Língua umutina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A língua umutina é uma língua pertencente ao tronco linguístico macro-jê, da família bororo.

A partir de 1911, muitas epidemias assolaram a região do Mato Grosso, provocando a morte de quase todos os Umutina. Os sobreviventes passaram a viver junto aos pacificadores do SPI (Serviço de Proteção ao Índio) e foram educados somente na cultura dos brancos, sendo proibidos de falarem sua língua materna.[1]

Em 2012, Luciano Ariabo Quezo, aluno do terceiro ano do curso de Letras da UFSCar, primeiro graduando indígena a desenvolver projeto de Iniciação Científica com bolsa Fundação de Amparo á Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), que visa à criação de um livro didático na língua indígena Umutina, para ser utilizado nas séries iniciais do Ensino Fundamental da aldeia Umutina localizada no município de Barra dos Bugres, estado de Mato Grosso.[2]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.