Stanislas Wawrinka

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tenista Stanislas Wawrinka
Stanislas Wawrinka.jpg
Wawrinka
País Suíça
Residência Saint-Barthélemy, Suíça
Data de nasc. 28 de março de 1985 (29 anos)
Local de nasc. Lausana, Suíça
Altura 1,82m
Peso 79kg
Profissionalização 2002
Mão destro, backhand a uma mão
Prize money US$ 3 707 840 Fonte
Simples
Vitórias-Derrotas 167-129
Títulos 6
Melhor ranking 3.º (27 de janeiro de 2014)
Ranking atual simples 3.º (27 de janeiro de 2014)
Resultados de Grand Slam
Open da Austrália W (2014)
Open da França QF (2013)
Wimbledon QF (2014)
U.S. Open SF (2013)
Duplas
Vitórias-Derrotas 37-48
Títulos 1
Melhor ranking 90.º (6 de novembro de 2006)
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Pequim 2008 Duplas
Última atualização em: 166.º 7 de outubro de 2013.

Stanislas Wawrinka (Lausana, 28 de março de 1985) é um tenista profissional da Suíça. O sobrenome Wawrinka denota família de origem polaca, mas o seu pai é alemão, a sua mãe suíça e os avós checos.

Durante muito tempo foi o segundo melhor tenista suíço, depois de Roger Federer, mas em 27 de janeiro de 2014, após seu primeiro título em um torneio do Grand Slam, no Open da Austrália, tornou-se o número 1 suíço. Faz parte da equipe suíça da Copa Davis, e já venceu vários torneios ATP, incluindo um torneio do Grand Slam - o Open da Austrália de 2014 onde bateu Rafael Nadal, e quatro challengers na carreira. Antes de vencer na Austrália o seu melhor registo em torneios do Grand Slam era a presença nas semifinais do US Open em 2013[1] . Em juniores, venceu o Torneio de Roland Garros de 2003.

Em 2008, em parceria com seu amigo Roger Federer, conquistou a medalha de ouro em duplas nos Jogos Olímpicos de Pequim vencendo o par sueco Simon Aspelin e Thomas Johansson por 6-3, 6-4, 6-7(4), 6-3. Nesse mesmo ano, em 12 de maio, surgiu pela primeira vez no top 10 do ranking ATP ao alcançar a final do Masters de Roma, que perdeu para Rafael Nadal.

John McEnroe declarou que Wawrinka é um dos jogadores mais poderosos que viu e o melhor com o braço direito.[2]

O seu treinador é: Magnus Norman.

Durante a sua carreira como profissional conseguiu 5 títulos ATP: em 2006 venceu o Torneio de Umag a Novak Djokovic, em 2010 conquistou o Torneo de Casablanca depois de vencer Victor Hanescu na final, em 2011 ganhou a Xavier Malisse o Torneio de Chennai, em 2013 conseguiu vencer David Ferrer no Estoril Open e em 2014 repetiu a vitória no Torneio de Chennai ao vencer Édouard Roger-Vasselin, além da sua vitória no Open da Austrália de 2014 frente a Rafael Nadal. Disputou ainda nove finais ATP en individuais (Gstaad, Stuttgart, Viena, Doha, Roma, Chennai, Buenos Aires, Madrid e 's-Hertogenbosch) o que faz dele um dos mais completos tenistas do circuito ATP, batendo-se muito bem em todas as superfícies.

Conquistas[editar | editar código-fonte]

Grand Slam[editar | editar código-fonte]

Títulos (1)[editar | editar código-fonte]

Ano Campeonato Oponente na final Resultado na final
Open da Austrália de 2014 Austrália Open da Austrália Espanha Rafael Nadal 6-3, 6-2, 3-6, 6-3

ATP World Tour Masters 1000 Finais[editar | editar código-fonte]

Vice-Campeonatos (1)[editar | editar código-fonte]

Posição Ano Campeonato Piso Oponente na final Placar da final
Vice 2008 Roma Saibro Sérvia Novak Djokovic 6–4, 3–6, 3–6
Vice 2013 Madrid Saibro Espanha Rafael Nadal 2–6, 4–6

ATP Simples[editar | editar código-fonte]

Singles: 10 (4–6)[editar | editar código-fonte]

Vitórias (4)
Legenda (Simples)
Grand Slam (1)
Tennis Masters Cup /
ATP World Tour Finals (0)
ATP Masters Series /
ATP World Tour Masters 1000 (0)
ATP International Series Gold /
ATP World Tour 500 Series (0)
ATP International Series /
ATP World Tour 250 Series (3)
Títulos por piso
Duro (2)
Saibro (2)
Grama (0)
Carpete (0)
Vice (6)
Legenda (Simples)
Grand Slam (0)
Tennis Masters Cup /
ATP World Tour Finals (0)
ATP Masters Series /
ATP World Tour Masters 1000 (1)
ATP International Series Gold /
ATP World Tour 500 Series (2)
ATP International Series /
ATP World Tour 250 Series (3)
Títulos por Piso
Duro (3)
Saibro (3)
Grama (0)
Carpete (0)
Posição N. Data Torneio Piso Oponente na final Placar da final
Vice 1. 4 Julho 2005 Gstaad, Suíça Saibro Argentina Gastón Gaudio 6–4, 6–4
Campeão 1. 24 Julho 2006 Umag, Croácia Saibro Sérvia Novak Djokovic 6–6, ret.
Vice 2. 22 Julho 2007 Stuttgart, Alemanha Saibro Espanha Rafael Nadal 6–4, 7–5
Vice 3. 14 Outubro 2007 Vienna, Austria Duro (i) Sérvia Novak Djokovic 6–4, 6–0
Vice 4. 5 Janeiro 2008 Doha, Qatar Duro Reino Unido Andy Murray 6–4, 4–6, 6–2
Vice 5. 11 Maio 2008 Roma, Itália Saibro Sérvia Novak Djokovic 4–6, 6–3, 6–3
Vice 6. 4 Janeiro 2010 Chennai, India Duro Croácia Marin Čilić 7–6(2), 7–6(3)
Campeão 2. 11 April 2010 Casablanca, Marrocos Saibro Roménia Victor Hănescu 6–2, 6–3
Campeão 3. 9 de Janeiro de 2011 Chennai, Índia Dura Bélgica Xavier Malisse 7-5, 4-6, 6-1
Vice 7. 12 de Maio de 2013 Madrid, Espanha Saibro Espanha Rafael Nadal 2-6, 4-6
Campeão 4. 26 de Janeiro de 2014 Aberto da Austrália Dura Espanha Rafael Nadal 6-3, 6-2, 3-6, 6-3

Duplas: 4 (1–3)[editar | editar código-fonte]

Vitórias (1)
Posição N. Data Torneio Piso Parceiro Oponentes na final Placar da final
Campeão 1. 16 Agosto 2008 Jogos Olímpicos, Pequim Duro Suíça Roger Federer Suécia Simon Aspelin
Suécia Thomas Johansson
6–3, 6–4, 6–7(4), 6–3
Vice (3)
Posição N. Data Torneio Piso Parceiro Oponentes na final Placar da final
Vice 1. 11 Julho 2004 Gstaad, Suíça Saibro Suíça Marc Rosset Índia Leander Paes
República Checa David Rikl
6–4, 6–2
Vice 2. 7 Julho 2008 Gstaad, Suíça Saibro Suíça Stéphane Bohli República Checa Jaroslav Levinský
Eslováquia Filip Polášek
3–6, 6–2, 11–9
Vice 3. 11 Janeiro 2009 Chennai, India Duro Suíça Jean-Claude Scherrer Estados Unidos Eric Butorac
Estados Unidos Rajeev Ram
6–3, 6–4

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]