Partido Republicano Evolucionista

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Partido Republicano Evolucionista
Líder António José de Almeida
Fundador António José de Almeida
Fundação 1912
Dissolução 1919
Ideologia Liberalismo clássico
Conservadorismo liberal
Republicanismo
Espectro político Centro-direita
Antecessor Partido Republicano Português (cisão)
Sucessor Partido Liberal Republicano

O Partido Republicano Evolucionista (PRE), mais conhecido como Partido Evolucionista foi um partido político português do tempo da I República, surgindo em 24 de Fevereiro de 1912 como consequência da primeira secessão do Partido Republicano Português (a par do Partido Democrático e do Partido Unionista).

Foi liderado por António José de Almeida, porventura o maior orador da República; daí a alcunha dos membros do partido, os almeidistas (por oposição aos afonsistas do Partido Democrático de Afonso Costa). Teve no afamado República o seu órgão de imprensa[1].

Ideologicamente situado à direita dos democráticos e à esquerda dos unionistas, poder-se-ia hoje considerar um partido de centro-direita. Foi o partido que mais se opôs à acção governativa dos democráticos, à parte o período em que com eles constituiu o Governo da União Sagrada, durante a I Guerra Mundial[1].

Opôs-se também ao sidonismo (1918), mas acabaria por desaparecer pouco depois, em 1919; com a eleição de António José de Almeida para a Presidência da República, o partido via perder a sua principal cabeça, e acabou por se fundir com o Partido Unionista (cujo líder, Brito Camacho, também se ausentara da política nacional por ter sido nomeado Alto-Comissário da República para Moçambique) num novo partido, o Partido Liberal Republicano[1]. Um sector do partido que se opôs a fusão viria a constituir uma dissidência dos evolucionistas, o Partido Popular.

Ideologia e Programa[editar | editar código-fonte]

Resultados eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Data Votos Cl. % +/- Deputados +/- Senadores +/-
1913 N/D 2.º
27,0 / 100,0
41 / 153
16 / 71
1915 62 845 2.º
22,0 / 100,0
Baixa5,0
26 / 163
Baixa15
9 / 69
Baixa7
1918 Boicote
1919 N/D
22,0 / 100,0
38 / 163
27 / 74

Eleições presidenciais[editar | editar código-fonte]

Data Candidatos 1ª Volta 2ª Volta 3ª Volta Notas
Votos Cl. % Votos Cl. % Votos Cl. %
1911 Manuel de Arriaga 121 1.º
55,76 / 100,00
Candidato pelo bloco evolucionista e unionista do Partido Republicano Português
5/1915 Não houve qualquer candidatura
8/1915 Abílio Guerra Junqueiro 33 3.º
17,46 / 100,00
30 3.º
16,22 / 100,00
4/1918 Boicote
12/1918 Não houve qualquer candidatura
1919 António José de Almeida 87 1.º
48,07 / 100,00
93 1.º
51,96 / 100,00
123 1.º
73,65 / 100,00

Congressos[editar | editar código-fonte]

# Localidade Dia(s) Refs.
I Lisboa Agosto de 1913 [1]
II Lisboa Abril de 1915 [1]
III Lisboa Setembro-Outubro de 1919 [1]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k Leal, Ernesto Castro (1 de julho de 2008). Partidos e programas: o campo partidário republicano português: 1910-1926. [S.l.]: Imprensa da Universidade de Coimbra / Coimbra University Press