Philip Noel-Baker

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Philip John Noel-Baker Medalha Nobel
Fotografia de Philip Noel-Baker para a Fundação Nobel
Dados gerais
Nome de nascimento Philip John Noel-Baker
Nascimento 1 de Novembro de 1889
Local Londres
Morte 9 de Outubro de 1982 (92 anos)
Local Londres
Prêmio(s) Medalha do prêmio Nobel Nobel da Paz (1959)
Philip Noel-Baker
Informações pessoais
Modalidade Atletismo
Medalhas
Jogos Olímpicos
Prata Antuérpia 1920 1500 metros

Philip John Noel-Baker, Barão de Noel-Baker (Londres, 1 de Novembro de 1889 — Londres, 9 de Outubro de 1982) foi um político, diplomata e atleta britânico.

Noel-Baker foi selecionado e correu para a Grã-Bretanha no Jogos Olímpicos de Estocolmo em 1912, e foi gerente da equipe. Carregou a bandeira da equipe britânica nos Jogos Olímpicos de 1920, onde ganhou uma medalha de prata nos 1500 metros.[1] Foi premiado com o Nobel da Paz em 1959, pelo empenho de toda uma vida na paz e cooperação internacional.[2] Ele é a única pessoa que ganhou uma medalha olímpica e também recebeu um Prêmio Nobel.[2]

Início de vida[editar | editar código-fonte]

John Philip Baker nasceu em Brondesbury Park, em Londres. Ele foi o sexto dos sete filhos de seu pai canadense da Quaker, Joseph Allen Baker e sua mãe nascida na Escócia, Elizabeth Balmer Moscrip.[3] Seu pai havia se mudado para a Inglaterra em 1876 para montar um negócio de fabricação e serviu ao Partido Progressista membro do Conselho do Condado de Londres 1895-1906 e como membro da Câmara dos Comuns pelo Partido Liberal para Oriente Finsbury 1905-1918.[2]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Em junho de 1915, Philip Baker se casou com Irene Noel, uma enfermeira do hospital de campo em East Grinstead , posteriormente adotando o nome hifenizado Noel-Baker. Sua esposa era amiga de Virginia Woolf. Seu único filho, Francis Noel-Baker, atuou junto com seu pai na Câmara dos Comuns. O casamento, no entanto, não foi um sucesso. Philip Noel-Baker teve uma amante, em 1936, chamada Lady Megan Lloyd George, filha do ex-líder do Partido Liberal David Lloyd George. O caso terminou com a morte de Irene, em 1956. Depois da morte de Noel-Baker, em Westminster, com 92 anos de idade, ele foi enterrado ao lado de sua esposa em Heyshott, West Sussex.[3]

Referências

  1. Sports-Reference. Philip Baker Biography and Olympic Results (em inglês). Página visitada em 22 de dezembro de 2009.
  2. a b c Philip Noel-Baker (em português). Porto Editora. Infopédia. Página visitada em 04 de dezembro de 2012.
  3. a b David Howell, "Baker, Philip John Noel-, Baron Noel-Baker (1889–1982)" Oxford Dictionary of National Biography, Oxford University Press, 2004; online edn, Maio de 2012, Página visitada em 31 de outubro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Dominique Pire
Prémio Nobel da Paz
1959
Sucedido por
Albert Lutuli
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.