Este é um artigo bom. Clique aqui para mais informações.

Mmm Papi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Mmm Papi"
Canção de Britney Spears
do álbum Circus
Gravação 2008; Train Tracks Studios — Conway Studios
(Los Angeles, Califórnia)
Gênero(s) Pop latino, dancehall
Duração 3:22
Gravadora(s) Jive
Composição Britney Spears, Henry Walter, Adrien Gough, Peter-John Kerr, Nicole Morier
Produção Let's Go to War, Nicole Morier
Faixas de Circus
Último
"Blur"
(8)
"Mannequin"
(10)
Próximo

"Mmm Papi" é uma canção da artista musical estadunidense Britney Spears contida em seu sexto álbum de estúdio Circus (2008). Foi composta por Spears, Nicole Morier e pela banda canadense Let's Go to War, a produção ficou a cargo do grupo e de Morier. A faixa possui uma influência de pop latino, semelhante à "La Isla Bonita" de Madonna. A letra da obra é sobre uma mulher que tem uma atração por um homem, e anseia que ele aproxime-se e leve-a embora.

"Mmm Papi" recebeu revisões geralmente desfavoráveis da mídia especializada. Muitos disseram que a canção representa a dificuldade de Spears com os homens, e especularam que suas letras tratam de tanto seu pai, Jamie Spears quanto do paparazzi Adnan Ghalib, ex-namorado da cantora. Os rumores foram posteriormente negados pela co-compositora Morier. A música também foi comparada a "Come On-a My House" de Rosemary Clooney. Apesar de não ser lançada como single, a faixa alcançou a 94ª colocação na tabela genérica Pop 100 da revista estadunidense Billboard.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

"Para as faixas, inspiramos-nos em algo diferente do que ela havia feito antes. O resultado foi um hino surf go-go dos anos de 1960 a um amante sensual e uma bombástica canção electro-rock sobre voar de cabeça para baixo para o místico abismo do amor."

Em 2008 foi confirmado que Spears estava em processo de gravação de seu sexto álbum de estúdio.[1] Larry Rudolph, empresário da artista, notificou que ela iria passar "o verão no estúdio" para trabalhar no material novo.[2] Apesar de nenhuma ratificação oficial do disco na época, Rudolph revelou que eles estavam felizes com o progresso dela e que ela tinha trabalhado com uma variedade de produtores,[3] tais como Sean Garrett, Guy Sigsworth, Danja e Bloodshy & Avant.[2] "Mmm Papi" foi composta pela cantora e Nicole Morier durante o verão e a primavera de 2008 do hemisfério norte.[4] Entre outras músicas que elas trabalharam foram "Rock Me In" e "Whiplash". Ambas queriam fazer algo que a interprete jamais havia feito.[5] "Mmm Papi" e "Rock Me In" foram incluídas em seu sexto álbum de estúdio Circus (2008); no entanto, "Whiplash" está inclusa na obra When the Sun Goes Down da banda Selena Gomez & the Scene.[6] Morier explicou: "Há algumas músicas que iniciamos que foram grandes idéias, mas incompletas. Talvez nós vamos ouvi-las como se fossem novas algum dia e liberá-las, mas eu normalmente só gostaria de recomeçar."[5]

A composição e a produção adicional foram feitas pela banda canadense Let's Go to War, cujos membros são Henry Walter, Adrien Gough e Peter-John Kerr.[4] Em entrevista ao noticiário The Canadian Press, Walter revelou que primeiramente enviaram várias demos para a Jive Records para Circus. Após selecioná-la, o gerenciamento de Spears exigiu várias mudanças para a música, tornando "Mmm Papi" "substancialmente diferente do que foi apresentado."[4] Ele também disse que não teve contato com a cantora para os arranjos do número, e o considerou como "algo diferente para Britney" e "uma música divertida e não está tentando ser algo que não é."[4]

Composição e crítica profissional[editar | editar código-fonte]

Britney Spears (esquerda) e Nicole Morier (direita) compuseram várias canções juntas, incluindo "Mmm Papi" e "Whiplash".
Demonstração de 17 segundos do refrão da música, onde Spears canta sobre uma melodia de pop latino misturada com palmas e uma guitarra de rock

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

"Mmm Papi" é uma canção do gênero pop latino.[7] A música tem elementos de dancehall e uma vibração go-go dos anos de 1960,[4][7] incorporando em sua melodia palmas e o uso de uma guitarra de rock.[8][9] Anna Dimond, da TV Guide, percebeu influências de "La Isla Bonita" de Madonna na obra.[10] A mídia especulou que suas letras tratam tanto do pai da cantora, Jamie Spears quanto do paparazzi Adnan Ghalib, seu ex-namorado.[11] No entanto, isto foi negado pela co-compositora Morier, que disse: "a música definitivamente não é sobre Adnan e em durante todo o tempo que eu trabalhei com [Spears] na última primavera e verão, eu nunca vi esse cara."[12] Morier descreveu a faixa como bastante divertida.[12]

Alexis Petridis, do The Guardian, disse que a faixa era divertida, mas criticou por aparecer em Circus por parecer um trabalho de ...Baby One More Time.[7] Chris Willman, da Entertainment Weekly, publicou que a música "inconstantemente mistura a voz de garota pequena de Spears a uma guitarra que toca go-go dos anos de 1960."[9] John Murphy, do musicOMH, escreveu que "qualquer indicação de seu bate-papo nas linhas de 'Mmm Papi' pode explicar o seu problema recente com homens",[13] enquanto Caryn Ganz, da Rolling Stone, comentou que a cantora "mostra que ela tem psicodrama de sobra [na canção]".[11] Ann Powers, do Los Angeles Times, comparou o estilo da faixa ao de "Come On-a My House" de Rosemary Clooney.[14] Powers também avaliou que a artista tem "um sotaque latino muito horrível" na composição.[14]

Jim DeRogatis, do Chicago Sun-Times, criticou "Mmm Papi" como a "[música] mais perturbadora de [Circus]."[15] Cameron Adams, do Herald Sun, disse que a faixa era "uma tentativa do som new wave de Gwen Stefani que não funciona."[16] Ben Rayner, do Toronto Star, chamou a obra de "terrível".[17] Pete Paphides, do The Times, avaliou que a composição "não podia ser menos sensual se Christine Hamilton estivesse cantado,"[18] enquanto a revisão do The Independent publicou que o número retrata "a ex-integrante do Mickey Mouse Club como uma espécie de boneca robótica ninfomaníaca."[19]

Créditos[editar | editar código-fonte]

Lista-se abaixo os profissionais envolvidos na elaboração de "Mmm Papi", de acordo com o encarte do álbum Circus:[20]

Desempenho nas tabelas musicais[editar | editar código-fonte]

Apesar de não ser lançada como single, "Mmm Papi" alcançou a 94ª colocação em 10 de dezembro de 2008 na tabela genérica Pop 100 da revista estadunidense Billboard.[21]

Tabela musical (2008) Melhor
posição
 Estados Unidos - Pop Songs[21] 94

Referências

  1. Laudadio, Marisa (21 de maio de 2008). «Producer: Britney Is 'Really Shaping Up'». People (em inglês). Time Inc. Consultado em ‎8‎ de ‎janeiro‎ de ‎2012. 
  2. a b «Britney Spending Summer In The Studio». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media. 17 de julho de 2008. Consultado em ‎9 de ‎janeiro‎ de ‎2012. 
  3. Stoynoff, Natasha (26 de julho de 2008). «Britney Spears Working and 'Having Fun' on New Album». People. Time Inc. Consultado em ‎9 de ‎janeiro‎ de ‎2012. 
  4. a b c d e Nemetz, Andrea (3 de dezembro de 2008). «Canadian trio behind Spears tune Mmm Papi». The Canadian Press (em inglês). thestar.com. Consultado em ‎9 de ‎janeiro‎ de ‎2012. 
  5. a b Kazemi, Alex. «Interview with Nicole Morier» (em inglês). Alex Kazemi. Consultado em ‎10 de ‎janeiro‎ de ‎2012. 
  6. Dinh, James (16 de junho de 2011). «Selena Gomez Does Her Best Britney On 'Whiplash'» (em inglês). MTV News. MTV Networks. Consultado em ‎10 de ‎janeiro‎ de ‎2012. 
  7. a b c Petridis, Alexis (28 de novembro). «Review: Britney Spears: Circus». The Guardian (em inglês). Guardian Media Group. Consultado em ‎11 de ‎janeiro‎ de ‎2012. 
  8. «Interview with Nicole Morier» (em inglês). HitQuarters. 23 de agosto de 2010. Consultado em ‎11 de ‎janeiro‎ de ‎2012. 
  9. a b Chris, Willman (2 de dezembro de 2008). «Circus: Music Review». Entertainment Weekly (em inglês). Time Inc. Consultado em ‎11 de ‎janeiro‎ de ‎2012. 
  10. Dimond, Anna (1 de novembro de 2008). «Britney's Next Single: Let's Go to the "Circus"». TV Guide (em inglês). OpenGate Capital. Consultado em ‎11 de ‎janeiro‎ de ‎2012. 
  11. a b Ganz, Caryn (11 de novembro de 2008). «Circus Album Review». Rolling Stone (em inglês). Wenner Media. Consultado em ‎11 de ‎janeiro‎ de ‎2012. 
  12. a b «Spears' Songwriter: 'Britney Didn't Write Track For Paparazzo Lover'». Contact Music (em inglês). Channel 4. 20 de novembro de 2008. Consultado em ‎11 de ‎janeiro‎ de ‎2012. 
  13. Murphy, John (30 de novembro de 2008). «Britney Spears - Circus (RCA)» (em inglês). musicOMH. Consultado em ‎13 de ‎janeiro‎ de ‎2012. 
  14. a b «Album review: Britney Spears' 'Circus'». Los Angeles Times (em inglês). Eddy Hartenstein. 25 de novembro de 2008. Consultado em ‎15 de ‎janeiro‎ de ‎2012. 
  15. DeRogatis, Jim (1 de dezembro de 2008). «Britney Spears, "Circus" (Jive)». Chicago Sun-Times (em inglês). Sun-Times Media Group. Consultado em ‎16 de ‎janeiro‎ de ‎2012. 
  16. Adams, Cameron (28 de novembro de 2008). «First Australian review of Britney Spears album Circus». Herald Sun (em inglês). Herald and Weekly Times. Consultado em ‎16 de ‎janeiro‎ de ‎2012. 
  17. Rayner, Ben (2 de dezembro de 2008). «Britney Spears: Circus». Toronto Star (em inglês). Torstar Corporation. Consultado em ‎16 de ‎janeiro‎ de ‎2012. 
  18. Paphides, Pete (28 de novembro de 2008). «Britney Spears: The Circus». The Times (em inglês). Times Newspapers Ltd. Consultado em ‎16 de ‎janeiro‎ de ‎2012. 
  19. «Album: Britney Spears, Circus (Zomba/Sony)». The Independent (em inglês). Independent Print Limited. 28 de novembro de 2008. Consultado em ‎16 de ‎janeiro‎ de ‎2012. 
  20. (2008) Créditos do álbum Circus por Britney Spears. Jive Records.
  21. a b «Britney Spears - Billboard Chart History». Allmusic (em inglês). Rovi Corporation. 10 de dezembro de 2008. Consultado em ‎16 de ‎janeiro‎ de ‎2012.