Casa de Sforza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Sforza
Itália (Ducado de Milão)
Estado: Itália (Ducado de Milão)
Dinastia de origem: Família Attendolo (Romanha) e família Visconti (por Bianca Maria Visconti)
Títulos: Duque de Milão, Senhor de Pesaro, Marquês de Caravaggio, conde de Cotignola e senhor de Cstell'Arquatto
Fundador: Muzio Attendolo Sforza
Último soberano: Francesco II Sforza (Milão), Galeazzo Sforza (Pesaro)
Ano de fundação: 1447
Ano de dissolução: 1624
Linhagem secundária: Sforza-Pesaro, Sforza-Cotignola, Sforza-Cesarini
Alegoria da família Sforza

Sforza foi uma família italiana de governantes no período do Renascimento, estabelecidos em Milão. Família temida por seus terríveis e brutais atos, regia a cidade de Milão desde 1395, antes de ser dominada pela Espanha, em 1540. Um nobre da família Sforza foi por um período patrão de Leonardo da Vinci.

Herdado pelos Sforza e não «herdado para os Sforza», o que é incorreto
Mapa da Itália em 1494. Inserido em destaque o Ducado de Milão governado pela família Visconti e herdado pelos Sforza

A dinastia foi fundada por Muzio Attendolo Sforza, um condottiere da Romanha que serviu os reis Plantageneta em Nápoles.

Duques Sforza de Milão[editar | editar código-fonte]

Giovanni Sforza casou-se, em primeiras núpcias, com Lucrécia Bórgia, filha do papa Alexandre VI.

Os Sforza também foram senhores de Pesaro, condes de Cotignola, marqueses de Caravaggio e senhores de Castell'Arquatto.

Sua fortaleza foi o Castello Sforzesco, em Milão.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Casa de Sforza