Born to Make You Happy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Born To Make You Happy"
Single de Britney Spears
do álbum ...Baby One More Time
Lançamento 6 de dezembro de 1999
Formato(s) CD Single, single cassete
Gravação 1998
Gênero(s) Dance-pop, teen pop
Duração 4:03
Gravadora(s) Jive
Composição Andreas Carlsson, Kristian Lundin
Produção Kristian Lundin
Cronologia de singles de Britney Spears
Último
Último
"(You Drive Me) Crazy"
(1999)
"From the Bottom of My Broken Heart"
(1999)
Próximo
Próximo

"Born To Make You Happy" (em português: Eu Nasci Pra Te Fazer Feliz) é uma canção da cantora americana Britney Spears. A canção foi escrita e produzida por Kristian Lundin e co-escrita por Andreas Carlsson para o álbum de estreia de Spears, ...Baby One More Time (1999). A canção foi lançada em 6 de dezembro de 1999 pela Jive Records, como o quarto single do álbum. A canção teen-pop, fala de uma relação que uma mulher deseja corrigir, sem entender bem o que deu errado, como ela se dá conta de que ela "nasceu para fazer [o amante] feliz."

"Born to Make You Happy" recebeu opiniões variadas dos críticos da música, com algúns a chamando de um clássico precoce, mas uma música completamente banal. Obteve um enorme sucesso comercial, atingindo o top cinco em onze países. A posição mais baixa do single nas paradas foi na França, atingindo a posição de número nove. A canção foi certificada como disco de Platina pela International Federation of the Phonographic Industry (IFPI) na Suécia, pela venda de mais de 40.000 unidades físicas do single. E também foi certificado pela IFPI como disco de Ouro na Alemanha, e Prata pela Syndicat National de l'Édition Phonographique (SNEP) na França, e pela British Phonographic Industry (BPI) no Reino Unido.

O videoclipe, dirigido por Bille Woodruff, mostra Spears sonhando que está com seu amante, enquanto ela canta e dança durante a maior parte do vídeo. Spears performou a canção em quatro turnês, incluindo a …Baby One More Time Tour, onde a cantora cantou a música sentado em uma escada, Crazy 2k Tour, Oops!... I Did It Again World Tour, usando pijama e chinelos, e na Dream Within a Dream Tour, onde a cantora surgiu no meio de uma caixa gigante musical como uma ballerina, para executar a canção em um medley com "Lucky" e "Sometimes".

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

"Born to Make You Happy" foi escrita e produzida por Kristian Lundin, e co-escrita por Andreas Carlsson, e foi o primeiro trabalho da dupla.[1] Spears originalmente gravou os vocais para a canção março 1998, no Battery Studios na Cidade de Nova Iorque. Foi mais tarde regravada em 1998 no Cheiron Studios em Estocolmo, Suécia, e utilizada para a versão presente no álbum, enquanto os vocais originais foram utilizados no "Bonus Remix" da canção.[2] Também foi mixado no Cheiron Studios por Max Martin. Esbjörn Öhrwall tocou a guitarra, enquanto o instrumento de cordas e a programação foi feita por Lundin. Vocais de apoio foram fornecidos por Carlsson e Nana Hedin.[3] Depois que o single foi lançado em 6 de dezembro de 1999,[4] Spears revelou em uma entrevista para a Rolling Stone, que os escritores tiveram que re-escrever a letra original da canção:[5]

"Pedi para mudarem o título da canção para 'Born to Make You Happy'. Era uma música sexual. [...] Eu disse, 'Isso pode ser um pouco velho para mim.' Por causa da coisa da imagem, eu não quero ir até o topo. Se eu sair sendo uma Miss Prima Donna, eu não seria inteligente. Eu quero ter um lugar para crescer."[5]

Composição[editar | editar código-fonte]

"Born to Make You Happy"
Uma amostra de 22 segundos do refrão da canção, onde a cantora canta "'I was 'Born to Make You Happy'".

Problemas para escutar este arquivo? Veja introdução à mídia.

"Born to Make You Happy" é uma canção teen pop e dance-pop que dura quatro minutos e três segundos.[6] [7] [8] A canção é composta em uma tonalidade de Ré maior e está situado em um compasso de tempo comum, com uma moderada velocidade de andamento com 88 batidas por minuto. O vocal de Spears se estende ao longo de um intervalo de oitava, a partir de F♯3 para B4.[7] A letra da canção são sobre uma relação que uma mulher deseja corrigir, sem entender bem o que deu errado, como ela se dá conta de que ela "nasceu para fazer [o amante] feliz."[9] A canção tem uma seqüência básica de de Bm–G–D–A com uma progressão harmônica.[7]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

"Born to Make You Happy" recebeu opiniões variadas dos críticos da música. Kyle Anderson da MTV considerou o refrão da canção mais do que "um pouco fora da colocação," dizendo que as primeiras linhas "pode ser um sentimento que um apaixonado de mais de 16 anos pode compreender, mas também soa como Spears treinando para ser uma gueixa."[9] Craig MacInnis da Craig MacInnis disse "['Born to Make You Happy'] ressalta sobre o tipo de garoto que adora mesmo Tiffany mas com medo de admitir."[10] Mike Ross do Edmond Sun disse, como as emoções de Spears na canção, "a mensagem por trás da música é pior do que simples palavras doces. [...]"[11] Amanda Murray do Sputnikmusic considerou "Born to Make You Happy" como "proficiente, mas inteiramente uma canção irrelembrável,"[12] enquanto Andy Petch-Jex do musicOMH considerou a canção um "clássico precoce."[13]

Performance comercial[editar | editar código-fonte]

"Born to Make You Happy" obteve sucesso comercial, alcançando o top-cinco em onze países. Na semana de 20 de janeiro de 2000, a canção estreou no topo das paradas na Irlanda,[14] enquanto estreava na mesma posição no Reino Unido na semana de 29 de janeiro de 2000.[15] A canção foi certificado como disco de Prata pela British Phonographic Industry (BPI) no país, por vender mais de 200.000 unidades do single.[16] "Born to Make You Happy" atingiu a posição de número dois na Europa,[17] e a posição de número quatro na Suécia na semana de 23 de dezembro de 1999, atingindo a posição de número dois na semana seguinte.[4] A canção foi certificado como disco de Platina pela International Federation of the Phonographic Industry (IFPI) no país, por vender mais de 40.000 unidades do single.[18] Na Alemanha, a canção recebeu certificação de Ouro,[19] e atingiu a posição de número três na parada musical do país. A posição mais baixa que "Born to Make You Happ" conseguiu atingir foi na França, na posição de número nove,[20] e foi certificado como disco de Prata pela Syndicat National de l'Édition Phonographique (SNEP).[21]

Promoção[editar | editar código-fonte]

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

O videoclipe de "Born to Make You Happy" mostra Spears em uma sala futurista.

O videoclipe para "Born to Make You Happy" foi dirigido por Bille Woodruff e produzido por Geneva Films,[22] enquanto a coreografia foi feita por Wade Robson.[23] O vídeo começa com uma cena aonde Spears aparece dormindo, logo depois, a cena se muda e mostra seu sonho. No início do seu sonho, Spears está vestindo uma roupa prateada brilhante e sentada em um quarto azul e prata futurista com vários níveis diferentes, onde ela canta e anda por lá. Após esta parte do vídeo, Spears aparece no topo do prédio em que vive, realizando um segmento de dança com uma saia vermelha e top preto com alguns dançarinos ao fundo. Depois do segmento de primeira dança, Spears é vista vestindo roupas brancas e cantando no quarto em que ela está dormindo. Antes do final do vídeo, Spears sonha que seu par entra em seu quarto para vê-la, enquanto os dois iniciam uma briga de travesseiros, na qual ela vence. Na cena de encerramento Spears se desperta do sono, com um sorriso em seu rosto. O segmento da dança é intercalado enquanto o vídeo é mostrado.

Performances ao vivo[editar | editar código-fonte]

"Born to Make You Happy" foi performado por Spears em quatro turnês. Em sua primeira turnê, …Baby One More Time Tour, ela canta a canção sentada na escada,[24] enquanto em sua segunda turnê, Crazy 2k Tour, na performance da canção é inclúida um segmento de dança.[25] Em 2000 na Oops!... I Did It Again World Tour, Spears performou "Born to Make You Happy" usando pijama e chinelos, com um segmento de dança no final da performance.[26] "Born to Make You Happy" foi performada pela última vez na Dream Within a Dream Tour, onde a cantora surgiu no meio de uma caixa gigante musical como uma ballerina, para executar a canção em um medley com "Lucky" e "Sometimes", logo após a performance de "Overprotected".[27] [28]

Faixas e formatos[editar | editar código-fonte]

Créditos[editar | editar código-fonte]

A seguir, pessoas que contribuíram para "Born to Make You Happy":[2]

Desempenho e certificações[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

  1. Interview with KRISTIAN LUNDIN, songwriter/producer for Backstreet Boys, Britney Spears, Celine Dion and NSync. Hit Quarters (7-1-2003). Página visitada em 5-3-2011.
  2. a b Encarte de Born To Make You Happy. Jive Records (1999).
  3. Encarte de ...Baby One More Time. Jive Records (1999).
  4. a b "Swedishcharts.com – Britney Spears – Born to Make You Happy". Ultratop & Hung Medien / hitparade.ch. Página visitada em 5 de março de 2011.
  5. a b Cover Story: Britney Spears. Rolling Stone. Jann Wenner (15 de abril de 1999). Página visitada em 5 de março de 2011.
  6. Born to Make You Happy - Britney Spears - AllMusic.
  7. a b c Britney Spears Born to Make You Happy – Digital Sheet Music. Music Notes. Universal Music Publishing Group. Página visitada em 23 de dezembro de 2010.
  8. Born to Make You Happy by Britney Spears. Yahoo! Music. Página visitada em 6 de março de 2011.
  9. a b Anderson, Kyle (3-3-2010). Britney Spears Goes Back To Her Schoolgirl Days For The First Installment Of 'Popology'. MTV. MTV Networks. Página visitada em 5-3-2011.
  10. MacInnis, Craig (12 de janeiro de 1999). Bopper babe's CD glib collection of cliches. Hamilton Spectator. Metroland Media Group. Página visitada em 5 de março de 2011.
  11. Ross, Mike (23 de janeiro de 1999). Britney Spears fails miserably. Edmond Sun. Community Newspaper Holdings. Página visitada em 5 de março de 2011.
  12. Murray, Amanda (26 de março de 2006). Britney Spears - ...Baby One More Time (Staff Review). Sputnikmusic. Página visitada em 5 de março de 2011.
  13. Petch-Jex, Andy (5 de novembro de 2004). Britney Spears - Greatest Hits: My Prerogative - Album Review. musicOMH. Página visitada em 5 de março de 2011.
  14. GFK Chart Track - Britney Spears - Born to Make You Happy. Irish Singles Chart (20 de janeiro de 2000). Página visitada em 5 de março de 2011.
  15. Chart Stats - Britney Spears - Born to Make You Happy. The Official Charts Company (29 de janeiro de 2000). Página visitada em 5 de março de 2011.
  16. a b BPI Certified Awards (Searchable Database). British Phonographic Industry (28 de janeiro de 2000). Página visitada em 8 de agosto de 2010.
  17. a b Sexton, Paul (31 de janeiro de 2000). Gabrielle, R.E.M. Debut High On U.K. Singles Chart. Billboard. Prometheus Global Media. Página visitada em 8 de agosto de 2010.
  18. a b Certifications. IFPI (Sweden). International Federation of the Phonographic Industry (2000). Página visitada em 8 de agosto de 2010.
  19. a b Gold/Platin–Datenbank [Gold/Platinum Database]. Bundesverband Musikindustrie (2000). Página visitada em 8 de agosto de 2010.
  20. "Lescharts.com – Britney Spears – Born to Make You Happy". Les Charts & Hung Medien / lescharts.com. Página visitada em 5 de março de 2011.
  21. a b Certifications Singles Argent. Disque en France. Syndicat National de l'Édition Phonographique (10 de maio de 2000). Página visitada em 8 de agosto de 2010.
  22. {{{título}}}.
  23. Wade Robson, Producer/Director/Choreographer. McDonald / Selznick Associates. Página visitada em 7 de março de 2011.
  24. Ganahl, Jane. "The musical equivalent of cotton candy", San Francisco Chronicle. Hearst Corporation, 30 de julho de 1999. Página visitada em 1 de janeiro de 2010.
  25. Graham, Adam. "Oops! Britney Drives Us Crazy …One More Time", Central Michigan Life. Central Michigan University, 17-3-2000. Página visitada em 16 de janeiro de 2010.
  26. Miller, Andrew. "Britney Spears/Mikaila", The Pitch. Village Voice Media, 20 de julho de 2000. Página visitada em 20 de janeiro de 2010.
  27. McHugh, Catherine. "Britney's Big Splash", Live Design. Penton Media, 1 de julho de 2002. Página visitada em 4 de fevereiro de 2010.
  28. Reid, Shaheem. "Britney Goes Bald, Plays Tiny Dancer, Gets Caught In The Rain At Tour Kickoff", MTV, MTV Networks, 2 de novembro de 2001. Página visitada em 6 de janeiro de 2010.
  29. (1999) Notas de lançamento de "Born to Make You Happy" por Britney Spears. (encarte CD Single ingles). Jive Records (9250022).
  30. Amazon.co.uk: Born to Make You Happy (Cassette Single). Jive (17 de janeiro de 2000). Página visitada em 6 de março de 2011.
  31. Amazon.com: Born to Make You Happy / Crazy / Baby: Britney Spears: Music. Bmg Int'l (28 de dezembro de 1999). Página visitada em 6 de março de 2011.
  32. Amazon.com: The Singles Collection: Box Set Track Listing. Jive (24 de novembro de 2009). Página visitada em 4 de fevereiro de 2011.
  33. Die ganze Musik im Internet: Charts, News, Neuerscheinungen, Tickets, Genres, Genresuche, Genrelexikon, Künstler-Suche, Musik-Suche, Track-Suche, Ticket-Suche - musicline.de (em Alemão). Media Control Charts. PhonoNet GmbH. Página visitada em 7 de março de 2011.
  34. Britney Spears – Born to Make You Happy Austriancharts.at (em Alemão). Página visitada em 7 de março de 2011.
  35. Ultratop.be – Britney Spears – Born to Make You Happy (em Holandês). ULTRATIP & Hung Medien / hitparade.ch. Página visitada em 7 de março de 2011.
  36. Ultratop.be – Britney Spears – Born to Make You Happy (em Francês). ULTRATIP & Hung Medien / hitparade.ch (7 de março de 2011).
  37. Finnishcharts.com – Britney Spears – Born to Make You Happy. Suomen virallinen lista. Hung Medien. Página visitada em 7 de março de 2011.
  38. Lescharts.com – Britney Spears – Born to Make You Happy. Les classement single. Hung Medien. Página visitada em 7 de março de 2011.
  39. Nederlandse Top 40 – week 2, 2000. Dutch Top 40. Stichting Nederlandse Top 40. Página visitada em 7 de março de 2011.
  40. Chart Track. Irish Singles Chart. GfK. Página visitada em 7 de março de 2011.
  41. Norwegiancharts.com – Britney Spears – Born to Make You Happy. VG-lista. Hung Medien.. Página visitada em 7 de março de 2011.
  42. Archive Chart. UK Singles Chart. The Official Charts Company. Página visitada em 7 de março de 2011.
  43. Swedishcharts.com – Britney Spears – Born to Make You Happy. Hung Medien. Página visitada em 7 de março de 2011.
  44. Britney Spears – Born to Make You Happy swisscharts.com. Swiss Charts & Hung Medien. Página visitada em 7 de março de 2011.
  45. Media Control Charts (1999). Annual Chart (em german). Universität Würzburg. Página visitada em 8 de agosto de 2010.
  46. Sverigetopplistan (1999). Årslista Singlar. Página visitada em 8 de agosto de 2010.
  47. Annual Chart (em german). Media Control Charts. Universität Würzburg (2000). Página visitada em 8 de agosto de 2010.
  48. Rapport Annuels (em dutch). Ultratop 50. Ultratop & Hung Medien / hitparade.ch (2000). Página visitada em 8 de agosto de 2010.
  49. Jaaroverzichten (em french). Ultratop 40 (2000). Página visitada em 8 de agosto de 2010.
  50. Classement Singles (em french). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Disque en France (2000). Página visitada em 8 de agosto de 2010.
  51. Year-End Chart. Music Week — Subscription Required (2000). Página visitada em 8 de agosto de 2010.
  52. Årslista Singlar. Sverigetopplistan (2000). Página visitada em 8 de agosto de 2010.
  53. Schweizer Jahreshitparade. Hit Parade. Ultratop & Hung Medien / hitparade.ch (2000). Página visitada em 8 de agosto de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]