Elvas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou secção:
Elvas
Brasão de Elvas Bandeira de Elvas
Brasão Bandeira
Elvas - Entrada da cidade e antigo Convento de São João de Deus.JPG
Entrada da cidade e antigo Convento de São João de Deus
Localização de Elvas
Gentílico Elvense
Área 631,29 km²
População 23 078 hab. (2011)
Densidade populacional 36,56 hab./km²
N.º de freguesias 7
Presidente da
Câmara Municipal
Nuno Mocinha (PS)
Fundação do município
(ou foral)
1229 (785 anos)
Região (NUTS II) Alentejo
Sub-região (NUTS III) Alto Alentejo
Distrito Portalegre
Antiga província Alto Alentejo
Orago Senhor Jesus da Piedade
Feriado municipal 14 de Janeiro (Batalha das Linhas de Elvas)
Código postal 7350
Sítio oficial www.cm-elvas.pt
Municípios de Portugal Flag of Portugal.svg

Elvas OTE é uma cidade raiana portuguesa situada no Distrito de Portalegre, na região do Alentejo e na sub-região do Alto Alentejo, com 15 941 habitantes (2011).[1]

É sede de um município com 631,29 km² de área e 23 078 habitantes (Censos 2011), subdividido em 7 freguesias.[2] O município é limitado a norte pelo município de Arronches, a nordeste por Campo Maior, a sudeste pelos municípios espanhóis de Olivença e Badajoz, a sul pelo Alandroal e por Vila Viçosa e a oeste por Borba e por Monforte.

Às portas de Espanha, distando apenas 8 km (em linha recta) da cidade de Badajoz, Elvas foi a mais importante praça-forte da fronteira portuguesa, a cidade mais fortificada da Europa, tendo sido por isso cognominada "Rainha da Fronteira".

A 16 de Setembro de 2013, Elvas e Badajoz assinaram um protocolo de união e converteram-se na Eurocidade Elvas-Badajoz, com o objectivo de atrair mais emprego, investimento e desenvolvimento às duas urbes. As duas cidades formam uma cidade com cerca de 200 mil habitantes.[3] [4]

Elvas alberga o maior conjunto de fortificações abaluartadas do mundo[5] as muralhas de Elvas, as quais em conjunto com o centro histórico da cidade são Património Mundial da Humanidade, título atribuído pela UNESCO a 30 de Junho de 2012[6] [7]

Segundo um estudo realizado pelo jornal Expresso relativamente à qualidade de vida das cidades portuguesas, Elvas foi classificada como a 12ª melhor cidade de Portugal, e a 2ª melhor do Alentejo, apenas atrás de Évora.[8]

História[editar | editar código-fonte]

Os Godos e os Celtas terão sido os primeiros povoadores desta autêntica "cidade-fortaleza", que hoje se estende para além das suas muralhas em forma de estrela.

Os romanos deram-lhe o nome "Helvas". Em 714, os Árabes conquistaram-na, deixando estes primeiros tantas marcas da sua presença que algumas ainda perduram até aos nossos dias.

No reinado de D. Afonso Henriques, mais precisamente em 1166, Elvas foi conquistada aos Mouros pela primeira vez. Posteriormente foi reconquistada e perdida de novo, sendo integrada definitivamente em território português por D. D.Sancho II, em 1229.

O primeiro foral foi-lhe outorgado no mesmo ano, por D. Sancho II; teve um novo foral em 1513, concedido por D. Manuel I de Portugal, que marcou a elevação de Elvas à categoria de cidade.

A 14 de janeiro de 1659, as suas linhas de muralhas e os fortes de Santa Luzia e da Graça tiveram um papel defensivo importante no desfecho da Guerra da Restauração, na Batalha das Linhas de Elvas.

Património Histórico[editar | editar código-fonte]

Aqueduto das Amoreiras
Muralhas e Castelo de Elvas

As muralhas seiscentistas de Elvas constituem a maior fortificação abaluartada do mundo, o que é comprovado pela inscrição na lista do Património Mundial da UNESCO do sítio "Cidade Fronteiriça e de Guarnição de Elvas e as suas Fortificações" em 2012. Nessa inscrição estão incluídos o Aqueduto da Amoreira, os fortes da Graça e de Santa Luzia, os fortins de São Domingos ou da Piedade, São Pedro e São Mamede e todo o centro histórico, com as cercas medievais e os restantes edifícios militares da antiga praça-forte de Elvas.

Militar[editar | editar código-fonte]

Sé de Elvas (antiga) - capela-mor; data: 1734; autoria: José Francisco de Abreu.

Religioso[editar | editar código-fonte]

Civil[editar | editar código-fonte]

Arqueológico[editar | editar código-fonte]

Outros[editar | editar código-fonte]

Saúde[editar | editar código-fonte]

Principais meios de Saúde de Elvas:

  • Hospital:
O HSLE - Hospital de Santa Luzia de Elvas foi inaugurado a 14 de Março de 1994 e está construído nos terrenos da Fundação Materno-Infantil Mariana Martins nome da maternidade do hospital, este Hospital veio substituir o Hospital da Misericórdia que se encontrava na Rua da Cadeia em pleno centro da cidade e que hoje alberga o MACE- Museu de Arte Contemporanea de Elvas. Este hospital está integrado na "ULSNA - Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano, E.P.E". Em 2004 foi cognominado por Agentes Especiais de Saúde de Espanha com o título de "Hospital do Futuro". Este hospital é servido por três viaturas de INEM e 1 viatura de SIV - Suporte Imediato de Vida, e ainda pelas ambulâncias dos Bombeiros Voluntários de Elvas e das corporações de Bombeiros dos municípios que utilizam este hospital. Este hospital serve os municípios de Elvas, Arronches, Campo Maior, Borba, Estremoz, Monforte, Alandroal, Vila Viçosa e Sousel, num total de cerca de 70.000 habitantes.
  • Hospital de Santa Luzia - Valências e Serviços
  • Serviço de Urgências
  • Serviço de Consultas Externas: Anestesiologia, Angiologia e Cirurgia Vascular, Cardiologia, Cirurgia Geral, Diabetes, Doenças Infecciosas, Ginecologia e Obstetrícia, Imunoalergologia, Medicina Física e de Reabilitação, Medicina Interna, Oncologia Médica, Ortopedia, Pediatria, Psicologia, Oftalmologia, Otorrinolaringologia.
  • Serviço de Cirurgia Geral
  • Serviço de Medicina Interna
  • Serviço de Anestesiologia
  • Serviço de Ortopedia
  • Serviço de Cardiologia
  • Serviço de Fisioterapia e Reabilitação
  • Serviço de Oncologia e Hospital de Dia
  • Serviço de Pediatria (Encerrado desde Junho de 2006)
  • Maternidade Mariana Martins (Encerrada desde Junho de 2006)
  • Centro de Saúde:

O Centro de Saúde de Elvas, dispõe de duas USF - Unidades de Saúde Familiar: USF Amoreira e a USF Uadiana, além de 7 extensões de saúde: Barbacena, Vila Boim, Vila Fernando, Terrugem, Varche, Santa Eulália e São Vicente.

  • Centro Humanitário da Cruz Vermelha Portuguesa

Desporto e Outros[editar | editar código-fonte]

Desportos Radicais[editar | editar código-fonte]

  • Parque de Desportos Radicais do Jardim Municipal de Elvas

Estádios e Campos[editar | editar código-fonte]

  • Estádio Municipal de Atletismo de Elvas
  • Estádio Municipal de Elvas (3 relvados sintéticos)
  • Centro de Ténis de Elvas
  • Estádio Municipal da Terrugem
  • Estádio Municipal de Vila Boim
  • Estádio Municipal Picão Caldeira de Santa Eulália

Pavilhões[editar | editar código-fonte]

  • Pavilhão Desportivo Municipal de Elvas
  • Pavilhão Desportivo Municipal de Vila Boim
  • Pavilhão Desportivo da Escola Básica 2,3 nº1 de Elvas
  • Pavilhão Desportivo da Escola Básica 2,3 nº2 de Elvas
  • Pavilhão Desportivo da Escola Secundária D. Sancho II

Piscinas[editar | editar código-fonte]

  • Complexo de Piscinas Municipais de Elvas (Piscinas Abertas e Cobertas)
  • Piscinas José Vicente Abreu de Elvas
  • Elxadai Park - Parque Aquático de Elvas
  • Piscina Municipal de Santa Eulália
  • Piscina Municipal de Terrugem

Equestre[editar | editar código-fonte]

  • Centro Hípico de São Brás
  • Centro Hípico Elxadai
  • Complexo de Animação e Formação Equestre de Elvas

Caça[editar | editar código-fonte]

  • Campo de Tiro de Caça

Educação[editar | editar código-fonte]

Agrupamento de Escolas nº1 de Elvas

  • Escola Básica 2,3 nº2 de Elvas
  • Escola Básica do 1º Ciclo com Jardim de Infância da Boa-Fé
  • Escola Básica do 1º Ciclo com Jardim de Infância de Alcáçova
  • Escola Básica do 1º Ciclo com Jardim de Infância da Raposeira
  • Escola Básica do 1º Ciclo com Jardim de Infância das Fontainhas

Agrupamento de Escolas nº2 de Elvas

  • Escola Básica 2,3 nº1 de Elvas
  • Escola Básica do 1º Ciclo com Jardim de Infância de Santa Luzia
  • Escola Básica do 1º Ciclo com Jardim de Infância de Malvar
  • Escola Básica do 1º Ciclo com Jardim de Infância da Calçadinha
  • Jardim de Infância do Revoltilho

Agrupamento de Escolas nº3 de Elvas

  • Escola Secundária D. Sancho II de Elvas
  • Escola Básica Integrada 1,2,3 com Jardim de Infância de Vila Boim
  • Escola Básica do 1º Ciclo com Jardim de Infância de São Vicente
  • Escola Básica do 1º Ciclo com Jardim de Infância de Santa Eulália
  • Escola Básica do 1º Ciclo com Jardim de Infância de Terrugem
  • Escola Básica do 1º Ciclo de Barbacena

Ensino Superior, Profissional e Outros

  • Escola Superior Agrária de Elvas
  • Pólo de Formação Superior de Elvas
  • Colégio Luso-Britânico de Elvas
  • Colégio Obra de Santa Zita de Elvas
  • Centro de Formação Profissional de Elvas
  • Competir - Formação e Serviços SA
  • Universidade Sénior de Elvas
  • Universidade Sénior de Barbacena
  • Universidade Sénior da Boa-fé
  • Universidade Sénior de Vila Boim
  • Universidade Sénior de São Vicente
  • Universidade Sénior de S. Brás e S. Lourenço
  • Universidade Sénior de Terrugem
  • Universidade Popular de Santa Eulália
  • Academia de Música de Elvas
  • Academia de Dança de Elvas

Praças de Touros[editar | editar código-fonte]

  • Coliseu de Elvas
  • Praça de Touros de Terrugem
  • Praça de Touros de Santa Eulália
  • Praça de Touros de São Vicente e Ventosa
  • Praça de Touros de Vila Boim
  • Praça de Touros de Barbacena
  • Praça de Touros de Vila Fernando

Pavilhões Multiusos e Auditórios[editar | editar código-fonte]

  • Coliseu de Elvas
  • Centro de Negócios Transfronteiriço de Elvas
  • Pavilhão Multiusos de Barbacena
  • Pavilhão Multiusos de Santa Eulália
  • Pavilhão Multiusos de São Vicente e Ventosa
  • Pavilhão Multiusos de Terrugem
  • Pavilhão Multiusos de Vila Boim
  • Cinema São Mateus
  • Cine-Teatro Municipal de Elvas
  • Auditório do Centro de Negócios Transfronteiriço
  • Auditório da Biblioteca Municipal de Elvas Drª Elsa Grilo

Geografia[editar | editar código-fonte]

Clima[editar | editar código-fonte]

Elvas não é excepção em relação à monotonia das características alentejanas.

Assim, o clima, de feição mediterrânico, apresenta aqui uma secura estival acentuada e um Outono e Inverno pluviosos, obviamente, não tão pluviosos como em certas regiões do país, de superior altitude ou mais próximas da influência oceânica.

Deste modo, os Verões apresentam temperaturas bastante elevadas chegando facilmente a atingir os 45°C (máximo registado 50°C em Julho de 2006) e em contrapartida, os Invernos são muito frios e com frequentes geadas (muitas vezes atingem-se temperaturas negativas durante as noites e queda de granizo), o que determina uma amplitude de variação térmica anual de cerca de 50°C.

Demografia[editar | editar código-fonte]

População do concelho de Elvas (1801 – 2011)
1801 1849 1900 1930 1960 1981 1991 2001 2011
16 963 15 425 21 548 24 711 28 562 24 981 24 474 23 361 23 078

Bairros e Urbanizações da Cidade[editar | editar código-fonte]

  • Centro Histórico
  • Bairro de Santa Luzia
  • Bairro da Boa-Fé
  • Bairro das Pias
  • Bairro das Fontainhas
  • Bairro de São Pedro
  • Bairro Europa
  • Bairro de Santo Onofre
  • Bairro das Sochinhas
  • Bairro da Belhó
  • Bairro do Revoltilho
  • Bairro da Raposeira
  • Bairro Cidade Jardim
  • Bairro das Caixas
  • Bairro da Piedade
  • Bairro da Fonte Nova
  • Urbanização Villas Aqueduto
  • Urbanização Quinta dos Arcos
  • Urbanização Olival do Moreno
  • Urbanização Quinta do Morgadinho
  • Urbanização Lugar do Paraíso
  • Urbanização Quinta de Santa Rita
  • Urbanização Quinta da Carvalha
  • Urbanização Quinta de São Pedro
  • Urbanização Quinta do Padre
  • Urbanização Edifícios Lena
  • Urbanização Quinta de Santa Clara
  • Zona Industrial de Elvas
  • Parque Empresarial de Elvas
  • Parque Empresarial e Residencial Edifício Lena
  • Parque Empresarial, Comercial e Residencial Edifício Aqueduto
  • Parque Empresarial, Comercial e Residencial Edifício Espaço Santa Luzia

Cultura[editar | editar código-fonte]

Museus[editar | editar código-fonte]

Biblioteca Municipal Dr.ª Elsa Grilo[editar | editar código-fonte]

A Biblioteca Municipal de Elvas Dr.ª Elsa Grilo foi recentemente remodelada, num investimento de 2,7 milhões de euros, e é agora considerada uma das mais modernas de Portugal.

No 1.º piso do prédio, encontramos as dependências para o pessoal e tem a entrada para a descarga de novas aquisições e o seu tratamento.

No 2.º piso, está a recepção, uma sala polivalente onde pode funcionar um auditório para 100 pessoas, e o espaço de bar/cafetaria, instalado no pátio interior e incluindo um espaço de esplanada para se poder desfrutar o ar livre.

O 3.º piso do edifício tem diversas áreas: o espaço infantil, onde a sala do conto assume uma grande vivacidade, conferida pelas cores garridas da decoração; a sala multimédia, com televisão, leitores de DVD e de CD áudio, além de acesso à Internet; mais à frente, encontramos a sala principal de empréstimo para adultos.

A Biblioteca Municipal de Elvas, tem um dos maiores e mais luxuosos arquivos da rede de bibliotecas do país, com mais de 20 mil manuscritos valiosos e mais de 2 mil obras musicais dos séculos XVIII e XIX.

A 19 de Abril de 2013, adquiriu o nome de Biblioteca Municipal de Elvas Dr.ª Elsa Grilo, em homenagem à Vereadora Elsa Grilo da Câmara Municipal de Elvas, responsável pela candidatura de Elvas a Património Mundial[9] .

Coliseu de Elvas[editar | editar código-fonte]

Inaugurado a 28 de Setembro de 2006, o Coliseu de Elvas, oficialmente Coliseu José Rondão Almeida, é das poucas infra-estruturas no eixo Lisboa-Madrid com dimensão para grandes eventos e uma capacidade da ordem dos 7 500 espectadores, sendo que entre Elvas e Lisboa é o único com capacidade superior a 6.500 lugares sentados do género.

Destaca-se na sua construção a cobertura amovível que permite a realização de uma panóplia de eventos bastante alargada, de touradas a torneios de basquetebol, passando pelos concertos musicais, galas e congressos. Diz-se até que com estas características não há nenhum entre Lisboa e Madrid.

Nos cerca de 100 eventos organizados entre Setembro de 2006 e Outubro de 2012, estiveram contabilizados mais de 500 mil espectadores.

Desde 2008 que o Coliseu de Elvas recebe a maior Pista de Gelo coberta de Portugal com oitocentos metros quadrados que está aberta ao público entre Novembro e Janeiro.

Comércio[editar | editar código-fonte]

O principal centro de comércio da cidade encontra-se no centro histórico, onde se situam as principais lojas, distribuídas pelas variadas ruas do comércio. As principais ruas de comércio do centro histórico, possuem um sistema de microclima que arranca automaticamente quando a temperatura ultrapassar os 30°C. Também no Bairro Cidade-Jardim se encontra um largo número de comércio. Diversas cadeias de hipermercados e superfícies comerciais estão instaladas na cidade, como é o caso do Continente, Intermarché, Lidl, Minipreço, Fonte Nova, Marvanejo, Espaço Casa, Seaside, Worten, Modalfa, etc. Existem também diversos centros comerciais de bairro, embora pequenos e com lojas locais.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Elvas é uma cidade de carácter fortemente turístico, sendo então Património Mundial da Humanidade, visitada anualmente por milhares de pessoas. Pelo principal Posto de Turismo da cidade, localizado na Praça da República, passam anualmente largos milhares de turistas, embora existam mais 3 postos de turismo na cidade.

Repleta de pontos turísticos de interesse, sejam eles monumentais, museológicos, históricos, religiosos e até mesmo a nível económico, Elvas é a capital do turismo do Alto Alentejo (sub-região e claramente uma das cidades mais importantes do Alentejo. Elvas dispõe de uma larga e rica oferta a nível de restauração e hotelaria, dispondo também de parques de campismo para os mais aventureiros. A lotação do concelho de Elvas vai dos 5 000 lugares na restauração e cerca de 1 000 camas em hotelaria.

Certames[editar | editar código-fonte]

Há com alguma regularidade diversos certames no concelho de Elvas, no Centro de Negócios Transfronteiriço, das quais se destacam:

  • Feira das Oportunidades
  • Feira da Natureza
  • Feira das Ervas Naturais
  • Feira do Património e do Turismo
  • Feira dos Produtos Regionais do Alentejo e da Estremadura Espanhola
  • Feira das Antiguidades
  • Exposição Internacional de Felinicultura
  • Exposição Internacional Canina
  • Exposição Automóveis Usados
  • Salão Ibérico do Casamento

Principais Eventos[editar | editar código-fonte]

  • Comemorações da Batalha das Linhas de Elvas - Feriado Municipal
  • Comemorações da Elevação de Elvas a Cidade e Eleita Património Mundial
  • Carnaval Internacional de Elvas (O maior carnaval do Alentejo)
  • Festival ArtJazz
  • Festival Medieval
  • Semana Académica e da Juventude
  • Freedom Festival
  • Feira da Criança
  • Feira Ibérica do Livro
  • Feira de São Mateus/Expo São Mateus (A maior feira do Alentejo)
  • Feira de Maio
  • Festival Noites de Verão
  • Festival da Idade de Ouro
  • Festival Ibérico do Marisco
  • Festival de Artesanato e Gastronomia
  • Romaria do Senhor Jesus da Piedade
  • Romaria de Nossa Senhora da Ajuda

Economia[editar | editar código-fonte]

No concelho predominam as actividades ligadas ao sector terciário, seguidas pelas do secundário, com as indústrias de descasque de arroz, de conservas de tomate e das famosas azeitonas, e só depois pelas do primário.

Na agricultura destacam-se os cultivos de azeitona, cereais para grão, de prados temporários e culturas forrageiras, de culturas industriais, de pousio, de olival e de prados e pastagens permanentes. A pecuária tem também alguma importância, nomeadamente na criação de aves, ovinos e bovinos.

Quase 18% (1588 ha) do seu território está coberto de floresta.

Recentemente, foi anunciada a construção da plataforma logística de Elvas / Caia pelo Governo. Serão investidos €59.000.000, 52 na plataforma e 7 em acessibilidades. A área disponível abrange 38 hectares, sendo que a área de expansão vai até aos 22 hectares. A plataforma vai incluir áreas logísticas multifunções, especializada e de transformação, terminal ferro-rodoviário e serviços de apoio a empresas e veículos. A plataforma do Caia visa alargar o hinterland dos portos de Lisboa, Setúbal e Sines e dinamizar a actividade económica da região do Alentejo através da captação de investimento português e espanhol para o interior alentejano e do incentivo à indústria local, facilitando a distribuição da sua produção nos mercados alvo.

Imprensa[editar | editar código-fonte]

  • Rádio Elvas
  • Jornal Linhas de Elvas
  • Revista In Alentejo
  • Revista Elvas-Caia
  • Revista Elvas, História Viva
  • Revista Monumentos
  • Boletim Municipal do Município de Elvas
  • Portal Tudobem - Informação Regional
  • Portal Cidade de Elvas
  • Portal Elvas Digital
  • Portal Elvas News
  • TV Guadiana

Organização administrativa[editar | editar código-fonte]

Administração municipal[editar | editar código-fonte]

O município de Elvas é administrado por uma Câmara Municipal composta por sete vereadores. Existe uma Assembleia Municipal, que é o órgão deliberativo do município, constituída por 28 deputados municipais.

Nas eleições de 29 de setembro de 2013, a composição dos órgãos autárquicos ficou a ser a seguinte:

Órgão PS CDS-PP PPD-PSD/PPM PCP-PEV BE
Vereadores da Câmara Municipal 6 1 0 0
Deputados da Assembleia Municipal 23 3 1 1 0

Foi eleito Presidente da Câmara (pelo PS), com maioria absoluta (69.29%), o Dr. Nuno Miguel Fernandes Mocinha.

Freguesias[editar | editar código-fonte]

Freguesias do concelho de Elvas

Desde a reorganização administrativa de 2012/2013,[2] o concelho de Elvas é composto por 7 freguesias:

Lista dos Presidentes da Câmara Municipal de Elvas[editar | editar código-fonte]

Pré-25 de Abril de 1974

  • Mário Cidraes[10]
  • José Vicente de Abreu (1957-(?))[11]

Pós-25 de Abril de 1974

  • Dr. Manuel Gonçalves Silva[12]
  • Dr. João Carpinteiro (1989-1993) [PSD][13]
  • Comendador José António Rondão Almeida (1993-2013) [PS]
  • Nuno Miguel Fernandes Mocinha (2013-) [PS]

Cidades gémeas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Elvas
Imagem: Cidade Fronteiriça e de Guarnição de Elvas e as suas Fortificações A cidade de Elvas inclui o sítio Cidade Fronteiriça e de Guarnição de Elvas e as suas Fortificações, Património Mundial da UNESCO. Welterbe.svg