Comando da Paz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Comando da Paz
Fundação 2007 (10 anos)
Local de fundação Presídios de Salvador
Bahia Bahia
Anos ativo 2007–presente
Território (s) Região Metropolitana de Salvador
Atividades Assassinatos, assaltos, tráfico de drogas, extorsão e rebeliões.
Aliados CV
Rivais PCC, Bonde do Maluco, Caveira

O Comando da Paz, também chamado Comissão da Paz (CP) [1] [2], é uma organização criminosa surgida como gangue prisional em Salvador. Com a consolidação das diversas quadrilhas que agiam nos presídios do estado, cresceu e hoje domina parte da Região Metropolitana da capital. Tem como inimigos o Primeiro Comando da Capital (PCC) e seus aliados. [3] [4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Luiz Claudio Lourenço e Odilza Lines de Almeida (2013). «"Quem mantém a ordem, quem cria desordem": gangues prisionais na Bahia (especialmente página 43)» (PDF). Repositório Institucional da Universidade Federal da Bahia. Consultado em 25 de fevereiro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 25 de fevereiro de 2017 
  2. Estadão, ed. (11 de setembro de 2009). «Facção que faz ataques é nova, mas conta chacinas e rebeliões». Consultado em 25 de dezembro de 2016 
  3. iBahia, ed. (22 de novembro de 2016). «Presídios de Salvador estão divididos por facções para evitar conflito». Consultado em 25 de dezembro de 2016 
  4. Vale FM, ed. (31 de maio de 2010). «Polícia baiana acredita ter evitado guerra entre PCC e Comando da Paz». Consultado em 25 de dezembro de 2016