Eleições legislativas portuguesas de 1919

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

As eleições legislativas portuguesas de 1919 foram realizadas no dia 11 de maio, sendo eleitos os 163 deputados da Câmara dos Deputados e os 74 senadores do Senado. Os deputados foram eleitos em círculos com listas plurinominais. Foram as primeiras eleições gerais após o interregno sidonista.

O novo parlamento iniciou a sessão em 29 de maio de 1919 e manteve-se em funções até à sua dissolução em 1 de junho de 1921.

Resultados Nacionais[editar | editar código-fonte]

Partido Votos +/- % Deputados +/- Senadores +/-
Partido Democrático 55,0 -
96 / 163
-
45 / 74
-
Partido Republicano Evolucionista 22,0 -
38 / 163
-
27 / 74
-
Partido da União Republicana 10,0 -
17 / 163
-
0 / 74
-
Independentes 13,0
13 / 163
Aumento8
13 / 74
Baixa17
Partido Socialista Português
8 / 163
-
0 / 74
-
Centro Católico Português
1 / 163
Baixa4
1 / 74
Estável
Votos Inválidos
Total 300 000 100 163 Aumento8 74 Aumento1
Eleitorado/Participação 500 000 60,0 Aumento24,0

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.