho de 2012.
  87. Bakst, Brian. "Ex-Minn. Gov. Tim Pawlenty ends White House bid", The Huffington Post, 14 de agosto de 2011. Página visitada em 14 de agosto de 2011.
  88. Reinhard, Beth. "Bachmann Boom; TPaw Bust?", National Journal, 13 de agosto de 2011. Página visitada em 14 de agosto de 2011.
  89. Riggs, Mike (5 de maio de 2012). Judge Jim Gray Is the 2012 Libertarian Party Vice Presidential Nominee Reason Online. Visitado em 6 de maio de 2012.
  90. Ballot Access of the Libertarian Party Libertarian Party. Visitado em 11 de maio de 2012.
  91. Kilar, Steve (14 de julho de 2012). Green Party nominates Jill Stein for president at Baltimore convention The Baltimore Sun. Visitado em 15 de julho de 2012.
  92. Steinmetz, Katy (11 de julho de 2012) "The Green Team: Jill Stein’s Third-Party Bid to Shake Up 2012", TIME.com. Retrieved 11 de julho de 2012.
  93. Ballot Access of the Green Party Jill Stein for President. Visitado em 17 de julho de 2012.
  94. "Goode gets Constitution Party's nomination for president", The Roanoke Times, 21 de abril de 2012. Página visitada em 22 de abril de 2012.
  95. Constitution Party Convention Wrap-Up: vice Presidential Candidate and Officer Elections Independent Political Report (21 de abril de 2012). Visitado em 22 de abril de 2012.
  96. Constitution Party ballot access Virgil Goode for President. Visitado em 18 de julho de 2012.
  97. Gehrke, Robert. "Rocky picks activist-author as his VP running mate", The Salt Lake Tribune, 17 de julho de 2012. Página visitada em 18 de julho de 2012.
  98. Schwarz, Hunter (13 de janeiro de 2012). Rocky Anderson accepts his newly-formed party's presidential nomination Deseret News. Visitado em 1 de fevereiro de 2012.
  99. "Utah valid", Ballot Access News. Página visitada em 26 de maio de 2012.
  100. Winger, Richard. "Oregon Progressive Party Nominates Rocky Anderson for President", Ballot Access News. Página visitada em 26 de maio de 2012.
  101. Candidates for President New Jersey Department of State — Division of Elections. Visitado em 30 de julho de 2012.
  102. Ballot Access News » Blog Archive » Independent Party of Connecticut Nominates Rocky Anderson for President Ballot-access.org (21 de agosto de 2012). Visitado em 5 de setembro de 2012.
  103. "Justice Party Launced", The Salt Lake Tribune. Página visitada em 13 de dezembro de 2011.
  104. "Maryland 29th state with AE ballot access", Americans Elect. Página visitada em 17 de maio de 2012.
  105. Myers, Laura (30 de novembro de 2010) "Las Vegas will host Libertarian convention" Las Vegas Review-Journal. Retrieved 30 de novembro de 2010.
  106. Cristina Silva. "Gary Johnson Wins 2012 Libertarian Nomination", The Huffington Post, 5 de maio de 2012. Página visitada em 17 de junho de 2012.
  107. Green Party National Convention will be in Baltimore Ballot Access News (11 de novembro de 2011). Visitado em 12 de novembro de 2011.
  108. Barr, Andy,; Mike Allen (12 de maio de 2010) "Republicans pick Tampa for 2012 convention", Politico. Retrieved 13 de maio de 2010.
  109. Falcone, Michael. "2012 Democratic National Convention To Be Held In Charlotte, N.C.", 1 de fevereiro de 2011. Página visitada em 5 de outubro de 2012.
  110. Schumer Elected as Chair of 2013 Joint Congressional Committee on Inaugural Ceremonies Joint Congressional Committee on Inaugural Ceremonies. Visitado em 15 de agosto de 2012.
  111. Alabama Election Information. Visitado em December 3. 2012.
  112. Alaska GEMS ELECTION RESULTS. Visitado em November 14. 2012.
  113. Arizona 2012 General Election. Visitado em December 4. 2012.
  114. U.S. Election Atlas - Arizona. Visitado em December 17. 2012.
  115. Arkansas State General Election. Visitado em November 21. 2012.
  116. California Statement of Vote. Visitado em December 14. 2012.
  117. State of North Carolina – November 6. 2012 General Election. Visitado em December 7. 2012.
  118. SC – Election Results. Visitado em November 14. 2012.
  119. CO – Election Results. Visitado em December 7. 2012.
  120. Connecticut PresSumStat. Visitado em November 29. 2012.
  121. North Dakota Secretary of State – Election Night Results. Visitado em November 14. 2012.
  122. South Dakota Secretary of State – Statewide Races. Visitado em November 15. 2012.
  123. State of Delaware – Election Results. Visitado em November 18. 2012.
  124. 2012 Florida Election Watch – Federal Offices. Visitado em November 14. 2012.
  125. U.S. Election Atlas - Florida. Visitado em December 15 2012.
  126. GA – Election Results. Visitado em November 18. 2012.
  127. HI – Election Results. Visitado em November 21. 2012.
  128. Idaho 2012 General Results statewide. Visitado em November 22. 2012.
  129. U.S. Election Atlas - Idaho. Visitado em December 14. 2012.
  130. IlliNãois Download Vote Totals. Visitado em December 3. 2012.
  131. Indiana Secretary of State: Elections Division. Visitado em November 30. 2012.
  132. Iowa Official Results – General Election – November 6. 2012. Visitado em December 3. 2012.
  133. Kansas Secretary of State 2012 General Election Official Vote Totals. Visitado em November 30. 2012.
  134. Kentucky Official Election Results. Visitado em November 28. 2012.
  135. Louisiana Secretary of State. Visitado em November 18. 2012.
  136. Maine Bureau of Corporations. Elections & Commissions. Elections Division. Visitado em November 29. 2012.
  137. Maryland State Board of Elections. Visitado em November 27. 2012.
  138. Return of Votes for Massachusetts State Election. Visitado em November 30. 2012.
  139. 2012 Official Michigan Election Results. Visitado em November 27. 2012.
  140. U.S. Election Atlas - Michigan. Visitado em December 15. 2012.
  141. MN Election Results. Visitado em November 29. 2012.
  142. Mississippi Official 2012 General Election Certified Results. Visitado em December 3. 2012.
  143. Missouri Secretary of State. Visitado em December 5. 2012.
  144. Official Election Results. Montana Secretary of State's Website. Visitado em December 2. 2012.
  145. Nebraska Secretary of State – Election Night Results. Visitado em November 22. 2012.
  146. The Green Papers: Nebraska 2012 General Election. Visitado em December 16. 2012.
  147. State of Nebraska 2012 Electoral College Certificate Of Ascertainment. Visitado em December 18. 2012.
  148. Nevada General Election 2012. Visitado em November 16. 2012.
  149. New Hampshire – President of the United States – 2012 General Election. Visitado em November 17. 2012.
  150. New Jersey Official List Candidates for President. Visitado em December 7. 2012.
  151. U.S. Election Atlas - New Jersey. Visitado em December 14. 2012.
  152. New Mexico Statewide Results. Visitado em December 3. 2012.
  153. New York election results by county. Visitado em December 13. 2012.
  154. New York State Board of Elections 2012 Election Results. Visitado em December 12. 2012.
  155. Ohio 2012 Elections Results. Visitado em December 8. 2012.
  156. Oklahoma State Election Results. Visitado em November 21. 2012.
  157. Oregon November 6. 2012. General Election Abstract of Votes. Visitado em December 5. 2012.
  158. Commonwealth of PA – Elections Information. Visitado em December 13. 2012.
  159. U.S. Election Atlas - Pennsylvania. Visitado em December 17. 2012.
  160. RI.gov: Election Results. Visitado em November 27. 2012.
  161. State of Tennessee November 6. 2012 General Election. Visitado em December 12. 2012.
  162. Texas Office of the Secretary of State. Visitado em December 6. 2012.
  163. Utah 2012 General Canvass Report. Visitado em December 2. 2012.
  164. U.S. Election Atlas - Utah. Visitado em December 14. 2012.
  165. Vermont Secretary of State. Visitado em November 30. 2012.
  166. Virginia Election Results. Visitado em December 8. 2012.
  167. West Virginia Secretary of State - Election Results Center. Visitado em December 17. 2012.
  168. Washington President/Vice-President. Visitado em December 5. 2012.
  169. DC BOE – General Election November 6. 2012. Visitado em November 27. 2012.
  170. Wisconsin Fall 2012 General Election Results. Visitado em November 29. 2012.
  171. Wyoming Statewide Candidates Official Summary. Visitado em November 15. 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Sites oficiais de campanha[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Eleição presidencial nos Estados Unidos em 2012