Lei de Gresham

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Lei de Gresham resume-se na seguinte oração:

A má moeda tende a expulsar do mercado a boa moeda".

É um princípio económico que diz que uma moeda sobrevalorizada (tem um valor determinado por uma autoridade monetária acima do de mercado) expulsa uma moeda subvalorizada (tem um valor determinado pela mesma autoridade abaixo do de mercado). Por exemplo, as pessoas usavam mais a prata para fins comerciais e guardavam o ouro em casa quando havia um bimetalismo entre as duas moedas/metais fora da realidade do mercado. Mesmo principio aparece quando são analisados câmbios sem sentido com a realidade, como por exemplo, o câmbio entre o Bolívar venezuelano e o Dólar dos Estados Unidos. A grande diferença entre o câmbio oficial e o câmbio real causa uma escassez de dólares na Venezuela.

De acordo com esta lei, as boas moedas são exportadas ou derretidas para se capitalizar o seu valor de mercado mais alto no câmbio estrangeiro. [1]

Referências

  1. «Gresham's law | economics». Encyclopedia Britannica (em inglês) 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre economia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.