Ezequiel Lavezzi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ezequiel Lavezzi
Ezequiel Lavezzi
Ezequiel Lavezzi em 2011 pela Seleção Argentina
Informações pessoais
Nome completo Ezequiel Iván Lavezzi
Data de nasc. 3 de maio de 1985 (29 anos)
Local de nasc. Villa Gobernador Gálvez, Argentina
Altura 1,73 m[1]
Destro
Apelido El Loco, El Pocho
Informações profissionais
Clube atual França Paris Saint-Germain
Número 22
Posição Atacante
Site oficial elpocholavezzi.com
Clubes de juventude
19952003 Argentina Boca Juniors
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
2003–2004
2004–2005
2004–2005
2005–2007
2007–2012
2012–
Argentina Estudiantes Buenos Aires
Itália Genoa
Argentina San Lorenzo (emp.)
Argentina San Lorenzo
Itália Napoli
França Paris Saint-Germain
0039 0000(17)
0000 0000(0)
0037 0000(9)
0060 0000(17)
0188 0000(48)
0091 0000(23)
Seleção nacional3
2005
2008
2007–
Flag of Argentina.svg Argentina Sub-20
Flag of Argentina.svg Argentina Olímpica
Flag of Argentina.svg Argentina
0007 0000(5)
0010 0000(6)
0037 0000(4)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 16 de agosto de 2014.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 13 de julho de 2014.

Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Pequim 2008 Equipe

Ezequiel Iván Lavezzi (Villa Gobernador Gálvez, 3 de maio de 1985) é um futebolista argentino que atua como atacante (ponta esquerda). Atualmente, joga pelo Paris Saint-Germain.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Infância e começo de carreira[editar | editar código-fonte]

Quando novo, Lavezzi já tinha grande vontade de se tornar jogador, mas enquanto isso não acontecia, ele vivia assistindo e torcendo pelo seu time, o Rosario Central.[2]

Desde cedo, seu talento era reconhecido, tendo jogado nos times inferiores do Boca Juniors dos seus dez aos dezoito anos. Em 2003, Lavezzi se transferiu para o Estudiantes (BA) da 1ª B Metropolitana Argentina, onde realizou 39 partidas, anotando dezessete gols.[3]

San Lorenzo[editar | editar código-fonte]

Após uma breve passagem pelo Genoa da Itália em 2004, Lavezzi foi emprestado ao San Lorenzo, um dos grandes do futebol argentino. Em Almagro começaria e despontar.[4] Em seu primeiro campeonato pelo Ciclón, no Apertura 2004, Lavezzi marcou seis gols, terminando como o quarto melhor artilheiro do campeonato. Devido a esse belo desempenho, o San Lorenzo abriu seus cofres, e o comprou em definitivo por 1,2 milhões de euros.[5]

Em 2005, Lavezzi anotou oito gols, sendo novamente o quarto artilheiro do campeonato. Foi campeão do Clausura 2007, marcando dois gols na vitória do Ciclón contra o Boca Juniors na La Bombonera, que os deixou mais perto do título. Na última partida contra o Arsenal de Sarandí, Lavezzi contribui com duas assistências e um gol no jogo do título.

Napoli[editar | editar código-fonte]

Após a bela campanha pelo San Lorenzo, muitos times demonstraram interesse em contratá-lo. O Napoli, time Italiano aonde Diego Armando Maradona atou nos anos 1980 fora o mais disposto a desbancar os seis milhões de euros para contar com o atacante em 2007. Lavezzi assinou um contrato de cinco anos no dia 5 de julho de 2007 e escolheu a camisa 7. Logo no seu começo, Lavezzi já mostrou o que sabia fazer.[6] Saindo do banco, entrou e marcou três gols na virada napolitana contra o Pisa por 3-1.[7] Após 14 anos, o Napoli tinha um jogador fazendo 3 gols em apenas um jogo. Seu primeiro gol pelo Calcio, aconteceu na esmagadora vitória do Napoli por 5-0 contra a Udinese no dia 2 de setembro de 2007. Após essa partida, a imprensa italiana o chamou de "Inspiração", e dizia também que uma nova estrela Napolitana havia nascido.[8] O Napoli não ganhava com tal margem de gols, desde 1988, quando ainda contava com Maradona na equipe.[9]

Napoli tinha conseguido recentemente a volta à Serie A, depois de terminar como vice-campeão da temporada anterior na Serie B. Olhando para reforçar a sua equipe para um retorno para o nível superior, Lavezzi assinou em um contrato de cinco anos em 5 de julho de 2007.[10] O acordo de transferência valia cerca de € 6 milhões e foi apresentado diante dos fãs e dado o número sete camisa para sua primeira temporada.[11]

Lavezzi no Napoli pelo Campeonato Italiano.

Ele completou a temporada 2007-08 com oito gols em 35 jogos. Na temporada 2008-09, ele marcou sete gols em 30 jogos. Na temporada 2009-10, ele marcou oito gols em 30 jogos, mas perdeu cerca de 10 jogos por causa de lesões. Por isso Lavezzi parou de jogar por um bom tempo pelo Napoli para a temporada 2010-11. Na mesma temporada, ele marcou dois gols na Liga Europa, contra IF Elfsborg e Liverpool, respectivamente, marcou seis e assistiu outros 12 na Série A e ainda marcou um gol na Coppa Italia contra o Bologna.[12] O acordo de transferência valia cerca de € 6 milhões e foi apresentado diante dos fãs e dado o número sete camisa para sua primeira temporada.[11]

Lavezzi marcou seu primeiro gol da campanha de 2011-12 com uma vitória por 3-1 sobre o comandante Cesena em 10 de setembro, abrindo o placar no terceiro minuto após controlar uma bola longa de Hugo Campagnaro. Lavezzi foi nomeado "Homem do jogo", como ele voleio em um passe atiraram de companheiro de ataque Edinson Cavani para enviar Napoli a uma vitória por 2-0 sobre o Udinese em 26 de outubro.[13] Pouco antes da pausa de inverno, Lavezzi saldada uma vez e deu a assistência para um dos gols de Cavani como Napoli ultrapassado Lecce 4-2.[14]

Napoli venceu por 3-0 o Fiorentina em 17 de fevereiro de 2012, Lavezzi fechou o placar aos 90 minutos com um gol de longo distância.[15] Quatro dias depois, ele marcou seus dois primeiros na Liga dos Campeões, foi contra o Chelsea em uma vitória por 3-1.[16] No domingo seguinte, 26 de Fevereiro, Lavezzi marcou o único gol do jogo como Napoli derrotou a Inter e subiu para o quinto lugar na Serie A classificação.[17]

Lavezzi fez um gol aos 41 minutos do segundo e dar a vitória contra o Parma em 4 de março de 2012, embora o resultado foi controverso como Lavezzi parecia estar em posição de impedimento.[18] Lavezzi marcou um gol de pênalti e deu a assistência como Napoli goleou o Cagliari por 6-3 em 9 de março de aquecimento para a Rodada de 16 tie segunda etapa contra o Chelsea.[19] Lavezzi marcou seu 9ª e último na Serie A meta da temporada, em uma derrota por 3-1 para o Atalanta em 11 de abril, depois de receber o bola de Goran Pandev e de carrinho chutou pro gol de Andrea Consigli.[20]

Paris Saint-Germain[editar | editar código-fonte]

No dia 2 de julho de 2012, acertou sua transferência para o PSG por quatro temporadas, após o clube francês pagar aproximadamente 31 milhões de euros.[21] Em 11 de agosto, Lavezzi fez sua estréia contra o FC Lorient com um empate por 2-2, na partida de abertura da Ligue 1 da temporada de 2012-13.[22] Seus dois primeiros gols para o PSG foram em 21 de novembro, na Liga dos Campeões, segurando a classificação contra o Dínamo de Kiev em uma vitória por 2-0 fora de casa.[23]

Fez um gol contra o FC Porto, um chute dentro da área após grande falha de Hélton e venceu o jogo por 2-1.[24] Marcou mais um gol contra o Évian em uma vitória por 4-0 no Parc des Princes.[25] Na terça-feira 11 de dezembro, Lavezzi marcou o quarto gol do PSG, depois de um hat-trick de Ibrahimović, contra o Valenciennes em mais uma vitória por 4-0.[26] Marcou o gol que garantiu o empate do Paris Saint-Germain frente ao Valencia por 1 a 1 e levando sua equipe para às quartas-de-final da UEFA Champions League.[27] [28] Fez passe para Alex empatar o jogo para o PSG no empate com o Valenciennes por 1-1 perdendo a chance de ficar muito próximo do título francês.[29]

Seleção nacional[editar | editar código-fonte]

Lavezzi na Seleção argentina em 2011.

Lavezzi ainda teve poucas chances na seleção argentina. Sua estreia aconteceu contra o Chile, no dia 18 de abril de 2007. Ainda teve mais uma oportunidade de 45 minutos, na derrota da Argentina contra a Austrália.

Em 2008, Lavezzi foi selecionado para a equipe olímpica de futebol que representou a Argentina na Olimpíada de 2008.[30] Durante os Jogos Olímpicos, ele marcou dois gols, um contra a Austrália no dia 10 de agosto de 2008, e uma penalidade contra a Sérvia em 13 de agosto de 2008. Lavezzi também apareceu nos minutos finais da prorrogação contra a Nigéria, em um jogo Argentina venceu por 1 a 0.[31] [32]

Disputou como titular a Copa América de 2011 sob o treinador Sergio Batista. Foi convocado para disputar a Copa do Mundo FIFA de 2014. [33]

Vida Pessoal[editar | editar código-fonte]

Associação Civil Filhos do Sul[editar | editar código-fonte]

Lavezzi.

Em outubro de 2009, Ezequiel Lavezzi, junto com seu irmão Diego, criou a Associação Civil Filhos do Sul (Ansur), uma organização sem fins lucrativos que atende crianças de uma forma holística e tweens na necessidade de Villa Gobernador Gálvez, província Santa Fe, Argentina.[carece de fontes?]

Seleção[editar | editar código-fonte]

Seleção Ano Jogos Gols
Argentina 2007 2 0
2008 1 0
2009 3 0
2010 3 0
2011 7 2
2012 4 0
2013 8 2
2014 9 0
Total 37 4

Gols pela seleção[editar | editar código-fonte]

Gols Data Local Adversário Placar Resultado Competição
1. 20 de junho de 2011 Buenos Aires, Argentina Flag of Albania.svg Albânia 1–0 4–0 Amistoso
2. 11 de novembro de 2011 Buenos Aires, Argentina Flag of Bolivia.svg Bolívia 1–1 1–1 Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014
3. 11 de outubro de 2013 Buenos Aires, Argentina Flag of Peru.svg Peru 1–1 3–1 Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014
4. 11 de outubro de 2013 Buenos Aires, Argentina Flag of Peru.svg Peru 2–1 3–1 Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014

Títulos[editar | editar código-fonte]

San Lorenzo
Napoli
Paris Saint-Germain
Seleção Argentina

Referências

  1. Perfil de Ezequiel Iván Lavezzi. Página visitada em 29 de Novembro de 2012.
  2. Il Tabellino - Lavezzi. Página visitada em 25 de Maio de 2008.
  3. III Tabellino - Lavezzi. Página visitada em 27 de Maio de 2008.
  4. Lavezzi fue presentado en el Genoa. Página visitada em 16 de julho de 2005.
  5. Toccata e fuga per Lavezzi che lascia il Genoa. Página visitada em 2 de agosto de 2005.
  6. Extra-Football.com. Página visitada em 14 de Julho de 2007.
  7. 4Insider. Página visitada em 15 de Julho de 2007.
  8. Torneo 1988-1989. Página visitada em 19 de Julho de 2007.
  9. Channel4.com. Página visitada em 20 de Julho de 2007.
  10. Ezequiel Lavezzi è del Napoli, contratto fino al 2012. Página visitada em 7 de Julho de 2007.
  11. a b Livewire Lavezzi sparks Napoli into life, before the inevitable. Página visitada em 7 de Setembro de 2007.
  12. Ezequiel Lavezzi - ESPN FC. Página visitada em 25 de Julho de 2011.
  13. SSC Napoli 2 vs 0 Udinese Goal.com. Página visitada em 26 de Outubro de 2011.
  14. SSC Napoli 4 vs 2 Lecce Goal.com. Página visitada em 2 de Julho de 2012.
  15. Cavani at the double. Página visitada em 11 de Julho de 2012.
  16. Napoli 3 Chelsea 1: Villas-Boas gets it wrong and Cavani doubles his misery. Página visitada em 22 de Fevereiro de 2012.
  17. Napoli 1 vs 0 Internazionale. Página visitada em 26 de Fevereiro de 2012.
  18. Napoli claim controversial win. Página visitada em 28 de Fevereiro de 2012.
  19. Warning for Chelsea as Ezequiel Lavezzi shines again for Napoli. Página visitada em 9 de Março de 2012.
  20. Napoli 1-3 Atalanta: Partenopei’s Slump Continues With Shock Loss. Página visitada em 11 de Abril de 2011.
  21. Lavezzi signs, Dani Alves & Moutinho could follow - how PSG are shaping up for a Champions League assault. Página visitada em 3 de Julho de 2012.
  22. Ibrahimovic rescues PSG in 2-2 draw with Lorient. Página visitada em 12 de Setembro de 2012.
  23. Lavezzi double seals place. Página visitada em 21 de Novembro de 2012.
  24. Paris Saint-Germain 2 x 1 FC Porto / UEFA.com. Página visitada em 4 de Dezembro de 2012.
  25. PSG 4-0 Evian: PSG in comprehensive win. Página visitada em 8 de Dezembro de 2012.
  26. IBRA HAT-TRICK CAPS FINE NIGHT FOR PSG. Página visitada em 11 de Dezembro de 2012.
  27. Jonas marca, mas PSG, na retranca, avança às quartas da Champions. Página visitada em 5 de Março de 2013.
  28. PSG segura o Valencia e avança para as quartas da Liga dos Campeões. Página visitada em 6 de Março de 2013.
  29. Thiago Silva é expulso e PSG perde chance de colocar mão na taça. Página visitada em 6 de Maio de 2013.
  30. Argentina 2008 Olympic Football Squad. Página visitada em 10 de Julho de 2008.
  31. A Nigéria 0-1 Argentina. Página visitada em 22 de Agosto de 2008.
  32. Argentina calor corajoso para levar o ouro. Página visitada em 23 de Agosto de 2008.
  33. Los 23 elegidos para el Mundial (em espanhol). Clarín (2 de junho de 2014).

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]