Família real belga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A família real belga pertence à Casa de Saxe-Coburgo-Gota, uma casa dinástica europeia, sendo um ramo da saxónica dinastia Wettin. Reina na Bélgica por meio dos descendentes de Leopoldo I da Bélgica, sendo a atual Casa Real belga.

Membros da família real possuem o título de príncipe (princesa) da Bélgica com o tratamento Sua Alteza Real. Antes da Primeira Guerra Mundial usaram os títulos adicionais de príncipe (princesa) de Saxe-Coburgo e Gota e duque (duquesa) da Saxônia como membros da Casa de Wettin. Os filhos e marido da princesa Astrid não teriam direito a esses títulos, pois pertencem a uma linha agnática diferente, a Casa de Habsburgo-Lorena-Este.

Membros[editar | editar código-fonte]

SM o rei Alberto II (pai de Filipe)
SM a rainha Paula (mãe de Filipe)

SAR a príncipe Léa (viúva do príncipe Alexandre, tio de Filipe)
SAR a princesa Maria-Cristina, Sra. Gourges (tia de Filipe)
SAR a princesa Maria-Esmeralda, Lady Moncada (tia de Filipe)

Família estendida[editar | editar código-fonte]

  • SAR o grão-duque João de Luxemburgo (viúvo da princesa Josefina Carlota, tia de Filipe)
  • João Paulo Gourges (segundo marido da princesa Maria Cristina, tia de Filipe)
  • Sir Salvador Moncada (marido da princesa Maria Esmeralda, tia de Filipe)
    • Alexandra Moncada
    • Leopoldo Moncada

Família real desde 1850[editar | editar código-fonte]

Membros falecidos recentemente[editar | editar código-fonte]

Não-membros[editar | editar código-fonte]

  • Srª. Jacqueline Peyrebrune (viúva do príncipe Carlos, tio-avô do rei)

O casamento do Conde de Flandres com Jacqueline Peyrebrune, em 1977, não foi considerado válido pela constituição belga, pois foi somente uma cerimônia religiosa, não havendo casamento civil. Assim, Jacqueline não adquiriu o título de Sua Alteza Real, a Condessa de Flandres, e sim, Senhora Jacqueline Peyrebrune.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ligações exernas[editar | editar código-fonte]