País insular

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Países insulares no mundo

Um país insular é um Estado independente cujo território é composto de uma ilha ou grupo de ilhas. Geralmente não possui fronteiras terrestres, embora haja casos raros em que dois países partilhem a mesma ilha e façam, assim, fronteira terrestre uns com os outros. São os seguintes:

Há um caso de três países, na Ilha de Bornéu - Brunei, Indonésia (parte) e Malásia (parte);

A Austrália não está listada como país insular por ser a parte maior e principal do continente - a Oceania

Há dois tipos de país insular. Um grupo é formado por países de considerável extensão territorial e/ou densamente povoados, como Japão, Sri Lanka, Filipinas, Cuba, Reino Unido e Madagascar. O outro grupo é formado por pequenos países como Malta, Comoros, Bahamas, Tonga e Maldivas. Os países insulares podem ser divididos também em arquipélagos ou países de uma ou poucas ilhas principais (marcados com (P) a seguir).

Países insulares[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]