Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Coat of arms of Portugal.svg
Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações
Palácio do Conde de Penafiel, Lisboa
www.moptc.pt
Criação 1850 [1]
2004 [2]
[1] como Ministério das Obras Públicas, Comércio e Indústria
[2] última recriação com a actual designação

O Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações (MOPTC) é o departamento do Governo de Portugal, que tem como missão definir, coordenar e executar a política nacional nos domínios da construção e obras públicas, dos transportes aéreos, fluviais, marítimos e terrestres e das comunicações.


História[editar | editar código-fonte]

O actual MOPTC tem origem no Ministério das Obras Públicas, Comércio e Indústria, criado em 1852. A sua cronologia histórica é a seguinte:
1852 - Criação do Ministério das Obras Públicas, Comércio e Indústria (MOPCI), responsável, não só pelos sectores das obras públicas, transportes terrestres e comunicações, mas também pelos assuntos económicos (Comércio, Indústria e Agricultura). O engenheiro militar Fontes Pereira de Melo torna-se o primeiro titular do ministério, iniciando uma política de obras públicas em larga escala que ficará conhecida como "Fontismo";
1910 - Na sequência do golpe republicano de 5 de outubro, o MOPCI passa a designar-se "Ministério do Fomento", mantendo as mesmas atribuições;
1917 - Os setores dos transportes terrestres e comunicações passam para a responsabilidade do novo Ministério do Trabalho e Previdência Social. O Ministério do Fomento passa a designar-se Ministério do Comércio, mantendo a responsabilidade sobre o setor das obras públicas;
1919 - A responsabilidade pelos transportes e comunicações volta ao Ministério das Comunicações, que passa a designar-se "Ministério do Comércio e Comunicações";
1932 - Os setores das obras públicas, transportes terrestres, transportes aéreos e comunicações autonomizam-se, passando para a responsabilidade do novo Ministério das Obras Públicas e Comunicações (MOPC);
1946 - O MOPC divide-se em dois: o Ministério das Obras Públicas - responsável pelas obras públicas - e o Ministério das Comunicações - responsável pelos transportes terrestres, transportes aéreos e comunicações;
1974 - Os ministérios das Obras Públicas e das Comunicações são reunificados, dando origem ao Ministério do Equipamento Social e Ambiente (MESA) que fica também com a tutela do setor da marinha mercante, como consequência da extinção do Ministério da Marinha;
1975 - O MESA subdivide-se no Ministério do Equipamento Social (MES) e no Ministério dos Transportes e Comunicações (MTC);
1976 - O MES subdivide-se no Ministério das Obras Públicas (MOP) e no Ministério da Habitação, Urbanismo e Construção (MHUC);
1978 - O MOP e o MHUC refundem-se, dando origem ao Ministério da Habitação e Obras Públicas (MHOP);
1981 - O MOPH e o MTC fundem-se, dando origem ao Ministério da Habitação, Obras Públicas e Transportes (MHOPT);
1983 - É criado o Ministério do Mar que assume a tutela da marinha mercante. O MHOPC passa a designar-se "Ministério do Equipamento Social (MES)";
1985 - O MES passa a designar-se "Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações (MOPTC), reassumindo a tutela do setor da marinha mercante, em virtude da extinção do Ministério do Mar;
1991 - É restaurado o Ministério do Mar, novamente com tutela sobre a marinha mercante;
1995 - O MOPTC volta a designar-se "Ministério do Equipamento Social (MES)", reassumindo a tutela da marinha mercante em virtude da nova extinção do Ministério do Mar;
1996 - O MES funde-se com o Ministério do Planeamento e da Administração do Território, dando origem ao Ministério do Equipamento, do Planeamento e da Administração do Território (MEPAT);
1999 - O MEPAT volta a subdividir-se no Ministério do Equipamento Social (MES) e no Ministério do Planeamento;
2002 - O MES passa a designar-se "Ministério das Obras Públicas, Transportes e Habitação (MOPTH)";
2004 - O MOPTH volta a designar-se "Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações". 2011 - É extinto o Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações e é recriado na Secretaria de Estado das Obras Públicas, dos Transportes e das Comunicações sob a tutela do Ministério da Economia e do Emprego. 2013 - A Secretaria de Estado passa-se a denominar de Secretaria de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações já sob a tutela do Ministério da Economia na remodelação governamental de 26 de Julho de 2013.

Organização[editar | editar código-fonte]

O MOPTC estrutura-se do seguinte modo:

  • Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações
    • Secretário de Estado adjunto, das Obras Públicas e Comunicações
    • Secretária de Estado dos Transportes
    • Serviços da administração direta do Estado:
      • Gabinete de Planeamento Estratégico e Relações Internacionais
      • Inspeção-Geral das Obras Públicas, Transportes e Comunicações
      • Secretaria-Geral
    • Organismos da administração indireta do Estado:
    • Entidade administrativa independente:
    • Orgão consultivo:
      • Conselho consultivo das Obras Públicas, Transportes e Comunicações
    • Outras estruturas:
      • Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves
      • Gabinete de Investigação de Segurança e de Acidentes Ferroviários
      • comissão Técnica do Registo Internacional de Navios da Madeira

Ministros[editar | editar código-fonte]

Ministros das Obras Públicas, Comércio e Indústria (1852 - 1910)[editar | editar código-fonte]

Ministros do Fomento (1910 - 1917)[editar | editar código-fonte]

Ministros do Comércio (1917 - 1919)[editar | editar código-fonte]

Ministros do Trabalho e Previdência Social (1917 - 1919)[editar | editar código-fonte]

Ministros do Comércio e Comunicações (1919 - 1932)[editar | editar código-fonte]

Ministros das Obras Públicas e Comunicações (1932 - 1946)[editar | editar código-fonte]

Ministros das Obras Públicas (1946 - 1974)[editar | editar código-fonte]

Ministros das Comunicações (1946 - 1974)[editar | editar código-fonte]

Ministros do Equipamento Social e Ambiente (1974 - 1975)[editar | editar código-fonte]

Ministros do Equipamento Social (1975 - 1976)[editar | editar código-fonte]

Álvaro Augusto Veiga de Oliveira

Ministros dos Transportes e Comunicações (1975 - 1981)[editar | editar código-fonte]

Ministros das Obras Públicas (1976 - 1978)[editar | editar código-fonte]

Ministros da Habitação, Urbanismo e Construção (1976 - 1978)[editar | editar código-fonte]

Ministros da Habitação e Obras Públicas (1978 - 1981)[editar | editar código-fonte]

Ministros da Habitação, Obras Públicas e Transportes (1981 - 1983)[editar | editar código-fonte]

Ministros do Equipamento Social (1983 - 1985)[editar | editar código-fonte]

Ministros das Obras Públicas, Transportes e Comunicações (1985 - 1995)[editar | editar código-fonte]

Ministros do Equipamento Social (1995-1996)[editar | editar código-fonte]

Ministros do Equipamento, do Planeamento e da Administração do Território (1996-1999)[editar | editar código-fonte]

Ministros do Equipamento Social (1999-2002)[editar | editar código-fonte]

Ministros das Obras Públicas, Transportes e Habitação (2002-2004)[editar | editar código-fonte]

Ministros das Obras Públicas, Transportes e Comunicações (2004- )[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]