Celestial (álbum de RBD)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Celestial
Álbum de estúdio de RBD
Lançamento 21 de novembro de 2006 (2006-11-21)
Gravação 2006
Cidade do México
Los Angeles
Gênero(s)
Duração 44:29
Formato(s)
Gravadora(s)
Produção
  • Carlos Lara
  • Armando Ávila
  • Pedro Damián (exec.)
  • Camilo Lara (exec.)
  • Emilio Ávila (exec.)
Cronologia de RBD
¿Que Hay Detrás de RBD?
(2006)
Rebels
(2006)
Capa da Fan Edition
Singles de Celestial
  1. "Ser O Parecer"
    Lançamento: 18 de setembro de 2006 (2006-09-18)
  2. "Celestial"
    Lançamento: 11 de março de 2007 (2007-03-11)
  3. "Bésame Sin Miedo"
    Lançamento: 28 de junho de 2007 (2007-06-28)
  4. "Dame"
    Lançamento: 12 de agosto de 2007 (2007-08-12)

Celestial é o terceiro álbum de estúdio do grupo pop mexicano RBD. Lançado em novembro de 2006 pela editora discográfica EMI Music, o disco é o primeiro álbum do grupo gravado após o término da novela Rebelde e o primeiro que teve produção, mesmo que pequena, no Brasil.[1] Os singles lançados para o álbum forma três "Ser O Parecer", "Celestial" e "Bésame Sin Miedo".[2]

Comercialmente, este é o disco do conjunto mais bem sucedido nos Estados Unidos, tendo figurado na décima quinta posição na lista de discos da Billboard 200, a principal tabela musical do país.[3] Celestial é o álbum com o maior número de vendas entre os discos do RBD: aproximadamente 23 milhões de cópias mundialmente.[4] Certificado com disco de ouro na Espanha e platina mais ouro no México, foi certificado com disco de ouro no Brasil e mais tarde foi certificado com disco de Platina, nos EUA foi certificado com disco de Ouro e 2x Platina, Teve certificações em 10 países da América Latina entre discos de ouro e platina, na Europa foi certificado com disco de Ouro e Platina na Espanha, e Platina na Croácia o álbum encontra-se em nono lugar na lista dos cem discos latinos mais importantes da década de 2000, de acordo com a revista Billboard, baseado em número de vendas.[5]

Respectivamente o disco também chegou a ser indicado para premiações, das quais destacam-se duas nomeações ao Billboard Latin Music Awards nas categorias "Melhor Álbum Pop do Ano por Dupla ou Grupo" e "Top Álbum Artista do Ano".[6]

Antecedentes e produção[editar | editar código-fonte]

A novela Rebelde estreiou no México em outubro de 2004, durante o desevolvimento da trama formasse o grupo musical chamado de RBD, na primeira temporada da novela o grupo se formou, sendo assim lança o álbuns de estúdio do RBD (Rebelde e na segunda temporada da novela lança-se Nuestro Amor) e os respectivos álbuns ao vivo, em 2 de julho de 2006 a 3 é ultima temporada da telenovela Rebelde chegou ao fim no México, com o sucesso que o RBD havia conquistado no México e em outros países, mesmo com o fim da novela em Julho de 2006 o RBD continuaria em carreira musical, logo após o fim de Rebelde o RBD iniciou a gravação do novo albúm de estudio o "Celestial", pra divulgar o álbums "Rebelde" e o "Nuestro Amor" o grupo embarcou na primeira Turne, a RBD Tour Generacíon, que iniçiou no México, logo após o lançamento do álbum "Rebelde" em 2004, no ano de 2005 a novela "Rebelde" começou ser trasmitida no Estados Unidos e América Latina, o álbum "Rebelde" foi lançado por la em 2005, sendo assim logo após a Tour Generacíon pelo México, no final de 2005 o grupo iniciou as primeiras apresentações internacionais, o grupo passou por varios paises da América Latina e passou tambem pelo Estados Unidos, "Rebelde" acabou em Julho 2006 no México simultaneamente Rebelde ainda estava sendo trasmitida no Estados Unidos e resto da América Latina, Como o RBD continuou em carreira musical devido o grande sucesso o grupo continuou com a RBD Tour Generacíon, a novela acabou no México em 2 de julho de 2006 logo depois o RBD continuo com Tour pelo Estados Unidos, logo depois da Tour pelo Estados Unidos o grupo iniciou as gravações do álbum "Celestial", logo em seguida o grupo fez mais apresentações na América Latina passando pelo Brasil onde gravaram o terceiro DVD ao vivo, Live In Rio, foi gravado no estádio do Maracanã no Rio De Janeiro para 50 mil pessoas, onde cantaram uma musica do álbum o single : "Ser o Parecer", esse show ocorreu em outubro de 2006 e no mês seguinte o álbum "Celestial" foi lançando. O grupo visitou os principais progamas da Televisa, para divulgar o albúm "Celestial", e também gravou o primeiro álbum em inglês, "Rebels" é o único álbum em inglês do RBD, e foi lançado logo apôs o lançamento do álbum "Celestial" em 19 de dezembro de 2006. No iniçio de 2006 a novela Rebelde começou a ser trasmitida em alguns países da Europa(Espanha,Romênia e Sérvia) logo o álbum "Rebelde" foi lançado por lá, logo em seguida o DVD/CD RBD Tour Generacíon En Vivo foi lançado, o álbum "Nuestro Amor" foi lançado logo em seguida, e logo após foi lançado o segundo DVD/CD ao vivo o Live In Hollywood. Em Janeiro de 2007 o grupo iniciou a reta final da Tour Generacíon, os primeiros shows foram feito na Espanha, depois o grupo embarcou na América Latina e em seguida encerrou a RBD Tour Generacíon no Estados Unidos em Março de 2007.

O álbum "Celestial" foi lançado em 21 de novembro de 2006 no Estados Unidos e na América Latina. Na Europa (Espanha,Romêmia e Sérvia) o álbum foi lançado no primeiro semestre de 2007.

O álbum foi produzido por Carlos Lara, Armando Ávila e Pedro Damián.[7] O álbum contem uma amostra de dois minutos dos temas incluídos no álbum em inglês da banda, Rebels, lançado em 19 de dezembro de 2006.

No álbum foi incluída uma versão em espanhol da canção "Little Voice" da cantora americana Hilary Duff, intitulado "Tu Dulce Voz". O tema "Bésame Sin Miedo" é um cover em espanhol da canção "Kiss Me Like You Mean It" da cantora e atriz Sara Paxton.

Capa[editar | editar código-fonte]

Anahí esteve a cargo da imagem do disco, para o figurino se inspirou no estilo urbano, se espelhando nas roupas rasgadas dos mendigos. As fotos foram realizadas em Los Angeles, em umas vias de trem.

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

O álbum "Celestial" apresenta treze (13) canções em sua edição padrão, sendo três delas regravações, dezessete (17) na edição de fã, das quais apenas canção é inédita (" The Family") e dezesseis em uma edição lançada no portal de downloads iTunes.[8][9]

Celestial – Edição padrão
N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "Tal Vez Después"  
3:06
2. "Ser O Parecer"  Armando Ávila 3:31
3. "Dame"  Carlos Lara 4:04
4. "Celestial"   3:27
5. "Quizá"  
  • Ávila
  • Boyzo
  • Ángel Luque
3:31
6. "Bésame Sin Miedo"  
  • Chico Bennett
  • João Ingoldsby
3:31
7. "Tu Dulce Voz"  
  • Patrick Berger
  • DioGuardi
  • Boyzo
3:19
8. "Algún Día"  Lara 4:07
9. "Me Cansé"  
  • Carolina Rosas
  • Gabriel Else
2:41
10. "Aburrida y Sola"  Lara 3:53
11. "Es Por Amor"  
  • Sandra Baylac
  • Cachorro López
  • Sebastián Schon
3:17
12. "Quisiera Ser"  
  • Lara
  • Damián
4:09
13. "Rebels (Tu Amor / Wanna Play / Cariño Mio / I Wanna Be The Rain)"  
2:00
Duração total:
44:47

Desempenhos[editar | editar código-fonte]

Versão Brasil[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Celestial (Versão Brasil)

Créditos de elaboração[editar | editar código-fonte]

Lista-se abaixo os profissionais envolvidos na elaboração de Celestial, adaptado do portal Allmusic Guide.[25]

Referências

  1. «Integrante do RBD diz que cantar em português "dói"». Folha de S. Paulo. Consultado em 18 de abril de 2012. 
  2. «RBD lança primeiro single do novo álbum». Folha de S. Paulo. Consultado em 18 de abril de 2012. 
  3. «RBD Album & Song Chart History - Billboard.com». Billboard. Consultado em 18 de abril de 2012. 
  4. «Grupo mexicano RBD fará visita ao Brasil». Extra Globo (em Portugués). 27 de março de 2008. Consultado em 6 de julho de 2013. 
  5. «Best of 2000s - Latin Albums». Billboard. Consultado em 18 de abril de 2012. 
  6. «RBD Awards and Nominations» (em espanhol). Aceshowbiz. Consultado em 6 de agosto de 2010. 
  7. «RBD - Ritmoson Latino» (em espanhol). Esmas.com. Consultado em 30 de maio de 2012. 
  8. «Celestial Fan Edition». AllMusic Guide. Consultado em 18 de abril de 2012. 
  9. «Celestial». AllMusic Guide. Consultado em 18 de abril de 2012. 
  10. «Top 30 CD Sales – ABPD». Consultado em 6 de agosto de 2010. [ligação inativa] 
  11. «RBD – Celestial». Top of the Shops (em croata). Consultado em 6 de agosto de 2010. 
  12. «Celestial Charts – RBD». Spain Charts. Consultado em 6 de agosto de 2010. 
  13. [1][ligação inativa]
  14. [2] Arquivado em 6 de agosto de 2010 no Wayback Machine.
  15. «Top 100 Album 2006» (PDF) (em espanhol). Asociación Mexicana de Productores de Fonogramas y Videogramas. Consultado em 6 de agosto de 2010.. Cópia arquivada (PDF) em 6 de agosto de 2010 
  16. «Top 100 Album 2007» (PDF) (em espanhol). Asociación Mexicana de Productores de Fonogramas y Videogramas. Consultado em 6 de agosto de 2010.. Cópia arquivada (PDF) em 6 de agosto de 2010 
  17. «Top Billbord 200 Albums – Year-End 2007». Billboard. Billboard. Consultado em 6 de agosto de 2010. 
  18. http://rbdmusica-rbd.blogspot.com/2006/12/rbd-alcanza-ventas-celestiales.html. Retrieved February 23, 2014.
  19. a b http://rbdmusica-rbd.blogspot.com/2006/12/rbd-alcanza-ventas-celestiales.html. Retrieved June 10, 2014.
  20. http://spiceheart.mforos.com/183535/9737389-el-post-de-las-certificaciones-en-espana-todos-los-oros-y-platinos/. Retrieved June 10, 2014.
  21. «Ask Billboard: LaBelle, RBD, Tim McGraw» 
  22. http://www.amprofon.com.mx/certificaciones-amprofon.php?key=RBD&action=Buscar&anio=&disquera=&tipoAlbum=&tipoCertificacion= Arquivado em 5 de março de 2016, no Wayback Machine.. Retrieved February 11, 2011.
  23. «RBD logra disco de oro en Rumania». TVyEspectáculos (em espanhol). 6 de julho de 2013. Consultado em 18 de abril de 2012. 
  24. http://foro.univision.com/t5/Dulce-Maria/RBD-alcanza-Disco-de-Platino-con-quot-Celestial/td-p/137006062. Retrieved October 03, 2011.
  25. «Celestial:Credits» (em inglês). Allmusic Guide. Consultado em 30 de maio de 2012. 
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de RBD é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.