Relaxina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A relaxina é um hormônio produzido pelo corpo lúteo e pela placenta.

Ela produz um amolecimento das articulações pélvicas e das suas cápsulas articulares, o que dá a flexibilidade necessária para o parto, pois provoca o remodelamento do tecido conjuntivo, o que diminui a união dos ossos da pelve e alarga o canal de passagem do feto. Tem ação importante no útero, por distendê-lo a medida que o bebê cresce.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Fisiologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.