Isabel de Valois, Rainha de Espanha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde dezembro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Isabel de Valois
Retrato de Isabel por Juan Pantoja de la Cruz de 1565
Rainha Consorte de Espanha
Reinado 22 de junho de 15593 de outubro de 1568
Cônjuge Filipe II de Espanha
Casa Casa de Valois
Casa de Habsburgo
Pai Henrique II de França
Mãe Catarina de Médici
Nascimento 2 de Abril de 1545
Fontainebleau, Seine-et-Marne, França
Morte 3 de outubro de 1568 (23 anos)
Madrid, Espanha
Enterro El Escorial
Religião Cristianismo

Isabel de Valois (Fontainebleau, 2 de abril de 1545 - Madrid, 3 de outubro de 1568), foi uma filha da França e a terceira esposa do rei Filipe II de Espanha, fruto do Tratado de Cateau-Cambresis, que estabelecia a paz entre Espanha e França. Por esta razão, também é conhecida como Isabel da Paz.

Vida[editar | editar código-fonte]

Isabel era filha do rei Henrique II de França e Catarina de Médici.

O primeiro pretendente de Isabel foi Eduardo VI de Inglaterra, mas ele faleceu em 1553. Seu substituto foi o infante Carlos, mas ao ficar viúvo, seu pai Felipe II mudou os planos: Felipe se converteu no esposo da jovem Isabel, que tinha apenas quatorze anos. A cerimônia por poderes teve lugar em 22 de junho de 1559 em Paris. Isabel pisaria em território espanhol pela primeira vez em 6 de janeiro de 1560 ao chegar a Roncesvalles. Em 2 de fevereiro deste mesmo ano celebrou-se a missa de velações em Guadalajara com Isabel e Felipe presentes. Era a primeira vez que ambos esposos se viam cara a cara. Se casaram no Palacio do Infantado, nesta mesma cidade.

Em maio de 1564 se anunciou a primeira gravidez da rainha. Três meses depois, Isabel abortou. Ante a demora de uma nova gravidez, a rainha mandou trazer a Madrid os restos de São Eugenio, primeiro bispo de Paris e mártir. Em 12 de agosto de 1566 veio ao mundo a primeira filha de Felipe e Isabel, que recebeu o nome de Isabel Clara Eugenia: Isabel pela sua mãe, Clara pelo modo que estava o dia de seu nascimento e Eugênia pelo santo ao qual sua mãe suplicou. Em outubro de 1567 nasceu a segunda filha que se chamou Catarina Micaela. Depois do parto, sobreveio a Isabel a febre.

Em maio de 1568 a saúde da rainha estava frágil. Uma nova gravidez provocou nela vômitos e vértigos que trataram de ser aliviados pelos médicos da corte. Morreu em 3 de outubro de 1568 durante um parto prematuro de um natimorto do sexo masculino.

Muitos afirmaram que seu enteado, D. Carlos, nutria um amor secreto por ela, uma das razões que o levou à loucura.

Descendência[editar | editar código-fonte]

Isabel de Valois teve 2 filhas:

Precedida por:
Maria I de Inglaterra
Rainha Consorte de Espanha
Coat of Arms of Elisabeth of France (1545-1568), Queen Consort of Spain.svg

22 de junho de 15593 de outubro de 1568
Sucedida por:
Ana de Áustria
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Isabel de Valois, Rainha de Espanha