Jogabilidade não linear

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Um jogo com jogabilidade não-linear apresenta ao jogador desafios que podem ser completados em um número de sequências diferentes. Enquanto um jogo mais linear irá prover ao jogador uma sequência fixa de desafios, um jogo menos linear irá lhe permitir maior liberdade quanto aos objetivos. Por exemplo, um jogo não-linear pode permitir múltiplas possibilidades de se completá-lo, com escolhas entre caminhos diferentes para a vitória ou objetivos secundários e subenredos. Alguns jogos possuem ambos elementos lineares e não-lineares, enquanto que alguns outros possuem um modo de sandbox que permite ao jogador que explore o ambiente do jogo independentemente dos objetivos principais do mesmo.

O gênero é, em geral, considerado a ter começado na era 8-bits com jogos como Elite, Mercenary e Cholo. Exemplos mais modernos incluem as séries "The Sims" , Grand Theft Auto e Assassin's Creed e jogos como Jumpgate: The Reconstruction Initiative, inFamous, Far Cry, The Elder Scrolls, Minecraft S.T.A.L.K.E.R.: Shadow of Chernobyl, Midnight Club: Los Angeles e Prototype.

Um jogo que é notavelmente não-linear pode ser descrito como um jogo "em aberto" ou de tipo "sandbox".[1] [2] [3] [4] Jogos não-lineares ocasionalmente são descritos por prover uma jogabilidade emergente.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.