Polícia Rodoviária do Estado de São Paulo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Polícia Militar Rodoviária do Estado de São Paulo
País  Brasil
Estado  São Paulo
Corporação Polícia Rodoviária do Estado de São Paulo
Subordinação Polícia Militar do Estado de São Paulo
Missão Policiamento ostensivo e fiscalização de trânsito nas rodovias paulistas
Sigla PMRv
Criação 10 de janeiro de 1948
Aniversários 10 de janeiro
Marcha Canção da Polícia Rodoviária
Lema Anjos do Asfalto
Cores Cinza e Amarelo
História
Condecorações Medalha "Mérito e Dedicação" ;
   Medalha "Valor Militar" em Grau Prata;
   Medalha do Cinqüentenário do Policiamento Rodoviário;
   Medalha"Sesquicentenário" da Polícia Militar;
   Medalha "Batalhão Expedicionário Paulista";
   Medalha da Casa Militar do Gabinete do Governador;
   Medalha da Defesa Civil do Estado de São Paulo;
   Medalha das Forças de Paz da ONU .
   Medalha da "Sociedade Veteranos de 32 – MMDC";
   Láurea do Mérito Pessoal em Primeiro Grau.
Logística
Efetivo 4.500 militares [1]
Insígnias
Comando
Comandante Cel PM Mauro Cezar dos Santos Ricciarelli
Sede
Sede do Comando São Paulo
Internet http://www.policiamilitar.sp.gov.br/unidades/cprv/index.asp

A Polícia Rodoviária do Estado de São Paulo é uma modalidade de policiamento da Polícia Militar do Estado de São Paulo, criada para dar apoio ao DER (Departamento de Estradas de Rodagem) em acidentes e atendimentos aos usuários dentre outros é responsável pela fiscalização de trânsito e preservação da ordem pública nas rodovias estaduais.

História[editar | editar código-fonte]

Criada em 10 de janeiro de 1948 pelo Governador do Estado de São Paulo o Dr. Ademar Pereira de Barros, com o nome de Grupo Especial de Polícia Rodoviária, com um efetivo de 60 homens, ex-combatentes da Força Expedicionária Brasileira, comandados pelo 1º Tenente José de Pina Figueiredo, da então Força Pública, inicialmente atuava na recém inaugurada SP-150, Rodovia Anchieta.

A partir de 16 de novembro de 1962, passou a constituir uma fração da Milícia Paulista (Força Pública), sob a denominação de Corpo de Policiamento Rodoviário, e em 4 de dezembro de 1973, teve sua denominação adequada à função especial que exercia, passando a denominar-se Batalhão de Policiamento Rodoviário.

Em 15 de dezembro de 1975, após nova adequação, foi denominado de 1º Batalhão de Polícia Rodoviária, com sede em São Bernardo do Campo-SP, do qual foram desmembrados, em 7 de agosto de 1977, o 2º Batalhão de Polícia Rodoviária, com sede em Bauru-SP e, em 25 de janeiro de 1979, o 3º Batalhão de Polícia Rodoviária, com sede em Rio Claro-SP, os quais passaram a ter suas atividades coordenadas pelo Comando de Policiamento Rodoviário, com sede em São Paulo-SP, criado também em 25 de janeiro de 1979.

Buscando o constante aperfeiçoamento e a adequação de sua atuação às necessidades impostas pela complexidade da malha rodoviária paulista, em 30 de setembro de 1987, foi criado o TOR - Tático Ostensivo Rodoviário, cuja missão é atuar como Força Tática nas rodovias, empregando equipamentos, armamentos, técnicas e táticas específicas para as atividades de polícia ostensiva e de preservação da ordem pública nas rodovias.

O Comando de Policiamento Rodoviário, no ano do seu cinqüentenário, abriu as portas para a mulher brasileira, inicialmente com 40 policiais femininos que atuavam exclusivamente no sistema Anchieta/Imigrantes. Mais tarde, a atuação da mulher nas rodovias foi ampliada com a classificação de policiais femininos nas diversas unidades do Estado.

Em 16 de dezembro de 2004 foi criado o 4º Batalhão de Polícia Rodoviária, sediado em Jundiaí-SP, subordinado ao Comando de Policiamento Rodoviário, responsável pela polícia ostensiva e preservação da ordem pública em ações de policiamento de trânsito rodoviário, destinado a fortalecer a segurança nas rodovias compreendidas pelo cinturão rodoviário ao redor da Capital, abrangendo as saídas para as Regiões norte, oeste e sudoeste do Estado, dividindo as áreas de atuação dos antigos batalhões.

Em 27 de novembro de 2008, foi criado o 5º Batalhão de Polícia Rodoviária. Esta nova unidade teve dentro do planejamento a designação para se instalar na cidade de Sorocaba, sendo responsável pelo policiamento ostensivo e a fiscalização de trânsito em uma malha viária de milhares de quilômetros de rodovias paulistas, alcançando 81 municípios, onde destacamos a abrangência de São Paulo (Capital) a Botucatu.

Missão[editar | editar código-fonte]

Atualmente o Comando de Policiamento Rodoviário, como segmento especializado da Polícia Militar do Estado de São Paulo, é responsável pelo policiamento ostensivo de trânsito e pela preservação da ordem pública em toda a malha rodoviária paulista, perfazendo um total de mais de 20 mil quilômetros de rodovias, onde atuam mais de 4 mil homens e mulheres que, diuturnamente, lutam pela segurança dos usuários das rodovias com o mesmo afinco dos pioneiros da década de 1940, materializando o compromisso organizacional com a defesa da vida, da integridade física e da dignidade da pessoa humana.

Principais atividades e serviços prestados[editar | editar código-fonte]

  • 1. Realizar a fiscalização e o policiamento de trânsito, autuando infratores a legislação.
  • 2. Realizar intervenção direta e imediata nas ocorrências de acidentes de trânsito, promovendo a fluidez do trânsito, adotando as providencias de emergência e registrando circunstancialmente o fato.
  • 3. Realizar o policiamento ostensivo e a preservação da ordem pública nas rodovias.
  • 4. Realizar operações policiais preventivas em toda malha viária e áreas lindeiras, visando à diminuição dos ilícitos penais.
  • 5. Fornecer copia dos Boletins de Acidente de Trânsito Rodoviário para uso das pessoas interessadas e atestados.

Hierarquia[editar | editar código-fonte]

Estrutura[editar | editar código-fonte]

O Policiamento Rodoviário e executado por cinco Batalhões distribuídos ao longo das Rodovias do Estado de São Paulo.

1º Batalhão de Polícia Rodoviária - 1º BPRv[editar | editar código-fonte]

Sede - São Bernardo do Campo-SP
Companhias

2º Batalhão de Polícia Rodoviária - 2º BPRv[editar | editar código-fonte]

Sede - Bauru-SP
Companhias

3º Batalhão de Polícia Rodoviária - 3º BPRv[editar | editar código-fonte]

Sede - Araraquara-SP [2] [3] [4]
Companhias

4º Batalhão de Polícia Rodoviária - 4º BPRv[editar | editar código-fonte]

Sede - Jundiaí-SP
Companhias

5º Batalhão de Polícia Rodoviária - 5º BPRv[editar | editar código-fonte]

Sede - Sorocaba-SP
Companhias

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]