Cidade-satélite

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Cidade-satélite[1] é uma designação usada para se referir a centros urbanos surgidos nos arredores de uma cidade qualquer, tipicamente para trazer algum benefício a cidade núcleo da região.

Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil, comumente recebem a designação de "cidades-satélites", os centros urbanos do Distrito Federal, exceto o Plano Piloto, por ser o núcleo da região.

Portugal[editar | editar código-fonte]

No caso de Portugal, tal verifica-se sobretudo nas áreas metropolitanas da Grande Lisboa e do Grande Porto; assim, seriam "cidades-satélites", no caso da primeira, cidades (e vilas de grande dimensão) como Amadora, Agualva-Cacém, Queluz, Sintra, Cascais, Oeiras, Odivelas, Loures, Sacavém, Alverca, Vila Franca de Xira, Almada, Seixal, Corroios, Amora ou Barreiro.

No caso do Porto, Vila Nova de Gaia, Matosinhos, Gondomar, Maia ou Vila do Conde.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]