Juntos pelo Povo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Juntos pelo Povo
Presidente Filipe Sousa[1]
Secretário Élvio Sousa (Secretário-Geral)
Fundação 27 de janeiro de 2015 (2015-01-27) (como partido)
Sede Estrada Padre Alfredo Vieira de Freitas, CCI n.º 164A
9100-079 Santa Cruz
Ideologia Liberalismo
Centrismo
Reformismo
Espectro político Centro
Assembleia Legislativa da Madeira
5 / 47
Cores Verde
Página oficial
juntospelopovo.pt

Juntos pelo Povo (JPP) é um partido político português, o 21º, com origem em Santa Cruz, na Região Autónoma da Madeira. Os seus princípios fundadores são Unidade, Transparência e Resistência, tal como indica o seu símbolo.[2] Foi legalizado pelo Tribunal Constitucional a 27 de janeiro de 2015.[3]

O partido tem origem num movimento do concelho de Santa Cruz, na Região Autónoma da Madeira, que disputou as eleições autárquicas de 2013 nesse concelho, conquistando a maioria absoluta, com Filipe Sousa como cabeça-de-lista.[2]

Dada esta vitória eleitoral, o movimento decidiu converter-se em partido político, em Março de 2014,[4], tendo submetido as mais de 10 mil assinaturas recolhidas (muito acima das 7 500 exigidas por lei) ao Tribunal Constitucional em Novembro de 2014.[2]

Foi formado com o propósito de concorrer às eleições legislativas regionais na Madeira em 2015, já que a Constituição da República Portuguesa não permite a candidatura de movimentos de cidadãos aos órgãos legislativos do país, nem sequer a existência de partidos regionais, ficando o JPP habilitado a disputar qualquer acto eleitoral em todo o país.[2] O JPP ganhou 5 deputados nas eleições legislativas regionais na Madeira em 2015 tendo juntado 10,34% dos votos ou 13.229 votos.[5]

O Juntos pelo Povo foi candidato às Eleições Legislativas de 2015, tendo apresentado o primeiro cabeça de lista por Lisboa, Nuno Lobo Moreira, durante o seu primeiro congresso.[6]

Resultados eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Data Líder Cl. Votos % Deputados +/- Status
2015 Nuno Moreira 14.º 14 285
0,3 / 100
0 / 230
n/a n/a

Eleições regionais[editar | editar código-fonte]

Região Autónoma da Madeira[editar | editar código-fonte]

Data Líder Cl. Votos % Deputados Status
2015 Élvio Sousa 13 114
10,3 / 100
5 / 47
Oposição

Eleições legislativas 2015[editar | editar código-fonte]

Nas eleições legislativas 2015, realizadas em 4 de outubro, o partido teve resultados escassos a nível nacional, 14.285 votos (0,25%), não conseguindo eleger qualquer deputado.[7]

Referências

  1. «Filipe Sousa eleito presidente do Juntos pelo Povo». Público. 6 de junho de 2015. Consultado em 7 de junho de 2015 
  2. a b c d «21.º partido português tem origem na Madeira». Jornal SOL. 3 de fevereiro de 2015. Consultado em 12 de fevereiro de 2015 
  3. «ACÓRDÃO N.º 51/2015». Tribunal Constitucional. 27 de janeiro de 2015. Consultado em 12 de fevereiro de 2015 
  4. «Movimento Juntos Pelo Povo passa a partido». Diário de Notícias - Madeira. 18 de março de 2014. Consultado em 12 de fevereiro de 2015 
  5. http://rtp.pt/noticias/eleicoes/legislativasmadeira2015/
  6. «Nuno Moreira é o primeiro candidato do JPP por Lisboa». Diário de Notícias. Consultado em 6 de Junho, às 15:56  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  7. «Legislativas 2015 - resultados globais». Ministério da Administração Interna. Consultado em 16 de outubro de 2015 

Weblinks[editar | editar código-fonte]