Aliança (partido)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Aliança
Líder Pedro Santana Lopes
Fundação 23 de outubro de 2018 (2018-10-23)
Sede Lisboa, Portugal Portugal
Ideologia Liberalismo clássico
Liberalismo económico
Personalismo
Espectro político Centro-direita
Antecessor Partido Social Democrata (cisão)
Assembleia da República
0 / 230
Cores Azul claro
Página oficial
partidoalianca.pt/

O Aliança (A) é o 23.º partido político português.

Ideologia do partido[editar | editar código-fonte]

Define-se como um partido personalista, europeísta, solidário e liberal.[1]

Fundado por Pedro Santana Lopes, o partido nasce com a promessa de lutar pela defesa dos interesses dos portugueses, posicionando-se como alternativa à esquerda no governo e à falta de oposição da direita parlamentar.

A sua inscrição no registo dos partidos políticos portugueses foi aceite pelo Tribunal Constitucional a 23 de Outubro de 2018.[2]

Foi anunciado que o cabeça de lista ao Parlamento Europeu é Paulo de Almeida Sande, no dia 2 de Dezembro de 2018.[3]

Convenção[editar | editar código-fonte]

O seu congresso fundador foi de 9 a 10 de Fevereiro de 2019, na Arena de Évora, sendo encerrado com a legitimação de Pedro Santana Lopes como presidente do partido.[4][5]

Resultados Eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Data Cabeça de lista Cl. Votos % Deputados Status
2019 Pedro Santana Lopes

Eleições europeias[editar | editar código-fonte]

Data Cabeça de lista Cl. Votos % Deputados
2019 Paulo de Almeida Sande 7.º 61 728
1,86 / 100,00
0 / 21

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.