Volt Portugal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Volt Portugal
Líder Tiago Matos Gomes
Fundação 25 de Junho de 2020
Sede Lisboa, Portugal Portugal
Ideologia Federalismo europeu[1] Progressismo[2]
Pró-europeísmo[3]
Liberalismo social[4]
Espetro político Sincretismo político[5]
Membros (2021) 214
Afiliação europeia Volt Europa
Grupo no Parlamento Europeu Grupo dos Verdes/Aliança Livre Europeia
Assembleia da República
0 / 230
Parlamento Europeu
0 / 21
Assembleia Legislativa da Madeira
0 / 47
Assembleia Legislativa dos Açores
0 / 57
Presidentes de Câmaras Municipais
0 / 308
Vereadores Municipais
0 / 2 074
Cores Roxo
Página oficial
https://www.voltportugal.org

Volt Portugal (VP) é um partido português cujo líder é Tiago Matos Gomes. O Volt é um partido pan-europeu, progressista e pragmático. Não se considera nem de esquerda nem de direita pois procura basear as suas decisões nas melhores práticas, na evidência científica e na defesa dos direitos humanos. O Volt defende a criação de uma federação europeia com a existência de uma identidade europeia comum e das várias identidades nacionais.

O Volt Europa (frequentemente abreviado como Volt) é um movimento político pró-europeu e federalista europeu que também serve como estrutura pan-europeia para partidos subsidiários, como o Volt Portugal, em vários estados membros da UE. Nas eleições para o Parlamento Europeu de Maio de 2019 o Volt candidatou-se em oito estados membros do Volt sobre um programa eleitoral comum pan-europeu sendo o primeiro partido a fazê-lo e tendo elegido um eurodeputado na Alemanha. A organização segue uma "abordagem pan-europeia" em muitos temas políticos como as alterações climáticas, migração, desigualdade económica, conflitos internacionais, terrorismo e o impacto da revolução tecnológica no mercado de trabalho. O Volt Europa tem quase 20.000 membros espalhados por 30 países Europeus.

História[editar | editar código-fonte]

A 9 de outubro de 2019, foram entregues 9000 assinaturas no Tribunal Constitucional, necessárias à sua formalização enquanto partido. No dia 25 de junho de 2020,[6] o Tribunal Constitucional aceitou a inscrição do Volt Portugal como partido formal, tornando-se, assim, na 25.ª força política no país.[7]

Em 2021, foi anunciado que o Volt Portugal faria parte da coligação Evoluir Oeiras - cuja cabeça-de-lista é Carla Castelo - que concorre às eleições autárquicas de 2021 no município de Oeiras.[8] Para além do Volt, a coligação integra dois partidos que se situam no espectro político da esquerda - Bloco de Esquerda e LIVRE.[9]

Em maio de 2021, foi anunciado que o Volt Portugal faria parte da coligação Juntos Somos Coimbra - cujo cabeça-de-lista é José Manuel Silva, ex-bastonário da Ordem dos Médicos -, que concorre às eleições autárquicas de 2021 no município de Coimbra. Para além do Volt, a coligação integra cinco partidos que situam no espectro político da direita e do centro-direita - PSD, CDS-PP, PPM, Aliança e Nós, Cidadãos - e com um partido sincrético, o RIR.[10]

Referências

  1. Stagni·Interviews·December 6, Federica; 2018 (6 de dezembro de 2018). «Time For Change: How Volt Wants To Fix Europe». Italics Magazine (em inglês). Consultado em 9 de junho de 2019 
  2. «volteuropa.org». Consultado em 5 de maio de 2019 
  3. «volteuropa.org». Consultado em 5 de maio de 2019 
  4. Nordsieck, Wolfram (2019). «European Union». Parties and Elections in Europe. Consultado em 27 February 2020  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  5. https://m.youtube.com/watch?v=rid7Bj3THRc&feature=youtu.be
  6. Lusa. «Criação do partido Volt Portugal publicitada em Diário da República». PÚBLICO. Consultado em 28 de janeiro de 2021 
  7. «Volt é o 25.º partido em Portugal. Tribunal Constitucional aceitou inscrição». TSF. 30 de junho de 2020. Consultado em 30 de junho de 2020 
  8. «Movimento Evoluir Oeiras forma coligação com BE, Livre e Volt para derrotar Isaltino Morais». TSF Rádio Notícias. 8 de junho de 2021. Consultado em 23 de setembro de 2021 
  9. «Três partidos e um movimento independente coligam-se numa candidatura à Câmara de Oeiras». SIC Notícias. Consultado em 23 de setembro de 2021 
  10. Soldado, Camilo (7 de maio de 2021). «José Manuel Silva encabeça coligação de sete partidos para a Câmara de Coimbra». Público. Consultado em 10 de maio de 2021 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a política de Portugal é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.