Expedição Transantártica da Commonwealth

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Expedição Transantártica da Commonwealth (19551958) foi uma expedição à Antártida, patrocinada pela Commonwealth, cujo objectivo era efectuar a primeira travessia completa do continente antártico, através do Polo Sul. Foi a primeira expedição a chegar ao Polo Sul 46 anos depois da de Amundsen e de Scott, respectivamente em 1911 e 1912.

Continuando na tradição das explorações polares da "idade heróica" esta expedição foi patrocinada por privados embora tivesse o apoio dos governos do Reino Unido, Nova Zelândia, Estados Unidos, Austrália e África do Sul, tal como de donativos individuais e corporativos, sob o patrocínio da raínha Isabel II. Foi liderada pelo explorador britênico Dr. Vivian Fuchs, com a assitência de Sir Edmund Hillary, responsável pela equipa de apoio neo-zelandesa do Mar de Ross. O grupo da Nova Zelândia incluia cientistas que participavam na pesquisa do Ano Internacional da Geofísica.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Sir Vivian Fuchs and Sir Edmund Hillary, The Crossing of Antarctica, The Commonwealth Trans-Antarctic Expedition 1955-58, (Londres: Cassell, 1958)
  • Sir Edmund Hillary, No Latitude for Error, (Londres: Hodder & Stoughton, 1961)
  • Antarctic - A News Bulletin, v1. No. 8.,pages 184-189, (New Zealand Antarctic Society, Dezembro de 1957)