Dulce María

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dulce Maria
Dulce no Teleton México em 2011.
Informação geral
Nome completo Dulce María Espinosa Saviñón
Também conhecido(a) como Dul
Nascimento 6 de dezembro de 1985 (31 anos)
Local de nascimento Cidade do México, DF
 México
Gênero(s)
Ocupação(ões)
Instrumento(s)
Período em atividade 1990–atualmente
Gravadora(s) Sony BMG (2000–2002)
EMI/Virgin (2004–2009)
Universal Music (2009–presente)
Afiliação(ões)
Página oficial dulcemaria.com.mx

Dulce María Espinosa Saviñón (Cidade do México, 6 de dezembro de 1985) é uma cantora e atriz de origem mexicana. Também desenvolve trabalhos paralelos na área da literatura, da filantropia e ocasionalmente, como modelo e apresentadora.

Sua carreira teve início em 1990, quando, ao cinco anos de idade, ingressou em comerciais de televisão e, três anos depois entrou no elenco da série de televisão infantil Plaza Sésamo, tornando-se internacionalmente conhecida apenas a partir do ano de 2004, quando atuou como a protagonista Roberta Pardo na telenovela Rebelde, baseada na série argentina Rebelde Way, e paralelamente integrou o grupo musical mexicano RBD. Antes, no ano de 2000, havia começado a fazer parte da agrupação feminina Jeans, porém saiu dela dois anos depois para atuar na telenovela Clase 406.

Em agosto de 2008, o RBD anunciou seu fim na carreira em grupo. Assim, os integrantes que o compunham, passaram a seguir em carreiras artísticas individuais. Com a desintegração do grupo musical, a artista seguiu em carreira solo e, no ano seguinte, protagonizou a trama tele novelística Verano de amor, cuja atuação lhe concedeu o prêmio de "Melhor Atriz Juvenil", realizado pela revista People en Español. Entre 2010 e 2011, fez uma participação na terceira temporada da série Mujeres asesinas e estrelou a produção cinematográfica ¿Alguien ha visto a Lupita?. Em 2013, participou da novela Mentir para Vivir, em 2014 foi a protagonista da versão mexicana do musical da Broadway Rock of Ages - La Era del Rock e em 2016 antagonizou a novela Corazón que Miente.

Em sua carreira musical, atuando como solista, lançou seu álbum de estreia, Extranjera (2011), que gerou os singles "Inevitable", "Ya No" e "Ingenua". O disco debutou na primeira posição do Mexican Albums Chart, permanecendo por quatro semanas,[1] [2] além de adquirir um certificado de platina no Brasil. Sin Fronteras (2014), seu segundo álbum, teve quatro singles, "Lágrimas", "Antes Que Ver El Sol" e "O Lo Haces Tú O Lo Hago Yo". Seu terceiro álbum de estúdio, DM (2017), gerou os singles "No sé llorar", "Volvamos" e "Rompecorazones".

Dulce María já foi indicada e vencedora de diversos prêmios internacionais como MTV Europe Music Awards, Prêmio TVyNovelas, Prêmio People en Español, Premios Juventud e nas edições americana, mexicana e brasileira dos Nickelodeon Kids' Choice Awards. Foi eleita entre "Os 50 Mais Belos" da revista People en Español nos anos de 2007, 2010, 2011, 2016 e 2017.[3][4][5][6][7] Dulce é uma das latinas mais populares nas redes sociais, em 2015 O site The Huffington Post do Reino Unido a colocou em 16ª entre as 100 Mulheres Mais Influentes no Twitter[8] e em 2016 foi a terceira celebridade mais comentada no Twitter.[9]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida na Cidade do México, capital do México, em 6 de dezembro de 1985, Dulce María Espinosa Saviñón é filha mais nova de Blanca Espinosa Saviñón e Fernando Espinosa. Dulce, que tem duas irmãs (Blanca Ireri Espinosa Saviñón, filha mais velha, e Claudia Espinosa Saviñón), é sobrinha-neta da pintora e artista plástica mexicana Frida Kahlo.[10]

Carreira[editar | editar código-fonte]

1990 - 2000: Infância e Início de carreira[editar | editar código-fonte]

Aos 5 anos de idade realizou seu primeiro comercial que foi um comercial de chocolate na televisão, depois de que suas irmãs, que já realizavam este tipo de campanhas, recomendaram a sua mãe levar fotos de Dulce María. Era o início de uma carreira infantil com mais de cem campanhas publicitárias realizadas por Dulce. Depois de um ano de centenas campanhas, realiza um casting onde é selecionada para atuar em uma novela chamada El Vuelo del Águila, para depois ser elegida para fazer por dois anos o programa infantil Plaza Sésamo, projeto que lhe deu pela primeira vez a oportunidade de cantar profissionalmente, entrar em um estúdio de gravação e se apaixonar pela música desde muita pouca idade. Seguiu fazendo novelas e comerciais, mas se preparando com aulas de canto, bale, jazz, oficinas de atuação, hawaiano e projeção cênica, para mais tarde entrar ao grupo Kids aonde ganhou prêmios e pisou pela primeira vez em um palco. Embora Dulce María continuava seus estudos, tudo isso levou a convencer que sua verdadeira vocação era a arte.

Dado o desempenho de Dulce María no grupo Kids e seus resultados, foi chamada para fazer um teste para Jeans, aonde ficou e se uniram rapidamente com todas as integrantes e juntas viajaram a Europa para gravar o álbum Cuarto Para las Cuatro e Dulce María escutou pela primeira vez sua voz nas rádios, essa experiência aos 15 anos de idade.

2003-2004: Clase 406[editar | editar código-fonte]

Dulce durante a música "Fui La Niña" na Empezar Desde Cero World Tour em 2008.

Dulce María se sentia "ter algo pendente" dentro da atuação e decide sair do grupo Jeans para aproveitar a primeira proposta para realizar um papel protagonista em telenovelas com Clase 406, para depois, com o grupo musical deste projeto, ser homenageado por suas altas vendas. Foi neste momento em que Dulce María começou a compor e se visualizou gravando um disco em solitário.

2004-2008: RBD[editar | editar código-fonte]

Ao ver seu trabalho em Clase 406, Pedro Damián a convida para realizar provas e oficinas por cerca de dois meses para Rebelde e decide que Dulce María interpretará Roberta. Produto desse projeto, Dulce María forma parte do projeto musical RBD, o qual se converteu em um fenômeno artístico e social a nível mundial, lotando em seus shows estádios como o Santiago Bernabeu em Madrid e o Maracanã no Rio de Janeiro e se apresentando em outros países que não falavam espanhol.

A RBD foi composta por Dulce María, Anahí, Maite Perroni, Alfonso Herrera, Christian Chávez e Christopher Uckermann. Junto ao RBD, Dulce grava vários discos, entre eles Rebelde, em 2004, Tour Generación RBD en vivo, Nuestro amor, em 2005 e Celestial, em 2006. Ainda em 2006, lançam outra produção ao vivo: Live in Hollywood e, no mesmo ano, a primeira produção em inglês: Rebels. Já em 2007, lançam Hecho en España, outra produção ao vivo; e Empezar Desde Cero. O grupo torna-se um fenômeno mundial e alcança vários prêmios, entre eles Premios Juventud, "Billboard Latin Music Awards", "Premios Lo Nuestro", "Premios Oye", "Orgullosamente Latino" e outros mais.

O grupo durante a sessão de fotos do último álbum, em outubro de 2008.

Com o RBD, Dulce consegue diversos discos de platina e de ouro e realiza turnês em vários lugares do mundo, sendo um dos acontecimentos mais importantes da música mexicana das últimas décadas. Dulce María conhece mais de 23 países, canta em mais de 116 cidades, vende mais de 15 milhões de discos, 4 milhões de DVDs, além dos 17 milhões de downloads na Internet, sem contar sua versão da famosa boneca Barbie.

Em 2007, o sexteto apresenta a série RBD, la familia, que trata de mostrar como o grupo é na vida real, com situações parecidas com a vida que levam, para que os fãs tenham uma ideia de como é o RBD atrás dos bastidores, não se trata de um reality show, tudo o que ocorre na série é ficção. Dulce foi responsável pelo tema oficial da série: "Quiero Poder". Junto ao RBD, faz uma participação especial em Lola... Érase Una Vez!.[11][12]

Ainda em 2008, faz sua estreia solo em um dueto realizado com o cantor Tiziano Ferro e Anahí na canção "El Regalo Más Grande", alcançando o segundo lugar na parada italiana. A canção faz parte do álbum de Tiziano Ferro.[13]

Em 15 de agosto de 2008, após quatro anos de êxito, o grupo RBD anuncia sua separação e realiza uma turnê mundial de despedida chamada Tour del Adiós, que passa por toda América Latina e Europa.[14]. No ano seguinte lançam, então, o último álbum de estúdio Para Olvidarte De Mí e o DVD Tournée do Adeus.

2009-2012: Verano de Amor e Extranjera[editar | editar código-fonte]

Dulce em 2010.

Em 2009 foi convidada novamente por Pedro Damián para protagonizar a novela Verano de Amor, interpretando Miranda. Dulce também gravou o tema oficial de abertura da primeira temporada da novela, "El Verano", e logo após o tema da segunda temporada, "Déjame Ser", ambos escritos por ela. Ainda em 2009, Dulce fez também um dueto com o cantor Akon, com a canção "Beautiful", que foi regravada com Dulce María para a versão Latina.[15][16]

Em 2010 começou a filmar o filme chileno ¿Alguien ha visto a Lupita? de Gonzalo Justiniano, interpretando a protagonista Lupita. O filme estreou em 2012 sendo elogiado pela crítica e exibido em diversos festivais internacionais, recebendo prêmios no Festival de Cinema de Lima e Festival Internacional de Cinema de Montreal.[17][18] Na televisão participou da terceira temporada do seriado Mujeres Asesinas, interpretando Eliana, sucesso principalmente no México e Estados Unidos. O episódio ganhou grande repercussão de imprensa, crítica e público porque exibiu um beijo lésbico entre Dulce e Fernanda Castillo. As duas foram muito elogiadas por suas atuações e por aceitarem este desafio. No entanto, ao ser exibido pela Televisa, o capítulo sofreu forte censura e apenas foi disponibilizado sem cortes na internet e em DVD. Em 2017 a Televisa reprisou a série e o capítulo foi exibido sem cortes.[19][20][21]

No final de 2010, Dulce lançou Extranjera: Primeira Parte que contém 7 faixas: "Inevitable", "Luna", "No se parece", "Vacaciones", "Ingenua", "El Hechizo" e "Extranjera".[22]

Dulce se apresentando no Teleton México em 2011.

Deu início também em seu projeto Dulce Amanecer, que trata de uma fundação criada por ela para várias causas, desde crianças carentes, mulheres indígenas, causas ambientalistas e etc. utilizando objetos próprios dela, fazendo rifas para arrecadar fundos visando uma base para a fundação. O projeto tem recebido apoio de fãs e pessoas de diversos países e tem conseguido resultados satisfatórios.

Em 2011, Dulce lançou a segunda parte do disco Extranjera, que conseguiu disco de platina no Brasil.[23][24]

Ainda em 2011, Dulce deu inicío a sua primeira turnê solo, intitulada Extranjera On Tour, que passou pelos Estados Unidos, México, Colômbia, Chile, Argentina, Venezuela e encerrando no Brasil.

Logotipo usado durante a era "Extranjera".

Com esse primeiro disco foram feitas turnês na América Central e Sul, encerrando com um show exclusivo no México no famoso parque de diversões Six Flags.

Em outubro, Dulce retornou ao Brasil para participar da premiação Meus Prêmios Nick, onde esteve nomeada na categoria "Artista Internacional", na qual saiu ganhadora. Além do prêmio, Dulce recebeu o certificado de Disco de Platina pelo seu primeiro disco Extranjera sendo a primeira cantora mexicana a receber esse certificado no Brasil.[25]

Em 2012 lançou um extended play (EP) com cinco canções, entre elas um remix de "Inevitable", com a participação de Juan Magán e uma regravação de "Se Como Duele", original da cantora Karina. Dulce foi convidada pela Rede Record para fazer uma participação especial de 5 capítulos na versão brasileira de Rebelde, onde interpretou ela mesma.[26][27]

Ela também ficou a cargo do tema principal da telenovela juvenil Último Año da MTV, "Es Un Drama".[28] Ainda em 2012, Dulce María voltou ao Brasil e se despediu oficialmente do seu primeiro trabalho solo, fechando com chave de ouro uma turnê exclusiva em Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo.

2013-2015: Sin Fronteras, Va Por Ti e La Era del Rock[editar | editar código-fonte]

Em 2013 anunciou que iria lançar um novo álbum de estúdio cujo nome, Sin Fronteras, foi escolhido a partir de indicações de seus fãs através das redes sociais. O primeiro single foi lançado no dia 5 de setembro de 2013, intitulado "Lágrimas" e é um dueto com o cantor Julión Álvarez. Apesar de não ter sido muito bem aceito pelo público, o novo ritmo apostado pela cantora reinou em metade das faixas do seu álbum.[29]

Ainda em 2013 viajou para a República Dominicana para gravar o filme Quiero Ser Fiel e foi convidada pela produtora Rosy Ocampo para uma participação especial na reta final da novela Mentir Para Vivir, como a personagem Joaquina Barragán.[30][31]

Dulce em 2014.

Em 2014, mais precisamente em 7 de janeiro, Dulce já começou o ano com pé direito e lança o segundo single do seu segundo CD solo, dessa vez, o single é "Antes Que Ver El Sol" cover do cantor Coti. O lançamento do videoclipe foi em 10 de fevereiro e dessa vez teve uma versão exclusiva para os brasileiros com a participação da cantora Manu Gavassi.[32]

Em 8 de Abril de 2014, foi lançado o álbum Sin Fronteras, segundo álbum de estúdio de Dulce Maria. Logo após o lançamento do álbum, a cantora lançou o terceiro single do CD: "O lo haces tú o lo hago yo". Em 26 de julho de 2014, Dulce deu início a sua segunda turnê solo: Sin Fronteras On Tour para a divulgação do seu segundo trabalho discográfico. A turnê passou pela Espanha, México, Brasil, Argentina e Chile. A tour teve fim no 26 de Dezembro de 2015, em Chilpancingo, México.

Em junho Dulce foi anunciada como protagonista do musical La Era del Rock, peça baseada no musical da Broadway Rock of Ages. A peça iniciou-se em outubro e Dulce permaneceu até 25 de janeiro de 2015, onde se apresentou na cidade de Puebla.[33][34]

Em setembro deu início o reality musical Va Por Ti exibido nos Estados Unidos pela Univisión que buscava uma nova grande estrela da música latina, onde Dulce era a capitã de uma das equipes.[35][36]

2016-presente: Corazón Que Miente e DM[editar | editar código-fonte]

Dulce na apresentação da novela Corazón que Miente, em fevereiro de 2016.

Em dezembro de 2015 começou a filmar a novela mexicana Corazón Que Miente como a antagonista Renata.[37] Em 8 de fevereiro de 2016 a novela começou a ser exibida no México pelo Canal de las Estrellas. Dulce ainda interpretou o tema de encerramento, "Dejarte de Amar", que mais tarde foi incluído no seu disco.[38] A novela chegou ao fim em 14 de maio e Dulce começou a trabalhar na gravação do seu terceiro disco como solista.

Em 29 de abril de 2016, lançou "No sé llorar" como primeiro single do seu próximo disco, recebendo críticas positivas sobre a maturidade presente no tema em conjunto com a evolução vocal e musical da intérprete em relação aos seus trabalhos anteriores. No México, a música alcançou a décima posição entre as canções pop mais tocadas no Monitor Latino.

Em agosto se apresentou no Kids" Choice Awards México 2016 com a canção No Sé Llorar e levou para casa o prêmio de Artista Nacional Favorito.[39]

Em 23 de setembro de 2016 lançou o segundo single "Volvamos", uma parceria com o cantor Joey Montana. A canção foi um sucesso logo no seu lançamento, atingiu o primeiro lugar no iTunes de 13 países se tornando a canção de uma artista mexicana a atingir a maior quantidade de primeiros lugares.[40][41] "Volvamos" atingiu o 5º lugar nas músicas pop mais tocadas no México[42] e o 7º lugar nas com mais audiência[43]. A canção atingiu também o 9º lugar nas músicas pop mais tocadas no Equador[44][45] e o 4º lugar nas músicas pop mais tocadas no Panamá.[46] [47]

Em novembro teve a estreia do programa "El Mejor Amigo del Hombre" ao qual Dulce foi a narradora, exibido na América Latina e no mercado hispânico dos Estados Unidos através dos canais Discovery Channel e Animal Planet, a série investigava como o homem e os cachorros conseguiram construir um relacionamento amigável que remonta muitos anos.[48][49][50][51]

Em dezembro começou as gravações do filme "Más allá de la Herencia" en Cancún, onde interpreta uma das protagonistas.[52]

Dulce começou o ano de 2017 totalmente focada na música, participando em festivais de rádios e preparada para o lançamento do seu novo disco. No dia 03 de março de 2017, uma semana antes do lançamento do disco, lançou a terceira música de trabalho, "Rompecorazones", alcançando o topo do iTunes de quatro países.

Em 10 de março foi lançado seu terceiro disco como solista, chamado DM, contendo quatro composições suas e sendo elogiado pelo público e pela crítica pelo seu amadurecimento como artista.[53][54]

Ainda em março deu início no México a sua terceira tour mundial, a DM World Tour, pela primeira vez cantando no Teatro Metropolitan como solista, durante o show foi filmado o videoclipe da canção Rompecorazones. A tour visitou diversas cidades do México e do Brasil, e proximamente irá a Espanha e Colômbia.[55][56]

No final de junho saiu da Televisa, emissora ao qual trabalhou durante toda a carreira, e assinou contrato com a emissora Imagen Televisión para protagonizar uma produção original do canal.[57][58][59][60]

Campanhas publicitárias[editar | editar código-fonte]

Dulce fez diversos comerciais, tanto sozinha quanto com o RBD, entre eles estão os anúncios para Always, Danoninho, Giraffas, Kinder Bueno, Leche Nido (Leite Ninho) e Vick Vaporub. Na sua adolescência, fez propagandas contra o uso de drogas e contra maus tratos infântis. Junto ao RBD, o principal anunciante era a Pepsi. Atualmente, mantém extensos e importantes contratos com a Cklass, empresa que vende roupas e calçados, com a Freskas Nestlé e Garnier na qual também faz campanhas educativas voltadas para o público jovem.

Compositora[editar | editar código-fonte]

Dulce começou a escrever com apenas 11 anos de idade, compôs sua primeira canção aos 13 anos, mas só teve a oportunidade de gravar as canções profissionalmente quando estava no grupo RBD, a primeira das músicas foi "Quiero Poder", interpretada por ela mesma com participação de Christopher Uckermann, que mais tarde faria parte da trilha sonora de RBD, la familia, série protagonizada pelo RBD.[61] "Te Daría Todo" foi também gravada junto a banda, mais tarde foi cantada nos shows de sua primeira tour como solista Extranjera On Tour, em algumas cidades ela cantou com a participação especial de sua irmã Blanca.

Em seu último álbum com a banda RBD, Para Olvidarte De Mí, saíram mais duas de suas composições: "Lágrimas Perdidas" e "Más Tuya Que Mía". Sendo a primeira um solo e a segunda cantada juntamente com suas companheiras de grupo, Anahí e Maite Perroni.

Também fez composições para trilha sonora da novela Verano de Amor a qual também atuou como protagonista, compôs as músicas "Quiero Mi Vida" e "Déjame Ser", outra de suas composições foi a música "Donde Sale El Sol" que compôs juntamente com Carlos Lara e talvez faria parte de seu primeiro CD, mas Dulce presenteou com a música a jovem cantora mexicana Paulina Goto que gravou a canção.

Em seu primeiro disco como solista, Extranjera, compôs "Luna", "Inevitable" , "Dicen", "Quien Serás?" e "24/7".[62]

Para seu disco Sin Fronteras, Dulce María compôs "Yo Sí Queria", "Si Tú Supieras", "Cementerio de Los Corazones Rotos", "Shots de Amor" e "O lo haces tú o lo hago yo".[63]

Em 2015 a cantora Ana Cristina lançou a canção "Esta Vez" que foi composta por Dulce.

Para seu mais recente disco DM, lançado em 2017, compôs os temas "Cicatrices", "Al otro lado de la lluvia", "Rompecorazones e "Dejarte de amar". Durante uma entrevista revelou que "Cicatrices" foi a primeira canção que ela compôs para o disco e "Dejarte de amar" foi composta especialmente para a novela Corazón que miente.[64][65]

Escritora[editar | editar código-fonte]

Dulce Amargo[editar | editar código-fonte]

Em 2008, Dulce publicou um livro de poemas escritos pela própria, o qual deu o nome de Dulce Amargo e conta com ilustrações de sua autoria. Dulce conta em suas entrevistas que sempre escreve todos os dias, e que durante suas turnês com o grupo RBD, quando podia, escrevia seus sentimentos e guardava-os, até que um dia lhe bateu a vontade de compartilhar algumas coisas que escreveu com seus fãs. Um pouco mais de 7 mil pessoas foram ao lançamento da obra, no México, e mais tarde este chegou a outros países - sendo divulgado mundialmente por diversas editoras em mais de um idioma. No México foi lançado pela "Editora CARAS" enquanto no Brasil foi lançado pela On Line Editora.

Em 2014 Dulce anunciou que estava em negociações com diversas editoras para relançar o livro com mais poemas, feitos por elas dos 11 a 21 anos, e com mudanças também nos desenhos.[66][67]

Em 6 de dezembro de 2014, sete anos após da primeira edição de seu livro Dulce Amargo lançou a reedição do livro na reconhecida Feria Internacional Del Libro de Guadalajara (FIL), pela Editora Urano. A nova versão apresenta mais poemas e recebeu o subtítulo Recuerdos de una adolescente.[68] Em 14 de fevereiro de 2015 foi lançado em formato digital em todo o mundo, com tradução em português para o Brasil. A versão impressa do livro foi lançada no México, Estados Unidos e Argentina pela Editora Urano e no Brasil pela Universo dos livros, se tornando um sucesso de vendas.[69] No México ficou por diversas semanas entre os 10 mais vendidos, chegando a alcançar a primeira posição e no Brasil ficou entre os mais vendidos segundo a Revista Veja e PublishNews. Com três meses do seu lançamento no Brasil, o livro já havia vendido mais de 3 mil cópias.[70][71]

Atividades humanitárias[editar | editar código-fonte]

Ao longo de sua carreira, Dulce María participa de diversas campanhas humanitárias. Em setembro de 2009 foi escolhida pelo Google, Save the Children e Chicos.net como a representante da campanha Tecnología Sí que se encarrega de promover o bom uso da internet entre os jovens.[72] [73]

Ainda em 2009, em outubro Dulce criou sua própria fundação chamada Fundación Dulce Amanecer com o objetivo de contribuir para causas sociais, que vão desde apoiar as comunidades de apoio das mulheres indígenas até cuidar do meio ambiente, a cantora mantém a fundação com o apoio de seus seguidores ao redor do mundo e doações e sorteios de seus itens pessoais.[74] Por conta de sua fundação, em 2011 a Nickelodeon América Latina anunciou que Dulce María receberia o premio Pro Social dos Kids Choice Awards México 2011. Dulce recebeu o blimp verde, prêmio especial que distingue aqueles que recebem este reconhecimento. O Pro Award social é apresentado em outros países como os Estados Unidos e o Brasil no âmbito da estratégia Big Green Help, estabelecido pela Nickelodeon. Este reconhecimento é concedido a pessoas que se destacaram por suas ações e impacto no ambiente ou na sociedade, como Michelle Obama em 2010.[75]

Dulce María no Expo Joven 2010, em Chihuahua no México.

Em fevereiro de 2010, Dulce María junto com Alfonso Herrera foram apresentados aos meios de comunicações no Auditorio Nacional da Cidade do México como representantes da Expo Joven 2010, evento ao qual tinha como objetivo se manifestar contra a violência e a insegurança que assola o México, principalmente em Chihuahua. No dia 20 de fevereiro, Dulce foi até a cidade de Chihuahua como parte da Expo Joven, onde realizou uma palestra com o tema "amizade".[76] [77]

Em agosto de 2012, Dulce María ajudou na construção e abertura de um parque infantil localizado em Lynwood, na Califórnia, a convite das empresas KaBOOM! e Kool-Aid que patrocinaram este espaço projetado para promover a atividade física entre os menores e reduzir os níveis de obesidade neste setor da população. Dulce realizou atividades que variaram desde pintar o local, misturar cimento, cortar a fita da inauguração e além de tirar fotos com as famílias hispânicas e voluntários que participaram do evento.[78] [79]

No mês de outubro, Dulce foi a representante da campanha Mujeres a Tiempo organizada pela Televisa Monterrey, campanha a qual luta contra o câncer de mama. Tão comprometida com esta causa, Dulce compôs e gravou um tema, Reloj de arena, para ser o hino da campanha, além de ter gravado um vídeo para o tema em vários locais de Monterrey acompanhada por mulheres que fazem parte de associações mexicanas como Cruz Rosa, Unidas contigo e Supera.[80] Dulce foi fotografada pelo diretor e produtor Pedro Torres para a revista mexicana Quién, como parte da campanha Tócate - Por un México sin cáncer de mama, campanha onde 28 mulheres que participam em conjunto para dar voz e criar a consciência de saúde e detecção precoce do câncer de mama, além de ter como objetivo fornecer fundos para a Fundación del Cáncer de Mama (FUCAM). Com as imagens das 28 mulheres que participaram foi feito uma galeria que permaneceu em exposição durante outubro na avenida Paseo de la Reforma na Cidade do México.[81] [82] [83] [84]

Em dezembro durante o período de festa de final de ano, Dulce visitou junto com sua irmã Blanca um hospital que cuida de crianças com Câncer no México. Durante sua visita Dulce entregou brinquedos e conversou com as crianças.[85]

Em setembro de 2013, Dulce junto com artistas como Lucero e Reik gravaram ¡Súmate Ya! o tema oficial da campanha para recolher apoio para aqueles afetados pelo Furacão Ingrid e Tempestade Manuel.

Em novembro, Dulce se tornou a imagem da campanha mundial Someone like Me, organizada pela MTV junto com a empresa SICO, uma campanha global para informar e criar conversa entre os jovens sobre sexo, saúde sexual e, finalmente, alcançar uma geração livre de HIV. Dulce participou de um evento no México, com a participação de DJ internacional Benjamin Diamond, para falar sobre o tema.[86] [87]

Em dezembro, Dulce se une a campanha de Televisa Foundation, "Live the Dream" (Vive el Sueño), uma iniciativa destinada aos estudantes de inglês (English Language Learners, ELL) em escolas públicas nos Estados Unidos. No dia 9 de dezembro, ela visitou a escola "Burbank Middle School" localizada na cidade de Houston, Texas. Através desta campanha, contou suas experiências de superação para inspirar os alunos a definir seus objetivos e como trabalhar para superá-los.[88] [89] [90]

Em março de 2015, Dulce se juntou ao People for the Ethical Treatment of Animals (PETA), para condenar o abuso de elefantes em circos nos Estados Unidos. Em uma entrevista com a agencia AP, a cantora disse que seu interesse em proteger elefantes veio durante uma viagem à Tailândia em 2014. No vídeo que ela filmou para a campanha, pede às pessoas para não irem aos circos que usam animais e explica em detalhes todos os maus tratos a que são submetidos os elefantes para que possam realizar a sua função. Dulce também aplaude o fato de que o México já proibiu o uso de animais selvagens em circos.[91] [92] [93] [94]

Em junho durante sua passagem no Chile para sua tour, Dulce visitou a Corporación de Ayuda al Niño Quemado (COANIQUEM) se mostrando cativada pela causa, compartilhando ativamente com as crianças atendidas na fundação.[95]

Em novembro no Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra a Mulher, Dulce aderiu à campanha #NiUnaMás que procura sensibilizar todos os mexicanos sobre o problema da violência de gênero. Através de sua conta no Twitter, publicou uma imagem sua com a mensagem: "#DiNoALaViolencia #LaViolenciaDestruye". Como ela, outras personalidades aderiram a esta campanha que foi lançada pela Fundación Origen através do seu site onde homens e mulheres são convidados a tirar uma foto e, em seguida, compartilhar em suas redes e criar um maior impacto.[96] [97]

Dulce durante a campanha "Vive con Glamour", em outubro de 2016.

Em janeiro de 2016, Dulce María se une a campanha #LeerMx - Lo Que Importa Esta En Tu Cabeza, organizada pelo Conselho de Comunicação do México, o conceito da campanha quer dizer aos jovens além de sua aparência, o que realmente importa é o que está em sua cabeça e, neste sentido, a leitura é a ferramenta que lhes dá mais, ou seja, através dela eles podem expressar-se, criar, participar e construir a sua própria personalidade.[98]

Em outubro, Dulce uma vez mais se junta a uma campanha contra o Câncer de Mama. Agora como embaixadora da quarta edição da campanha Vive con Glamour realizada pela revista Glamour. Iniciativa realizada todos os anos durante o Outubro Rosa que tem como objetivo que as mulheres realizem o auto-exame. [99] [100]

Em 23 de fevereiro de 2017, Dulce María se juntou como embaixadora, junto com Juan Pablo Manzanero e o cantor Kalimba, à campanha da organização de ajuda cristã World Vision, que ajuda a mudar a realidade das crianças latino-americanas submetidas a abuso e violência em todas as suas formas. Durante a coletiva, Dulce enfatizou que é hora de juntar esforços para dar uma mensagem a todo o México e no resto da América Latina, bem como outras partes do mundo para reforçar o que a organização faz para as crianças. Dulce junto com cantores como Cristian Castro e Kalimba lançaram a canção Da Amor como canção oficial de World Vision.[101] [102] [103]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Em 2002, durante as gravações de Clase 406, Dulce María conheceu Alfonso Herrera, iniciando-se um namoro que durou até 2005.[104] Os dois continuaram amigos e trabalharam juntos novamente em Rebelde, consequentemente sendo companheiros de banda no RBD. Em 2005 assumiu o namoro com o goleiro da seleção mexicana Guillermo Ochoa, o relacionamento durou até abril de 2006.[105][106] Em 2008 conheceu o ator Pablo Lyle, com quem contracenava na novela Verano de Amor e mantiveram um romance até 2009. Dulce e Pablo continuaram amigos e anos depois voltaram a contracenar juntos na novela Corazón que Miente.[107] Mais tarde, teve uma relação com o empresário mexicano Luis Rodrigo Reyes, que durou de 2011 a 2015.[108]

Desde dezembro de 2016, namora o diretor mexicano Paco Álvarez, que conheceu durante as gravações do clipe de "No Sé Llorar". [109]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Telenovelas
Ano Título Personagem
1994 El vuelo del águila Delfina Ortega de Díaz
1995 Alondra Menina na igreja
Retrato de familia Elvira Preciado
1997 Infierno en el paraíso Dariana Valdivia
1998 Huracán Rosio Medina
1999 Nunca te olvidaré Silvia Requena Ortiz (jovem)
DKDA: Sueños de juventud Mary Cejitas
2000 Primer amor Brittany
2001 Locura de amor Ximena
2002-2003 Clase 406 Marcela Mejia
2002 El juego de la vida Marcela Mejia
2004-2006 Rebelde Roberta Alexandra Maria Pardo Rey
2007 Lola... érase una vez! Ela mesma
2009 Verano de amor Miranda Perea Olmos
2012 Miss XV Ela mesma
Rebelde Ela mesma
2013 Mentir para vivir‏ Joaquina "Jackie" Barragan
2016 Corazón que miente Renata Ferrer Jáuregui/Mirella Barlanga
Cinema
Ano Título Personagem Notas
1994 Quimera Lucía
1997 Desilusiones Nina
Juguito de Ciruela Julieta Luna
1999 Inesperado Amor Lorena
2000 Bienvenida al Clan Aleshaí
2007 El Agente 00-P2 Molly Cocatú Voz
2011 ¿Alguien ha visto a Lupita? María Guadalupe "Lupita" Concepción
2013 Quiero Ser Fiel Karla Martín
2017 Más Allá de La Herencia Gabriela Pós-produção
Séries
Ano Título Personagem Notas
1993-1995 Plaza Sésamo Menina
1993 El Club de Gaby Menina
1998 Mujer, casos de la vida real Diana Ep. "Niño Problema"
2005 La Energía de Sonric'slandia Ela mesma 1 episódio
2007 RBD, la familia Dul 13 episódios
2010 Mujeres Asesinas 3 Eliana 3ª Temp; Ep. "Eliana, Cuñada"
2016 El Mejor Amigo Del Hombre Ela Mesma Narradora
Reality show
Ano Título Função
2014 Va Por Ti Capitã

Teatro[editar | editar código-fonte]

Teatro
Ano Título Personagem
2014 Rock Of Ages - La Era Del Rock Sherrie

Turnês[editar | editar código-fonte]

Ano Título
2011-2012 Extranjera On Tour
2014-2015 Sin Fronteras On Tour
2017 DM World Tour

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Extranjera Primer Parte Charts». SpainCharts.com. Consultado em 14 de junho de 2013 
  2. Universal Musica Mexico (24 de dezembro de 2010). «Dulce María Número Uno en México». Consultado em 24 de dezembro de 2010 
  3. People en español "Dulce María entre los 50 más bellos de 2007" - actualizado abril 2007
  4. People en español "Dulce María entre las más bellas de 2007" - actualizado abril 2007
  5. People en español "Dulce María una de los 50 más bellos" - actualizado abril 2010
  6. People en español "Dulce María una de los 50 más bellos" - actualizado abril 2011
  7. http://peopleenespanol.com/celebridades/los-mas-bellos-de-people-en-espanol/
  8. «The 100 Most Influential Women On Twitter» (em inglês). 10 de junho de 2015. Consultado em 10 de junho de 2015 
  9. «Top Trends Twitter» (em inglês). 30 de novembro de 2015. Consultado em 30 de novembro de 2015 
  10. «5 Things You Didn't Know About Dulce Maria» (em inglês). Latina. Consultado em 5 de julho de 2012 
  11. Terra (13 de março de 2007). «Mañana se estrena la serie RBD La Familia» (em espanhol). Consultado em 19 de maio de 2017 
  12. Las Noticias Mexico (13 de março de 2007). «Presenta el grupo RBD su serie que se transmitirá a nivel mundial» (em espanhol). Consultado em 19 de maio de 2017 
  13. Terra (25 de agosto de 2008). «Dulce María, Anahí graban dueto con Tiziano Ferro» (em espanhol). Consultado em 19 de maio de 2017 
  14. «RBD anuncia a separação»  Página visitada em 15 de agosto de 2008.
  15. People en Español (2 de abril de 2009). «Dulce María graba con Akon» (em espanhol). People en Español. Consultado em 2 de abril de 2009 
  16. Terra (2 de abril de 2009). «Dulce María grava clipe com Akon no México». Terra. Consultado em 2 de abril de 2009 
  17. Sergio Esteban Vélez (1 de setembro de 2012). «"¿Alguien ha visto a Lupita?", de Gonzalo Justiniano, premiada en el Festival des Films du Monde» (em espanhol). El blog de Sergio Esteban Vélez. Consultado em 1 de setembro de 2012 
  18. latinofusion (4 de setembro de 2012). «Have you seen Lupita? awarded in Montreal». latinofusion. Consultado em 4 de setembro de 2012 
  19. Informador México (6 de agosto de 2010). «Actrices filman campaña para tercera temporada de Mujeres asesinas» (em espanhol). Informador México. Consultado em 6 de agosto de 2010 
  20. El Nuevo Dia (2 de junho de 2010). «Dulce María se convierte en asesina» (em espanhol). El Nuevo Dia. Consultado em 2 de junho de 2010 
  21. popjoven (26 de maio de 2011). «Polémico episodio de Dulce María en Mujeres Asesinas se transmitirá hoy» (em espanhol). popjoven. Consultado em 26 de maio de 2011 
  22. Estereofonica (10 de novembro de 2010). «Dulce María lanza hoy nuevo álbum "Extranjera"» (em espanhol). Estereofonica. Consultado em 10 de novembro de 2010 
  23. Terra Mexico (15 de junho de 2011). «Dulce María lanza la segunda parte de 'Extranjera'» (em espanhol). Terra Mexico. Consultado em 15 de junho de 2011 
  24. igirl ig (14 de outubro de 2011). «Dulce María ganha disco de platina no "Meus Prêmios Nick"». igirl ig. Consultado em 14 de outubro de 2011 
  25. «Ex-RBD Dulce María ganha disco de platina no Brasil». Universal Music. 20 de outubro de 2011. Consultado em 20 de outubro de 2011 
  26. «Fique por dentro da participação de Dulce María em Rebelde». Entretenimento R7. 24 de julho de 2012. Consultado em 24 de julho de 2012 
  27. «Dulce Maria ganha cachê de R$ 400 mil para participar de novela brasileira». Revista Quem. 1 de agosto de 2012. Consultado em 1 de agosto de 2012 
  28. «Dulce María interpretará tema de novela Último año» (em espanhol). People en Español. 17 de julho de 2012. Consultado em 17 de julho de 2012 
  29. Diario Basta! (6 de novembro de 2013). «Dulce María lanza video con Julión Álvarez» (em espanhol). La Opinión. Consultado em 6 de novembro de 2013 
  30. Hola! México (8 de abril de 2013). «Dulce María, Sandra Echeverría y Valentino Lanús filman en República Dominicana» (em espanhol). Hola! México. Consultado em 8 de abril de 2013 
  31. Univision (17 de junho de 2013). «Dulce María regresa a las telenovelas con "Mentir Para Vivir"» (em espanhol). Univision. Consultado em 17 de junho de 2013 
  32. «Dulce Maria grava dueto com Manu Gavassi.». UOL. Consultado em 12 de março de 2014 
  33. Teatro Em Cena (16 de junho de 2014). «Dulce María vai estrear no teatro musical com Rock of Ages». Teatro Em Cena. Consultado em 16 de junho de 2014 
  34. HOLA México (16 de junho de 2014). «Dulce María protagonizará el musical 'La Era del Rock'» (em espanhol). HOLA México. Consultado em 16 de junho de 2014 
  35. Portal POPline (18 de agosto de 2014). «Dulce María estrela comercial do reality show musical "Va Por Ti"». Portal POPline. Consultado em 18 de agosto de 2014 
  36. Televisa (16 de junho de 2014). «Dulce Maria será coach en 'Va por ti'» (em espanhol). Televisa. Consultado em 18 de agosto de 2014 
  37. TVBMás (8 de dezembro de 2015). «Ya se graba en foro la telenovela "Corazón que miente" ¡Dulce María dice presente!» (em espanhol). TVBMás. Consultado em 8 de dezembro de 2015 
  38. Dulce María revoluciona las redes sociales con su primera aparición en Corazón que miente (FOTOS)
  39. «Lista de ganadores de los Kids Choice Awards México 2016». milenio (em Español). 20 de agosto de 2016. Consultado em 20 de agosto de 2016 
  40. «'Volvamos' ya es número uno». El Siglo (em Español). 27 de setembro de 2016. Consultado em 27 de dezembro de 2016 
  41. «Volvamos es número uno». La Pasarela (em Español). 27 de setembro de 2016. Consultado em 27 de dezembro de 2016 
  42. «Top 20 Pop México». Monitor Latino. Consultado em 16 de janeiro de 2016. Cópia arquivada em 16 de janeiro de 2017 
  43. «Top 20 Pop México». Monitor Latino. Consultado em 23 de janeiro de 2016. Cópia arquivada em 23 de janeiro de 2017 
  44. «Top Monitor Latino Ecuador». Monitor Latino. Consultado em 28 de novembro de 2016. Cópia arquivada em 28 de novembro de 2016 
  45. «Top 20 Pop Ecuador». Monitor Latino. Consultado em 28 de novembro de 2016. Cópia arquivada em 28 de novembro de 2016 
  46. «Top Monitor Latino Panamá». Monitor Latino. Consultado em 19 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 19 de dezembro de 2016 
  47. «Top 20 Pop Panamá». Monitor Latino. Consultado em 19 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 19 de dezembro de 2016 
  48. Revista Señal (2 de novembro de 2016). «Discovery lanza "El Mejor Amigo del Hombre" para América Latina y US Hispanic» (em espanhol). Revista Señal. Consultado em 2 de novembro de 2016 
  49. HolaCiudad! (11 de outubro de 2016). «Dulce María te habla del Mejor Amigo del Hombre» (em espanhol). HolaCiudad!. Consultado em 11 de outubro de 2016 
  50. Fandango (9 de novembro de 2016). «Dulce María presentará 'El mejor amigo del hombre', lo nuevo de Animal Planet» (em espanhol). Fandango. Consultado em 9 de novembro de 2016 
  51. Grupo Fórmula (9 de novembro de 2016). «Dulce María narra la nueva serie "El mejor amigo del hombre"» (em espanhol). Grupo Fórmula. Consultado em 9 de novembro de 2016 
  52. Diario La Verdad (2 de dezembro de 2016). «Dulce María: En 'Más allá de la Herencia' lucha por el medio ambiente» (em espanhol). Diario La Verdad. Consultado em 2 de dezembro de 2016 
  53. Alejandro Jasso (10 de março de 2017). «Con toque rockero» (em espanhol). El Norte. Consultado em 10 de março de 2017 
  54. Priscila Bertozzi (11 de março de 2017). «Fresco e maduro, DM é a redenção de Dulce Maria». LatinPop Brasil. Consultado em 11 de março de 2017 
  55. El Debate (5 de dezembro de 2016). «Dulce María y el dia que tanto ha esperado, ya viene...» (em espanhol). Consultado em 18 de janeiro de 2017 
  56. Billboard Brasil (28 de maio de 2016). «DULCE MARÍA VEM AO BRASIL». Consultado em 18 de janeiro de 2017 
  57. MNI Entretenimiento (27 de junho de 2017). «Dulce Maria se integra a Imagen TV» (em espanhol). MNI Entretenimiento. Consultado em 27 de junho de 2017 
  58. Novela Lounge (27 de junho de 2017). «Dulce María Deja Televisa y Firma Con Imagen TV» (em espanhol). Novela Lounge. Consultado em 27 de junho de 2017 
  59. El Siglo de Torreón (27 de junho de 2017). «Dulce Maria se integra a Imagen TV» (em espanhol). El Siglo de Torreón. Consultado em 27 de junho de 2017 
  60. Publimetro (27 de junho de 2017). «Dulce María firma contrato con Imagen Televisión» (em espanhol). Publimetro. Consultado em 27 de junho de 2017 
  61. Cifra Club News (3 de julho de 2007). «DMexicana Dulce María, do RBD, inicia carreira de compositora». Cifra Club News. Consultado em 3 de julho de 2007 
  62. RPP Noticias (27 de setembro de 2010). «Dulce María arranca como cantante en solitario con ´Extranjera´». RPP Noticias. Consultado em 27 de setembro de 2010 
  63. Farandula.com (29 de julho de 2014). «Dulce María muestra su música "Sin Fronteras"». Farandula.com. Consultado em 29 de julho de 2014 
  64. El Heraldo (17 de março de 2017). «'Dm', el tercer álbum de Dulce María como solista». El Heraldo. Consultado em 17 de março de 2017 
  65. am (11 de março de 2017). «Dulce María vuelve con nueva identidad». am. Consultado em 11 de março de 2017 
  66. Notimex (12 de fevereiro de 2014). «Dulce María analiza retomar su faceta como escritora» (em espanhol). Hora Cero. Consultado em 12 de fevereiro de 2014 
  67. Portal POPLine (13 de fevereiro de 2014). «Depois de "Dulce Amargo", Dulce María quer lançar mais um livro». Portal POPLine. Consultado em 13 de fevereiro de 2014 
  68. Hola México (18 de novembro de 2014). «Dulce María dará un nuevo aire a su libro, 'Dulce Amargo', en la Feria Internacional del Libro de Guadalajara» (em espanhol). Hola México. Consultado em 18 de novembro de 2014 
  69. Excelsior (12 de dezembro de 2014). «Dulce María reedita 'Dulce amargo' con nuevos textos» (em espanhol). Excelsior. Consultado em 12 de dezembro de 2014 
  70. LatinPop Brasil (13 de abril de 2015). «Dulce Amargo mantém pódio no México e TOP 10 no Brasil». LatinPop Brasil. Consultado em 13 de abril de 2015 
  71. LatinPop Brasil (30 de junho de 2015). «Dulce Amargo rompe barreira das 3 mil cópias vendidas». LatinPop Brasil. Consultado em 30 de junho de 2015 
  72. Quién (29 de setembro de 2009). «Dulce María es vocera de concurso de tecnología» (em espanhol). Quién. Consultado em 7 de maio de 2017 
  73. El Informador (29 de setembro de 2009). «Dulce María gustosa de ser vocera del concurso Tecnología Sí» (em espanhol). El Informador. Consultado em 7 de maio de 2017 
  74. Quién (16 de outubro de 2009). «Dulce María crea asociación de apoyo social» (em espanhol). Quién. Consultado em 7 de maio de 2017 
  75. ANMTV LA (31 de agosto de 2011). «Kids' Choice Awards MX: Premio para Dulce María y participación musical de Grachi» (em espanhol). ANMTV LA. Consultado em 7 de maio de 2017 
  76. Alma Rangel (3 de fevereiro de 2010). «Dulce María y Poncho Herrera en Expo Joven 2010» (em espanhol). TV y Espectáculos. Consultado em 7 de maio de 2017 
  77. El Siglo de Torreón (3 de fevereiro de 2010). «Se manifiestan ex RBD contra la inseguridad» (em espanhol). El Siglo de Torreón. Consultado em 7 de maio de 2017 
  78. Universal Music Magazine (4 de setembro de 2012). «DULCE MARÍA AYUDA A CONSTRUIR PARQUE INFANTIL» (em espanhol). Universal Music Magazine. Consultado em 7 de maio de 2017 
  79. MARTHA SARABIA (30 de agosto de 2012). «Dulce María ayuda a la construcción de parque infantil». La Opinión. Consultado em 7 de maio de 2017 
  80. Publimetro (30 de setembro de 2012). «Dulce María apoya la lucha contra el cáncer de mama» (em espanhol). Publimetro. Consultado em 7 de maio de 2017 
  81. Terra México (2 de outubro de 2012). «Dulce María invita a sus miles de seguidoras a 'tocarse'» (em espanhol). Terra México. Consultado em 7 de maio de 2017 
  82. Terra Chile (2 de outubro de 2012). «28 famosas se desnudan e imploran: "Ten la valentía. Tócate"» (em espanhol). Terra Chile. Consultado em 7 de maio de 2017 
  83. Excelsior (22 de outubro de 2012). «'Tócate' por el cáncer de mama» (em espanhol). Excelsior. Consultado em 7 de maio de 2017 
  84. Sin Embargo (2 de outubro de 2012). «Celebridades presentan la campaña "Tócate" para prevenir el cáncer de mama» (em espanhol). Sin Embargo. Consultado em 7 de maio de 2017 
  85. Hola México (23 de dezembro de 2012). «Dulce María muestra su lado más solidario; la cantante visita a niños que padecen cáncer» (em espanhol). Hola México. Consultado em 7 de maio de 2017 
  86. Hola! México (27 de novembro de 2013). «Dulce María se convierte en la imagen de MTV para la campaña 'Someone like me'» (em espanhol). Hola! México. Consultado em 7 de maio de 2017 
  87. Colombia.com (4 de dezembro de 2013). «Dulce María es anfitriona de una campaña mundial en MTV» (em espanhol). Colombia.com. Consultado em 7 de maio de 2017 
  88. HolaCiudad! (12 de julho de 2013). «Dulce María motiva aprendizaje del inglés en campaña de Televisa Foundation» (em espanhol). HolaCiudad!. Consultado em 7 de maio de 2017 
  89. Departamento 19 (12 de julho de 2013). «Dulce María motiva aprendizaje del inglés en campaña de Televisa Foundation» (em espanhol). Departamento 19. Consultado em 7 de maio de 2017 
  90. HoustonISD (10 de dezembro de 2013). «Televisa Foundation to Help English Language Learners 'Live the Dream'» (em inglês). HoustonISD. Consultado em 7 de maio de 2017 
  91. YOLAINE DÍAZ (11 de março de 2015). «Dulce María se une a una campaña en contra de los elefantes en el circo (FOTOS Y VIDEO)» (em espanhol). People en Español. Consultado em 7 de maio de 2017 
  92. PETA Latino (11 de março de 2015). «DULCE MARÍA LE DICE NO A LA CRUELDAD DEL CIRCO» (em espanhol). PETA Latino. Consultado em 7 de maio de 2017 
  93. PETA (26 de março de 2015). «Dulce Maria Speaks Up for Elephants!» (em inglês). PETA. Consultado em 7 de maio de 2017 
  94. Latin Gossip (13 de março de 2015). «Dulce Maria Against Circuses With Elephants» (em inglês). Latin Gossip. Consultado em 7 de maio de 2017 
  95. FMBOX (13 de junho de 2015). «Dulce María en Coaniquem: Se sumó a la causa del actor Andrés Gómez» (em espanhol). FMBOX. Consultado em 7 de maio de 2017 
  96. Vanidades (25 de novembro de 2015). «Dulce María y otras famosas se unen al Día Internacional de la Eliminación de la Violencia Contra la Mujer» (em espanhol). Vanidades. Consultado em 7 de maio de 2017 
  97. Caras México (25 de novembro de 2015). «Dulce María, contra la violencia de gênero» (em espanhol). Caras México. Consultado em 7 de maio de 2017 
  98. Juan Carlos Machorro (15 de março de 2016). «Lanzan campaña "Lo que importa está en tu cabeza"» (em espanhol). Mi Ambiente. Consultado em 7 de maio de 2017 
  99. El Siglo de Torreón (8 de outubro de 2016). «Se suma Dulce María a campaña contra cáncer para 'Vivir con glamour'» (em espanhol). El Siglo de Torreón. Consultado em 7 de maio de 2017 
  100. Condé Nast (8 de outubro de 2016). «Glamour presenta por cuarto año consecutivo la campaña #ViveConGlamour» (em espanhol). Condé Nast. Consultado em 7 de maio de 2017 
  101. World Vision Internacional (23 de fevereiro de 2017). «Presentación de Dulce María, Kalimba y Juan Pablo Manzanero como embajadores de World Vision» (em espanhol). World Vision Internacional. Consultado em 7 de maio de 2017 
  102. World Vision (23 de fevereiro de 2017). «Dulce María, Kalimba y Juan Pablo Manzanero unen sus voces para cantar por el amor y contra la violencia a la niñez» (em espanhol). World Vision. Consultado em 7 de maio de 2017 
  103. Excelsior (23 de fevereiro de 2017). «Dulce María se une a campaña contra abuso infantil» (em espanhol). Excelsior. Consultado em 7 de maio de 2017 
  104. «Alfonso Herrera y Dulce María protagonizan un hashtag en Twitter» (em espanhol). www.informador.com.mx. 12 de fevereiro de 2011. Consultado em 7 de abril de 2016 
  105. «Dulce María encantada con la actuación de su ex Guillermo Ochoa en el Mundial» (em espanhol). www.peopleenespanol.com. 24 de junho de 2014. Consultado em 7 de abril de 2016 
  106. «Dulce María rompió con su novio» (em espanhol). TERRA. 12 de abril de 2006. Consultado em 7 de abril de 2016 
  107. Gil Huerta (e Franciso Mancera) (10 de fevereiro de 2016). «Dulce María y Pablo Lyle son pareja en telenovela ¡a 7 años de su truene!» (em espanhol). TV Notas. Consultado em 16 de junho de 2016. Cópia arquivada em 11 de fevereiro de 2016 
  108. «Dulce María termino con su novio Luis Reyes» (em espanhol). www.lametiche.com. 2015. Consultado em 7 de abril de 2016 
  109. CARAS (4 de janeiro de 2017). «Dulce Maria assume namoro e se declara a Paco Álvarez». Consultado em 19 de maio de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]