Mairead Corrigan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mairead Corrigan Medalha Nobel
Mairead Corrigan, 2009
Nascimento 27 de Janeiro de 1944 (70 anos)
Local Belfast
Prêmio(s) Nobel prize medal.svg Nobel da Paz (1976)

Mairead Corrigan (Belfast, 27 de Janeiro de 1944) é uma ativista pacifista britânica, e co-fundadora, junto a Betty Williams, do Community for Peace People (comunidades de pessoas para a paz), uma organização que encoraja uma resolução pacífica dos conflitos que atingem a Irlanda do Norte.

Por seus esforços em promover a reconciliação entre católicos e protestantes em Belfast, no contexto da guerra civil na Irlanda do Norte, foi laureada com o Nobel da Paz de 1976, juntamente com Betty Williams.

É membro do Comité de patrocínio da Coordenação internacional para o Decênio da cultura da não-violência e da paz.

Há vários anos, Maguire está envolvida com os movimentos de defesa dos palestinos. Em 2009, foi presa em Israel e deportada, juntamente com seis cidadãos britânicos e três americanos, quando tentavam entrar na Faixa de Gaza pelo mar, furando o bloqueio imposto por Israel ao território palestino. Os ativistas rejeitaram as ordens de deportação, argumentando que tinham sido levados para Israel contra a vontade, quando o barco em que viajavam, com destino a Gaza, foi interceptado pelo Tzahal.

Em setembro de 2010, Maguire, que pretendia participar da conferência We can change, em Ramallah, na Cisjordânia ocupada, foi impedida de fazê-lo, ao desembarcar em Israel. Por ser considerada perigosa, as autoridades israelenses a obrigaram a voltar a Frankfurt, de onde partira.[1] [2]

Referências

  1. Israel impede Nobel da Paz de ir à Palestina (em português) Outras palavras, 30 de setembro de 2010.
  2. Israel deports Nobel laureate. Irish Times, 7 de julho de 2009

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Andrei Sakharov
Nobel da Paz
1976
com Betty Williams
Sucedido por
Anistia Internacional