Eleições legislativas portuguesas de 1953

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
← 1949 • Flag of Portugal.svg • 1957 →
Eleições legislativas portuguesas de 1953
120 deputados à Assembleia Nacional
8 de novembro de 1953
Demografia eleitoral
Hab. inscritos:  1 239 504
Votantes : 845 281
  
68.2% Red Arrow Down.svg 10%
União Nacional logo, 1938 version.svg
União Nacional
Votos: 724 760  
Assentos obtidos: 120 Red Arrow Down.svg 0%
  
85.74%
Red flag waving.svg
Candidaturas de Oposição
Votos: 80 520  
Assentos obtidos: 0  
  
14.26%
Distribuição final de lugares
Eleições legislativas portuguesas de 1953

As eleições legislativas portuguesas de 1953 foram realizadas no dia 8 de novembro, sendo eleitos os 120 deputados da Assembleia Nacional. A totalidade dos deputados eleitos pertence à União Nacional. A oposição apresentou listas em diversos círculos, tendo obtido apenas 10,1% em Lisboa, 11,8% no Porto e 8,7% em Angola. Os trabalhos do novo parlamento iniciaram-se em 25 de novembro de 1953 e terminaram com o fim do mandato em 1957.

Resultados Nacionais[editar | editar código-fonte]

Partido Votos % +/- Deputados +/-
União Nacional 724 760 85,74
120 / 120
Estável
Candidaturas de Oposição (a) 80 520 14,26
0 / 120
Estável
Votos Inválidos 1 0,00
Total 845 281 100 120
Eleitorado/Participação 1 239 504 68,2 Baixa7,6

(a) Listas apresentadas em Angola, Lisboa e Porto.

Referências[editar | editar código-fonte]

Salazar - Biografia da Ditadura, Pedro Ramos de Almeida

Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas [1]