Comboios de Portugal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


CP - Comboios de Portugal, E.P.E.
Logótipo da companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses, na Estação de Miranda do Corvo.
Slogan 'Próxima paragem: mudar a sua vida.'
Tipo Entidade Pública Empresarial
Fundação Lisboa
Sede Lisboa
Página oficial www.cp.pt
Comboios urbanos da CP na Estação de São Bento no Porto.
Comboio Alfa Pendular da CP na Gare do Oriente em Lisboa.

A empresa Comboios de Portugal é uma empresa portuguesa de transporte ferroviário. Sucedeu em 2009 à empresa Caminhos de Ferro Portugueses, esta última tendo já sucedido em 1976 à empresa Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses. A empresa Comboios de Portugal E.P.E. foi criada pelo Decreto-Lei n.º 137-A/2009.

Caracterização[editar | editar código-fonte]

Actualmente, a CP transporta cerca de 178 milhões de passageiros e 9,3 milhões de toneladas de mercadorias por ano. Encontra-se dividida em diferentes sub-empresas que representam unidades de negócio diferentes, cada uma com uma parte específica dos serviços prestados pela empresa:

LogoCPantigo.jpgLogotipo dos Caminhos de Ferro Portugueses.jpg
Logótipos da CP, antes e depois de 1981.


A CP actualmente dedica-se apenas ao transporte e actividades conexas. A gestão da rede ferroviária nacional, que lhe pertenceu até 1997, está hoje entregue a uma outra empresa pública, a REFER. É liderada por Manuel Queiró, presidente do Conselho de Administração da CP desde 21 de fevereiro de 2013.

Em Junho de 2011 a empresa apresentava um prejuízo de 195 milhões de euros e uma dívida de 3.3 milhões de euros[1] .

Linhas em que presta ou prestou serviços de transporte[editar | editar código-fonte]

Rede da Refer, onde circulam os serviços da CP.
Locomotivas (ex-1200 e -1400) cedidas pela CP a operadores ferroviários privados.

Conselho de Administração[editar | editar código-fonte]

O Presidente do Conselho de Administração é o responsável máximo da empresa, liderando uma equipa geralmente constituída por cinco membros, contando com o próprio Presidente. Os membros do conselho de administração são nomeados diretamente pelo ministro da tutela e exercem geralmente um mandato trianual.

Sendo um cargo de confiança política, os nomeados são geralmente membros ou independentes próximos dos dois partidos que se alternam na chefia do Governo de Portugal, o PS e o PSD.

O atual Presidente do Conselho de Administração é Manuel Queiró, que sucedeu a José Benoliel a 21 de fevereiro de 2013.

Acompanham-no a vice-presidente Cristina Dias e as vogais Isabel Vicente e Maria João Calado Lopes.

Titular Partido Político Mandato
António Brito da Silva Partido Social Democrata 19951997
Crisóstomo Teixeira Partido Socialista 19972003
Ernesto Martins de Brito Partido Social Democrata 20032004
António Ramalho Partido Social Democrata 20042006
Francisco Cardoso dos Reis Partido Socialista 20062010
José Benoliel Independente 20102012
Manuel Queiró CDS - Partido Popular 2013—presente

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Mais informações nos sites oficiais das empresas/entidades

  • Operador Ferroviário Português - CP - Comboios de Portugal, E.P.
  • Gestor das Infra-estruturas Ferroviárias Portuguesas - REFER - Rede Ferroviária Nacional, E.P.
  • Entidade Responsável pela Alta Velocidade em Portugal - RAVE - Rede Ferroviária de Alta Velocidade, S.A.
  • Entidade Reguladora do Sector Ferroviário Português - IMTT - Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres, I.P.
  • História da CFF - História da CCF - Abril 2012
  • Material de Longo curso - Transportes XXI: CP- Longo Curso - Jul. 2012