Saltar para o conteúdo

Diferenças entre edições de "Economia social"

11 bytes adicionados ,  17h44min de 16 de setembro de 2008
sem resumo de edição
{{wikificarrevisar}}
 
.
 
A '''Economia Social''' reúne as atividades [[economia|econômicas]] que não visam [[lucro]] e, embora sejam de caráter privado, compartilham seus objetivos com o [[Poder público|setor público]].
 
===Princípios e caracteristicas da Economia Social===
Constitui a esfera do chamado '''terceiro setor''', sendo o primeiro setor, o privado [[capitalismo|capitalista]] com fins lucrativos; o segundo, o setor público, que visa satisfazer o [[Interesses coletivos|interesse geral]].
 
ConstituiA Economia Social constitui a esfera do chamado '''terceiro setor''', sendo o primeiro setor, o privado [[capitalismo|capitalista]] com fins lucrativos; o segundo, o setor público, que visa satisfazer o [[Interesses coletivos|interesse geral]].
 
Freqüentemente, a Economia Social está ligada à [[economia solidária]].<ref>[http://www.alternatives-economiques.fr/la-definition-de-l-economie-sociale-et-solidaire_fr_art_350_27927.html La définition de l'économie sociale et solidaire] {{fr}}</ref>. <ref>[http://www.ceges.org/eco_cadre.php Qu'est-ce-que l'économie sociale?] {{fr}}</ref> Na esfera da Economia Social, estão o [[associativismo]], o [[cooperativismo]] e o [[Mutualismo (política)|mutualismo]], como formas de organização da atividade produtiva.
 
Basicamente inclui dois tipos de organizações: aquelas que funcionam como [[empresa]]s, embora não visem o lucro (liminarmente relacionadas com o movimento cooperativo), e as organizações privadas mantidas por donativos, quotizações, trabalho voluntário e recursos públicos, tais como [[associações]] e [[Fundação (instituição)|fundações]]
 
===Princípios e caracteristicas da Economia Social===
 
* Adesão voluntária e livre;
===A Revitalização da Economia Social===
 
O final da década de 70 do século XX, por seu turno, é marcada por uma crise económica e social, acompanhada por uma progressiva globalização económica e pelas transformações nas politicas do mercado de trabalho e da protecção social, reflexo das crescentes dificuldades fiscais do Estado (em crise e retracção). Estas dificuldades levaram os governos a procurar transferir para o sector privado a provisão de um conjunto de bens e serviços públicos.
A redução do crescimento económico durante os anos 70, associada ao crescimento do desemprego e a um ambiente de incerteza, gerou um sentimento de desconfiança em relação à capacidade do sistema para garantir o bem-estar e sua sustentabilidade a longo prazo.
==Evolução Histórica da Economia Social em Portugal==
 
A Economia Social na história de [[Portugal]] remonta desde há séculos, todavia não enquanto conceito mas enquanto realidade pautada por princípios transversais a muitas das actuais iniciativas.
 
==Notas==
{{reflist}}
 
 
==Referências==
 
{{economia}}
 
 
[[de:Sozialwirtschaft]]
17 161

edições