Chevrolet 6500

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Chevrolet 6500
Visão Geral
Nomes
alternativos
Chevrolet Brasil 6500
Produção 1957-1963
Fabricante Chevrolet, grupo General Motors
Modelo
Carroceria caminhão
Ficha técnica
Motor Dezembro de 1958 a 1963: 4278cc (261)
Transmissão 4 Marchas (1ª seca)
Modelos relacionados Chevrolet Amazona
Chevrolet Alvorada
Chevrolet Corisco
Chevrolet 6100
Chevrolet 3100
Chevrolet Boca de Bagre
Chevrolet Marta Rocha
Chevrolet C-10
Cronologia
Chevrolet Marta Rocha
Chevrolet C-10

O Chevrolet 6500, foi o primeiro caminhão GM produzido no Brasil. Seu lançamento ocorreu em junho de 1957 e foi substituído em 1964 pela linha C-10.

Produzido na fábrica de São Caetano do Sul (SP) e aprovado pelo GEIA com índice de nacionalização de 40%.

A versão brasileira possui estilo único, pois sua cabine só foi produzida no Brasil. Trata-se de uma mistura do modelo "Advanced Design" (cabine da pick-up 1954 e 1955 1ª série) com a frente americana da série "Task Force" (pick-up 1955 2ª série até 1959).

O nome Chevrolet Brasil se deve ao fato de ser o 1º modelo produzido no mercado brasileiro. Os logotipos do modelo traziam um mapa do Brasil em seu interior.

Em julho de 1958 entra em produção a pick-up Chevrolet Brasil 3100.

Em dezembro de 1958 entra em produção o motor Chevrolet Brasil 261 (4278cc), 6 cilindros em linha, virabrequim apoiado em quatro mancais, 142 cv, fabricado em São José dos Campos, São Paulo.

Disponível em 3 modelos: 6403 chassi curto, 6502 chassi longo sem cabine para ônibus e lotações, 6503 chassi longo.

A produção em 1957 foi de 5.370 unidades.

Em fins de 1962 foi introduzida uma reestilização na dianteira, com nova grade e 4 faróis.

História[editar | editar código-fonte]

  • 1958: Capô liso sem vincos; caminhão 6500 com grade lisa; pick-up 3100 com calotas do modelo 1957; (12/58) - lançamento do motor GM 261 nacional
  • 1959: Capô com 2 vincos; caminhão 6500 com grade dianteira "Chevrolet" estampado.
  • 1960 - Novo câmbio Clark nacional (ré pra cima) substitui o anterior americano. Diferencial Tinken nacional.
  • 1962: Novo carburador DFV 226 substitui o americano Rochester "barriquinha".
  • 1963: Eliminada a luz direcional na coluna da porta (orelha de padre); Chassi reforçado, Nova frente de 4 faróis; Teto redesenhado avançando sobre o parabrisas, Vigia duplo na traseira da cabine, tanque de gasolina externo, Fechaduras, limpadores descansando a direita e quebra sol novos, Opcionais: câmbio Fuller 5 marchas seco com tomada de força para equipamentos e reduzida a vácuo.
Ícone de esboço Este artigo sobre Caminhões (pt-BR) ou Camiões (pt) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.