Circuito (divisão administrativa)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Question book-4.svg
Este artigo cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde novembro de 2017). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Circuito (divisão administrativa)

China, 742-pt.svg

Os circuitos de inspeção da dinastia Tang em 742[1]
Nome chinês
Chinês:
Significado literal estrada, caminho, circuito
Em japonês
Kanji:
Em coreano
Hangul:
Hanja:

Um circuito (chinês: 道, pinyin: dào) foi uma divisão política histórica da China e é um dos tipos de unidades administrativas modernas e históricas do Japão. O nível primário de divisão administrativa da Coreia sob a Dinastia Joseon e nas modernas Coreia do Norte e Coreia do Sul empregam o mesmo caractere chinês que é usada na designação das divisões chinesas e japonesas.

China[editar | editar código-fonte]

Os circuitos se originaram na China durante a dinastia Han, e foram usados como uma divisão administrativa de nível inferior, comparável aos condados (chinês tradicional: 縣, chinês simplificado: 县, pinyin: xiàn, também traduzido como "distritos"), mas apenas para ser usado em áreas nas zonas limítrofes do império, que eram principalmente habitadas por povos chineses não-Han, ou também geograficamente isolados do resto dos centros de poder Han. O sistema caiu em desuso após o colapso da dinastia Jin ocidental.

Os circuitos foram novamente instituídos em 627 quando o imperador Tang Taizong as tornou as divisões administrativas de nível mais alto e subdividiu a China em dez circuitos. Estes eram originalmente destinados a ser puramente geográficos e não administrativos. O Imperador Xuanzong adicionou mais cinco e gradualmente os circuitos fortaleceram seu próprio poder, até se tornarem forças regionais poderosas que dividiram o país durante o Período das Cinco Dinastias e dos Dez Reinos. Durante as dinastias Jin posterior e Song, os circuitos foram renomeados de dao para lu (), que significa literalmente "estrada" ou "caminho". Os daos voltaram a ser criados durante a dinastia Yuan.

Os circuitos foram rebaixados para o segundo nível quando a dinastia Yuan estabeleceu as províncias como divisão administrativa de topo e assim permaneceram durante vários séculos. Sob a dinastia Qing, os circuitos eram supervisionados por um intendente do circuito ou tao-tai (chinês: 道臺pinyin: dàotái). O intendente do circuito de Xangai foi particularmente influente.

Durante a era da República da China, os circuitos ainda existiam como divisões administrativas de alto nível, embora não de nível superior, como o circuito de Qiongya (correspondente à província atual de Hainan). Em 1928, todos os circuitos foram substituídos por comitês ou simplesmente abandonados.

Japão[editar | editar código-fonte]

Durante o Período Asuka (538–710), o Japão esteve dividido em cinco províncias e sete circuitos, conhecidos como Gokishichidō (5 ki 7 dō), como parte de um sistema legal e governamental que tinha como modelo o dos chineses.[2] Embora essas unidades não tenham sobrevivido como estruturas administrativas além do período Muromachi (1336-1573), eles permaneceram importantes entidades geográficas até o século XIX. Os sete circuitos se espalharam pelas ilhas de Honshu, Shikoku e Kyushu:

  • Tōkaido (東海道) "Circuito do Mar do Leste": 15 províncias (kuni)
  • Nankaidō (南海道) "Circuito do Mar do Sul": 6 províncias
  • Saikaidō (西海道) "Circuito do Mar Ocidental": 8 províncias
  • Hokurikudō (北陸道) "Circuito Terra do Norte": 7 províncias
  • San'indō (山陰道) "Circuito do lado sombreado": 8 províncias
  • San'yōdō (山陽道) "Circuito do lado ensolarado": 8 províncias
  • Tōsandō (東山道) "Circuito de montanha do leste": 13 províncias

Em meados do século XIX, a ilha de Ezo foi povoada e renomeada Hokkaido (北海道, "Circuito do Mar do Norte"), que atualmente é a única prefeitura do Japão cuja designação tem o suffixo (circuito).

Coreia[editar | editar código-fonte]

Desde o final do século X, a do ("província") foi a principal divisão administrativa na Coreia.

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. Cambridge History of China
  2. Nussbaum, Louis-Frédéric. (2005). "Goki-shichidō" no Japan Encyclopedia, p. 255 no Google Livros; n.b., Louis-Frédéric is pseudonym of Louis-Frédéric Nussbaum, ver Deutsche Nationalbibliothek Authority File.