Roberto Mancini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Roberto Mancini
Roberto Mancini
Mancini no Manchester City em 2010
Informações pessoais
Nome completo Roberto Mancini
Data de nasc. 27 de Novembro de 1964 (49 anos)
Local de nasc. Jesi, Itália
Altura 1,79 m[1]
Destro
Apelido Mancio
Informações profissionais
Clube atual Sem Clube
Posição Treinador (ex-atacante)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1981–1982
1982–1997
1997–2001
2001
Total
Itália Bologna
Itália Sampdoria
Itália Lazio
Inglaterra Leicester City (emp.)
0030 0000(9)
0424 00(132)
0087 000(15)
0004 0000(0)
0545 00(156)
Seleção nacional
1982–1986
1984–1994
Flag of Italy.svg Itália Sub-21
Flag of Italy.svg Itália
0026 0000(9)
0036 0000(4)
Times que treinou
2001–2002
2002–2004
2004–2008
2009–2013
2013–2014
Itália Fiorentina
Itália Lazio
Itália Internazionale
Inglaterra Manchester City
Turquia Galatasaray
0000027
0000102
0000227
0000192
0000046
Última atualização: 24 de janeiro de 2014

Roberto Mancini (pronúncia italiana [roberto mantʃini] , (Jesi, 27 de novembro de 1964), é um treinador e ex-futebolista italiano que atuava como atacante. Atualmente está sem clube.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Na carreira profissional, Mancini jogou pelo Bologna, Sampdoria, Lazio e Leicester City. Na Sampdoria, formou uma ótima dupla de ataque com Gianluca Vialli, que levou o clube para seu único Scudetto em 1991, quatro Coppa Italia (1985, 1988, 1989 e 1994) e uma Copa da UEFA, em 1990. No clube blucerchiato, a dupla Mancini-Vialli ficou conhecida como "os gêmeos do gol": na temporada 1990-91 da Serie A, Mancini marcou 12 gols, enquanto Vialli anotou 19 numa campanha em que a Sampdoria só perdeu três jogos[2] .

Com a Lazio ele conquistou o seu segundo Scudetto, em 2000, e sua segunda Copa da UEFA, em 1999 e também mais duas Coppa Italia, em 1998 e em 2000.

Apesar de seu sucesso como jogador, Mancini nunca se tornou titular pela Seleção Italiana. Ele só disputou 36 partidas e marcou 4 gols pelo seu país e seu principal feito foi participar da Euro 1988 e da Copa do Mundo de 1990.

Como técnico[editar | editar código-fonte]

Depois de se aposentar como jogador, Mancini fez estágio de alguns meses na Lazio, que deixou para jogar pelo Leicester City. Depois de encerrar definitivamente sua carreira de jogador, Mancini foi convidado a treinar a ACF Fiorentina, clube o qual treinou por 1 temporada. Na temporada 2002/03 voltou à Lazio, para ser o treinador principal, antes de se transferir para a Internazionale, em 2004. Ele ganhou a Coppa Italia com ambos: Fiorentina (2001) e Lazio (2004). Dirigindo a Inter, conquistou duas Coppa Italia (2005 e 2006), duas Supercopas (2005 e 2006) e três Scudettos (2005/06, 2006/07, 2007/08), se transformando, assim, no mais bem sucedido técnico da Inter nos últimos dez anos. Apesar disso acabou sendo demitido em 2008 por ter fracassado em todas as vezes que disputou a Liga dos Campeões, e acabou sendo substituído por José Mourinho.

Em 19 de dezembro de 2009, foi anunciado oficialmente como técnico do Manchester City. Em 13 de maio de 2013, foi demitido do Manchester City. Em sua passagem pelo Citizens, Mancini acabou com um jejum de 35 anos sem títulos do clube.[3] [4]

No dia 30 de setembro de 2013, Roberto Mancini acertou com o Galatasaray por 3 temporadas, na primeira temporada, o comandante ganhará 3,5 milhões de euros (R$ 10,5 milhões). Nas campanhas seguintes, os valores serão aumentados para 4,5 milhões de euros (R$ 13,5 milhões). Além disso, o clube pagará um bônus por cada meta atingida. Se vencer a Liga dos Campeões da UEFA, o treinador ganhará 2,5 milhões de euros (R$ 7,5 milhões).[5]

Pediu a rescisão de contrato no dia 11 de junho de 2014. "Eu comuniquei a decisão de encerrar minha experiência no Galatasaray, e por decisão consensual com o clube decidimos findar a relação de trabalho. Como treinador, eu entendo as necessidades do meu clube", afirmou o técnico em comunicado.[6]


Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Clube Jogos Vitórias Empates Derrotas Aproveitamento
Fiorentina 27 6 5 16 22,22%
Lazio 102 49 32 21 48,04%
Internazionale 227 140 61 26 61,67%
Manchester City 192 114 38 40 59,38%
Galatasaray 46 25 12 9 54,35%

Obs.: o aproveitamento, em competições futebolísticas, é calculado em função dos pontos ganhos. Em competições oficiais, vitória = 3 pontos; empate = 1 ponto; e derrota = 0 ponto.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Sampdoria
Lazio


Como Técnico[editar | editar código-fonte]

Fiorentina
Internazionale
Manchester City

Referências

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]